TC Mover
Mover

PIB brasileiro pauta o pregão com pausa em rali global; no radar, Opep+, Tesouro: Espresso

Postado por: TC Mover em 03/12/2020 às 9:30

São Paulo, 3 de dezembro – O rali das bolsas internacionais tem mais um dia de pausa nesta quinta-feira, com o investidor mais cauteloso na espera por uma definição do pacote de estímulos nos Estados Unidos e por novas aprovações de vacinas na esteira da decisão desta semana no Reino Unido. 

Na Ásia, o desempenho foi misto após Japão e China registrarem ontem dados de PMI, os índices de gerentes de compras do setor de serviços, acima do esperado e o empresariado se mostrar temeroso com o novo surto da Covid-19. Na Europa, as bolsas recuam com a rotação do investidor de papéis de valor, como bancos, para ações mais defensivas, como as tecnológicas. 

Futuros dos EUA caem com sabatina de Powell e Mnuchin

Os futuros dos índices acionários americanos também caem após nova sabatina do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, e do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, no Congresso. 

Ambos destacaram a necessidade da aprovação de um novo pacote de estímulos à economia do país, e Powell chegou a dizer que o fim dos incentivos à liquidez pelo governo está “num futuro distante”, enquanto a pandemia não arrefece e a aprovação das vacinas não sai.

Fiscal, PIB, PMI, Opep+ se destacam na agenda

Por aqui, o otimismo com a volta do investidor estrangeiro e a forte queda na curva de juros, reduzindo a percepção do risco futuro, gera alguma cautela para o investidor. Os receios fiscais seguem no radar, a pauta econômica segue travada no Congresso e, segundo a Folha de S. Paulo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer manter uma meta flexível para as contas públicas em 2021, num sinal de incerteza quanto ao futuro. 

O destaque da agenda do dia é a divulgação do Produto Interno Bruto do terceiro trimestre, que será publicado por volta das 09h00 pelo IBGE e deve confirmar a retomada em “V” na base sequencial após o grande tombo entre abril e junho. 

Os PMIs de serviços e composto do Brasil e dos EUA, respectivamente às 10h00 e 11h45, também podem mexer com os mercados, além do importante dado semanal de pedidos de seguro-desemprego americano, às 10h30. 

A Opep+, grupo de países produtores de petróleo e aliados, tem nova reunião para deliberar sobre a extensão nos cortes de produção da commodity, e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, participa da Rio Oil & Gas às 11h20.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais