Mover

Rali toma pausa; Vale, Powell, produção industrial e vacina no radar: Espresso

Postado por: TC Mover em 02/12/2020 às 9:41

São Paulo, 2 de dezembro – Após os índices S&P500 e Nasdaq Composto fecharem em máximas históricas na véspera, os ativos de risco recuam ou operam de lado nesta quarta-feira, sinalizando que o investidor deve embolsar alguns ganhos antes de deixar o “rali das vacinas” prosseguir. 

Por exemplo, um sentimento de mercado menos empolgante marcou o pregão asiático, onde o desempenho das principais bolsas e dos futuros dos índices acionários americanos foi misto, oscilante e sem brilho. Na Europa, o recuo das ações de supermercadistas, siderúrgicas e de empresas de entretenimento e serviços não deixa o índice pan-regional Stoxx 600 Europe avançar. 

Os rendimentos dos Treasuries americanos sobem pelo primeiro dia em quatro, enquanto o dólar americano negocia estável ante moedas pares e avança ante algumas divisas de países emergentes. Com os Estados Unidos flertando de novo com a extensão do pacote de estímulo econômico contra o impacto da pandemia do coronavírus, e a expectativa de que alguma aprovação venha no curtíssimo prazo, há razões para esperar que Nova Iorque tenha desempenho melhor ao longo do dia.

 Acordo EUA-China, vacina, empregos privados

Mantenha a calma e analise alguns dos dados e eventos do dia antes de agir. Por exemplo, a fala do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, de que manteria o acordo comercial com a China em vigor até que sua equipe fazer uma revisão completa dos termos, implica que as relações diplomáticas entre as duas maiores economias do mundo devem levar algum tempo para se normalizar. 

No Reino Unido, a aprovação da vacina da Pfizer contra a Covid-19 aumenta as chances de que as imunizações comecem a partir da semana que vem. Adicionalmente, a indecisão dos membros da aliança Opep+ em relação a uma prorrogação dos cortes de produção de petróleo, junto com expectativas de maiores estoques da commodity nos Estados Unidos, puxam os preços dos petróleos WTI e Brent para baixo no mercado futuro. 

Olhando para a sessão de hoje, a prévia mensal do dado de criação líquida de empregos privados da ADP nos EUA deve gerar alguma ansiedade. Será que novembro foi um mês benigno para a atividade? A conferir.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais