Risco-país, eleição, Reforma do Imposto de Renda: Resumo - TC
TC Mover
Mover

Risco-país, eleição 2022, Reforma do Imposto de Renda: Resumo da Semana

Postado por: TC Mover em 20/08/2021 às 18:03
Risco-país, eleição 2022 e Reforma do Imposto de Renda

São Paulo, 20 de agosto – A retomada da economia e uma redução mais acelerada no endividamento levaram as maiores companhias brasileiras listadas a reportarem balanços saudáveis no segundo trimestre, escancarando o peso do risco-país. O assunto foi destaque na semana. Outro tema importante foi o temor de dois dos mais renomados gestores de fundos do Brasil, Rogério Xavier e André Jakurski, sobre os riscos atrelados às contas públicas, que podem piorar em período de eleição.

A coluna do analista político da Mover, Leopoldo Vieira, sobre as dificuldades para aprovar o projeto da Reforma do Imposto de Renda também recebeu atenção, após seguidos adiamentos. O caminho para a aprovação passou a ficar ainda mais complicado. Leia abaixo o Resumo da Semana completo!

Especial: Balanços robustos elevam desconto da Bolsa e escancaram peso do risco-país

A retomada da economia e uma redução mais acelerada no endividamento levaram as maiores companhias brasileiras listadas a reportarem balanços saudáveis no segundo trimestre, escancarando o peso dos riscos políticos e fiscais para a recente correção do Ibovespa. Sete em cada dez companhias cobertas pelo TC Matrix, casa de análise do TC, tiveram desempenho acima do esperado entre abril e junho, refletindo a recuperação e a reabertura dos negócios. Veja na matéria especial completa!

Especial: Rogério Xavier e André Jakurski revelam temores com risco fiscal e eleição

Dois dos mais renomados gestores de fundos do Brasil temem a perda de confiança do mercado na política econômica do governo federal. O fundador da SPX Capital, Rogério Xavier, e o sócio e fundador da JGP, André Jakurski, dizem que há uma profunda apreensão com o que o Banco Central e o Ministério da Economia farão quanto aos riscos atrelados às contas públicas, que podem piorar em período de eleição. Leia aqui o especial na íntegra!

Vieira: Crescem as dificuldades para a aprovação da Reforma do Imposto de Renda

O analista de política do Scoop by Mover, Leopoldo Vieira, comenta que as dificuldades para a aprovação do projeto de Reforma do Imposto de Renda cresceram após seguidos adiamentos da pauta pelos deputados. Vieira analisa também que, entre os senadores, a liberação da matéria passou a ficar ainda mais complicada. Leia aqui a coluna completa!

Especial: Populismo pré-eleição é o maior risco à Petrobras até 2022, diz candidato ao conselho da estatal

As eleições de 2022 representam o maior risco à Petrobras no curto prazo. A análise é do advogado Marcelo Gasparino, candidato a uma das vagas dos minoritários no conselho de administração da companhia. Em entrevista exclusiva à TC Mover, o especialista disse que o cenário político aponta que o presidente Jair Bolsonaro deve ser submetido à tentação de usar estatais para aumentar apoio junto ao eleitorado. Confira a matéria especial completa! 

Especial: Adiamento da Reforma do Imposto de Renda e o risco da sustentação política de Paulo Guedes

O adiamento da votação da Reforma do Imposto de Renda para a semana que vem acende um alerta não apenas sobre a capacidade do governo em formar maiorias ágeis para aprovar matérias complexas − como quase todas daqui em diante. Mas também é um sinal sobre a própria sustentação política do ministro da Economia, Paulo Guedes, e de sua agenda. Confira a matéria especial na íntegra!

Sanita: Rede D’Or (RDOR) mostra força com alta no setor de saúde

Contribuidor do TC sobre empresas, Sérgio Sanita mostra que a Rede D’Or ainda não conseguiu estabelecer uma tendência altista secundária, usando como referência o gráfico semanal. Mas o grupo já mostra força, acompanhando o setor de saúde, que vem mostrando forte reação, enquanto a maioria dos demais seguem em viés baixista. Leia mais aqui.

Machado, Vieira: Polêmicas de Jair Bolsonaro minam condições de Rodrigo Pacheco para avançar reformas

Conflitos entre o presidente Jair Bolsonaro e membros do Judiciário sobre o sistema eleitoral não devem resultar em ruptura institucional, mas pesam sobre as condições políticas do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, em avançar com pautas econômicas. A informação foi obtida por meio de fontes com conhecimento do assunto. Os analistas de política do Scoop by Mover, Machado da Costa e Leopoldo Vieira, comentam que após a Câmara superar matérias como a Reforma do Imposto de Renda e a Privatização dos Correios, a agenda defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, estará concentrada nas mãos de Rodrigo Pacheco. Confira a coluna na íntegra!

Value Tips: Problema ou oportunidade? A queda nas ações da Via

As ações da Via, antiga Via Varejo, desabaram após o balanço do segundo trimestre de 2021. Normalmente, a queda nas ações pode acontecer por diversos fatores, mas a questão que fica é: isso é um problema ou uma oportunidade? No podcast Value Tips desta semana, conversamos com especialistas de mercado e com uma analista de investimentos da Via para responder essas perguntas. Acompanhe aqui:

TC Sounds: O Crepúsculo dos Deuses

No podcast TC Sounds desta sexta-feira, 20, perguntamos ao gestor e sócio-fundador da Encore Asset Management, João Luiz Braga, como ele analisaria, uma por uma, as canções que compõem o Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band. Ouça!

Prévia da Semana: Ata do Comitê Federal de Mercado Aberto dos EUA, varejo, PIB, inflação, balanços

A divulgação da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto, FOMC, foi destaque na Prévia da Semana.  Na ata, o banco central americano iniciou a discussão acerca da redução das recompras de títulos, o “tapering”.  Outros assuntos que ganharam destaque foram as vendas no varejo americano, dados sobre o Produto Interno Bruto, PIB, e inflação da Zona do Euro e Reino Unido. Além disso, os balanços também ganharam holofote no podcast desta semana. Confira!

Mover Voices: “Se tivesse que apostar hoje, eu apostaria mais no Eduardo Leite do que no Doria”, diz Floriano Pesaro sobre prévias do PSDB

Em meio à polarização prevista para a eleição de 2022, o PSDB tem alguns nomes que podem se tornar a tão falada terceira via. “Eduardo Leite, apesar de ser mais jovem e talvez com menos experiência, tem uma performance melhor. É mais simpático e tem um carisma melhor”. A análise sobre a disputa das prévias do PSDB para o pleito em 2022 é do sociólogo e ex-deputado federal pelo PSDB, Floriano Pesaro. Apesar da maior experiência política do governador de São Paulo, João Doria, o analista acredita que “Eduardo Leite terá mais chances nas prévias do PSDB”. Ainda assim, o sociólogo explica que o partido “pode abrir mão no próximo ano, em 2022, se tiver algum candidato mais competitivo”. Assista às melhores partes da entrevista:

Texto: Anderson Lima
Edição: Letícia Matsuura e Stéfanie Rigamonti
Arte: Mover


Leia também

Ibovespa futuro abre em queda, de olho em vencimento de opções; dólar sobe e DIs oscilam: Espresso

Vencimento de opções, discurso de diretor do Federal Reserve, petróleo: Calendário Econômico

Lojas Renner sofre ataque hacker; as operações estão quase reestabelecidas

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais