TC Mover
Mover

Roberto Campos Neto vê projeto de moeda digital brasileira avançando

Postado por: TC Mover em 15/04/2021 às 17:21
Roberto Campos Neto

Brasília, 15 de abril – Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central do Brasil, afirmou que a instituição discute internamente o projeto de moeda digital brasileira de forma intensa, muito na linha do que está sendo feito em outros países. A fala foi mais uma sinalização de que a autoridade monetária persegue o escalamento da tecnologia para reduzir os custos de transação no país.


Negociações digitais geram sustentabilidade para indústria financeira, disse Roberto Campos Neto

Em evento online organizado pela ABFintechs, o presidente do Banco Central explicou que os registros e as negociações de forma digital implicam em um processo de tokenização e de inovação, inclusão e sustentabilidade na indústria financeira.

“A tecnologia é um instrumento de democratização e de baixar os preços dos serviços financeiros. Por isso, temos que fomentar o sandbox regulatório e as startups”, disse Roberto Campos Neto.

Segundo ele, a instituição tem mapeadas 742 fintechs, uma base ainda pequena, mas com crescimento expressivo, principalmente no setor de meios de pagamento. Em março, foram regulamentadas 44 sociedades de crédito direcionado e nove sociedades de empréstimo entre pessoas, modalidade conhecida em inglês como peer-to-peer lending. Nessas operações, as fintechs juntam credor e devedor, realizando intermediação financeira a um custo menor do que, por exemplo, nos bancos tradicionais.


Para presidente do Banco Central, segunda onda de Covid-19 desacelerou retomada

Sobre a economia no geral, Roberto Campos Neto reiterou que a recuperação da economia brasileira depois da eclosão da pandemia do coronavírus no ano passado vinha mostrando tendência em “V”, mas desacelerou a retomada com a segunda onda de infecções, no início do ano.

Já a inflação foi mais exacerbada no Brasil do que nos outros países por conta da desvalorização cambial e a alta das commodities, apontou o presidente do Banco Central.

Texto: Simone Kafruni
Edição: Karine Sena e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Ricardo Barros confirma que projeto pode recompor despesas do Orçamento

Itaú BBA eleva preço-alvo da Simpar e vê ação abaixo do valor real de subsidiárias

Hering dispara após recusar proposta de fusão da Arezzo

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais