Véspera de feriado nos EUA traz Fed, PIB; agenda fiscal ainda preocupa: Espresso - TC
TC Mover
Mover

Véspera de feriado nos EUA traz Fed, PIB; agenda fiscal ainda preocupa: Espresso

Postado por: TC Mover em 25/11/2020 às 9:34

São Paulo, 25 de novembro – Os principais centros financeiros globais registram sessão de rotação reversa na manhã desta quarta-feira. As ações de tecnologia chamaram de novo a atenção do investidor, que está à espera de uma enxurrada de dados econômicos cruciais nos Estados Unidos e da ata da mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve. 

Não se esqueça de que amanhã os americanos celebram o tradicional Dia de Ação de Graças, seguido da Black Friday, na sexta-feira. Dessa forma, o rali global nos ativos de risco tira um descanso hoje. 

Ontem o índice Dow Jones ter fechado acima dos 30 mil pontos pela primeira vez na história, na esteira de maior demanda por ativos de valor, a iminência de uma vacina contra o coronavírus e a perspectiva de uma transição de poder menos turbulenta na Casa Branca. 

Mesmo assim, gestores e traders continuam cientes da ameaça representada pelo vírus no curto prazo e se resguardam na véspera do início de feriado. A data é geralmente marcada por uma queda forte na liquidez global nos mercados de capitais.

“A gente pode achar que não há muita coisa que mude o cenário antes do feriado de amanhã nos Estados Unidos, mas há muitos indicadores e a Ata do Fed que, sim, podem impactar o sentimento e acelerar a busca por proteção antes do Dia de Ação de Graças”, disse o trader e contribuidor do TC, Moises Beida. 

No entanto, o sentimento pode aliviar ao longo do dia após o presidente da França, Emmanuel Macron, afrouxar as restrições de mobilidade citando que o segundo pico da Covid-19 no país já passou. 

Agenda econômica na véspera do feriado

Olhando para a agenda, hoje o dia é agitado para os mercados, começando com o Relatório de Estabilidade Financeira do Banco Central Europeu e a revisão orçamentária do Reino Unido. 

O grande destaque será a divulgação quase simultânea dos números do PIB, os dados semanais de seguro-desemprego e os pedidos de bens duráveis nos EUA, assim como dos estoques de petróleo bruto, que devem garantir um pregão muito volátil. Teremos ainda dados do setor imobiliário e sobre a confiança do consumidor por volta do meio-dia.

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins/TC

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais