Mover

Volume do setor de serviços sobe 2,60% em novembro, sexta alta seguida

Postado por: TC Mover em 13/01/2021 às 11:18

São Paulo, 13 de janeiro – O volume de serviços avançou pelo sexto mês consecutivo, crescendo 2,6% em novembro e surpreendeu o mercado. A estimativa era de alta mais tímida, de 1,20%, após o avanço de 1,70% em outubro.

 

 

Dessa vez, a alta foi observada em todas as cinco atividades monitoradas e em 19 dos 27 Estados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. Os destaques de novembro foram os serviços prestados às famílias e transportes, que subiram 8,20% e 2,40%, respectivamente. Estas duas categorias foram as mais afetadas pela pandemia no primeiro semestre de 2020.

Serviços - novembro

Serviços vêm se recuperando dos impactos da pandemia

 

Os serviços foram severamente impactados pelas medidas de isolamento social frente à pandemia que assolou o mundo. Neste cenário, o setor que apresentou queda de 19,60% entre fevereiro e maio de 2020, de acordo com o IBGE, mas tem se recuperado conforme a flexibilização avança.

 

Mesmo com o resultado de novembro, no acumulado de 12 meses findos no mês de referência, o setor ainda recua 7,4% e referente ao acumulado no ano, a queda é de 8,30%.

 

Para a formulação das expectativas futuras sobre o setor de serviços, o ponto de atenção para a análise do ano de 2020 é a comparação entre o período de isolamento social e o de flexibilização, segundo a economista-chefe do TC, Fernanda Mansano. “Pode-se concluir que o setor tem retomado positivamente conforme as medidas de isolamento são flexibilizadas e tendem a continuar na trajetória ascendente para o próximo semestre”, avalia.

 

 

Texto: Fernanda Mansano e Guilherme Dogo
Edição: Igor Sodré e Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Saiba Mais