IBOV

106.567,00 pts

-0,33%

SP500

4.663,02 pts

+0,01%

DJIA

35.955,91 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,28%

IFIX

2.794,31 pts

+0,41%

BRENT

US$ 86,55

+0,56%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,39

-4,56%

ABEV3

R$ 14,81

-1,92%

AMER3

R$ 30,39

+0,26%

ASAI3

R$ 12,02

-0,90%

AZUL4

R$ 25,99

-1,29%

B3SA3

R$ 12,45

+1,88%

BIDI11

R$ 23,19

-2,76%

BBSE3

R$ 19,65

+1,02%

BRML3

R$ 8,36

-0,47%

BBDC3

R$ 17,53

+0,51%

BBDC4

R$ 21,04

+0,81%

BRAP4

R$ 27,47

-0,18%

BBAS3

R$ 30,48

+0,23%

BRKM5

R$ 49,44

-5,21%

BRFS3

R$ 24,52

+0,90%

BPAC11

R$ 19,82

-0,05%

CRFB3

R$ 14,42

+0,13%

CCRO3

R$ 11,29

-0,87%

CMIG4

R$ 12,78

+0,39%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+4,95%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,41

+1,10%

CSAN3

R$ 21,19

-0,14%

CPFE3

R$ 26,07

+0,46%

CVCB3

R$ 11,61

-0,85%

CYRE3

R$ 14,19

+0,00%

ECOR3

R$ 7,22

+0,27%

ELET3

R$ 31,60

+0,56%

ELET6

R$ 31,27

+0,57%

EMBR3

R$ 21,52

-2,22%

ENBR3

R$ 21,10

+1,44%

ENGI11

R$ 40,93

-0,09%

ENEV3

R$ 12,68

+0,31%

EGIE3

R$ 38,47

+0,20%

EQTL3

R$ 22,29

-1,45%

EZTC3

R$ 18,55

-0,32%

FLRY3

R$ 17,69

-1,33%

GGBR4

R$ 28,00

-0,99%

GOAU4

R$ 11,63

-0,93%

GOLL4

R$ 16,70

-1,35%

NTCO3

R$ 21,21

-2,70%

HAPV3

R$ 10,64

+3,20%

HYPE3

R$ 27,90

-0,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 62,35

+3,10%

IRBR3

R$ 3,48

-1,69%

ITSA4

R$ 9,57

+0,14%

ITUB4

R$ 23,56

+0,25%

JBSS3

R$ 36,98

-1,09%

JHSF3

R$ 4,86

+0,20%

KLBN11

R$ 24,42

-3,55%

RENT3

R$ 50,47

-1,56%

LCAM3

R$ 22,60

-1,22%

LWSA3

R$ 8,51

+1,43%

LAME4

R$ 5,72

+0,70%

LREN3

R$ 23,74

-0,96%

MGLU3

R$ 6,15

-2,84%

MRFG3

R$ 23,19

-1,36%

BEEF3

R$ 10,06

-2,04%

MRVE3

R$ 11,03

-0,54%

MULT3

R$ 18,26

-1,24%

PCAR3

R$ 19,11

-4,01%

PETR3

R$ 34,45

-0,31%

PETR4

R$ 31,55

+0,31%

VBBR3

19,73

-0,50%

PRIO3

R$ 22,84

-0,26%

QUAL3

R$ 16,57

+4,01%

RADL3

R$ 20,52

-2,28%

RAIL3

R$ 16,36

+0,30%

SBSP3

R$ 35,44

+0,94%

SANB11

R$ 31,80

-0,18%

CSNA3

R$ 25,13

-2,29%

SULA11

R$ 23,16

+0,56%

SUZB3

R$ 62,14

-1,00%

TAEE11

R$ 36,11

+0,13%

VIVT3

R$ 47,77

+1,89%

TIMS3

R$ 12,91

+2,21%

TOTS3

R$ 25,28

+0,31%

UGPA3

R$ 12,84

-2,43%

USIM5

R$ 16,11

-2,06%

VALE3

R$ 84,34

-0,41%

VIIA3

R$ 3,88

-2,26%

WEGE3

R$ 30,33

-1,20%

YDUQ3

R$ 19,07

+0,89%

IBOV

106.567,00 pts

-0,33%

SP500

4.663,02 pts

+0,01%

DJIA

35.955,91 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,28%

IFIX

2.794,31 pts

+0,41%

BRENT

US$ 86,55

+0,56%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,39

-4,56%

ABEV3

R$ 14,81

-1,92%

AMER3

R$ 30,39

+0,26%

ASAI3

R$ 12,02

-0,90%

AZUL4

R$ 25,99

-1,29%

B3SA3

R$ 12,45

+1,88%

BIDI11

R$ 23,19

-2,76%

BBSE3

R$ 19,65

+1,02%

BRML3

R$ 8,36

-0,47%

BBDC3

R$ 17,53

+0,51%

BBDC4

R$ 21,04

+0,81%

BRAP4

R$ 27,47

-0,18%

BBAS3

R$ 30,48

+0,23%

BRKM5

R$ 49,44

-5,21%

BRFS3

R$ 24,52

+0,90%

BPAC11

R$ 19,82

-0,05%

CRFB3

R$ 14,42

+0,13%

CCRO3

R$ 11,29

-0,87%

CMIG4

R$ 12,78

+0,39%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+4,95%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,41

+1,10%

CSAN3

R$ 21,19

-0,14%

CPFE3

R$ 26,07

+0,46%

CVCB3

R$ 11,61

-0,85%

CYRE3

R$ 14,19

+0,00%

ECOR3

R$ 7,22

+0,27%

ELET3

R$ 31,60

+0,56%

ELET6

R$ 31,27

+0,57%

EMBR3

R$ 21,52

-2,22%

ENBR3

R$ 21,10

+1,44%

ENGI11

R$ 40,93

-0,09%

ENEV3

R$ 12,68

+0,31%

EGIE3

R$ 38,47

+0,20%

EQTL3

R$ 22,29

-1,45%

EZTC3

R$ 18,55

-0,32%

FLRY3

R$ 17,69

-1,33%

GGBR4

R$ 28,00

-0,99%

GOAU4

R$ 11,63

-0,93%

GOLL4

R$ 16,70

-1,35%

NTCO3

R$ 21,21

-2,70%

HAPV3

R$ 10,64

+3,20%

HYPE3

R$ 27,90

-0,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 62,35

+3,10%

IRBR3

R$ 3,48

-1,69%

ITSA4

R$ 9,57

+0,14%

ITUB4

R$ 23,56

+0,25%

JBSS3

R$ 36,98

-1,09%

JHSF3

R$ 4,86

+0,20%

KLBN11

R$ 24,42

-3,55%

RENT3

R$ 50,47

-1,56%

LCAM3

R$ 22,60

-1,22%

LWSA3

R$ 8,51

+1,43%

LAME4

R$ 5,72

+0,70%

LREN3

R$ 23,74

-0,96%

MGLU3

R$ 6,15

-2,84%

MRFG3

R$ 23,19

-1,36%

BEEF3

R$ 10,06

-2,04%

MRVE3

R$ 11,03

-0,54%

MULT3

R$ 18,26

-1,24%

PCAR3

R$ 19,11

-4,01%

PETR3

R$ 34,45

-0,31%

PETR4

R$ 31,55

+0,31%

VBBR3

19,73

-0,50%

PRIO3

R$ 22,84

-0,26%

QUAL3

R$ 16,57

+4,01%

RADL3

R$ 20,52

-2,28%

RAIL3

R$ 16,36

+0,30%

SBSP3

R$ 35,44

+0,94%

SANB11

R$ 31,80

-0,18%

CSNA3

R$ 25,13

-2,29%

SULA11

R$ 23,16

+0,56%

SUZB3

R$ 62,14

-1,00%

TAEE11

R$ 36,11

+0,13%

VIVT3

R$ 47,77

+1,89%

TIMS3

R$ 12,91

+2,21%

TOTS3

R$ 25,28

+0,31%

UGPA3

R$ 12,84

-2,43%

USIM5

R$ 16,11

-2,06%

VALE3

R$ 84,34

-0,41%

VIIA3

R$ 3,88

-2,26%

WEGE3

R$ 30,33

-1,20%

YDUQ3

R$ 19,07

+0,89%

sergio_sanita

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

Essa semana falo sobre a CSN Mineração (CMIN3). A CSN Mineração S.A., principal controlada da CSN no setor, é a segunda maior exportadora de minério de ferro do Brasil e está entre as cinco mais competitivas no mercado transoceânico.

As ações da CSN Mineração (CMIN3), com apenas 10 meses desde seu IPO, sofreram bastante com a queda do minério nos últimos meses. Do seu topo histórico, R$10,74, em abril de 2021 até a mínima histórica, R$4,97, em novembro de 2021, o papel caiu quase 54%.CSN Mineração

Esta semana, caso CMIN3 feche acima dos R$6,79, ela confirmará um padrão de reversão altista conhecido como Ombro-Cabeça-Ombro Invertido, OCOI, que já foi inclusive ativado na semana passada, mas não teve sua confirmação.

Esse padrão, principalmente depois de uma forte correção como ocorreu com a CSN Mineração, favorece a leitura da reversão de tendência e nos ajuda a encontrar boas assimetrias, principalmente em conjunto aos indicadores que podem nos mostrar divergências de alta.

Potencial de alta da CSN Mineração (CMIN3)

Com a confirmação, fechamento semanal acima dos R$6,79, desse padrão, podemos projetar potenciais alvos gráficos para o ativo em R$8,61 e R$9,73, respectivamente. CSN Mineração

Percentualmente, nos daria um potencial de alta de 26,86% e 43,30%, respectivamente, usando o ponto de ativação dos R$6,79. CSN Mineração

Em relação ao risco da operação, eu usaria como condutor do trade a MMe9, que hoje se encontra a 8% de distância do ponto de entrada. Olhando o IFR14, temos a leitura já de uma divergência altista, dado que há tempos o indicador já rompeu topo anterior mostrando bastante força e agora o preço também confirma o movimento.

Com o On Balance Volume, OBV, também temos essa leitura de divergência altista.CSN Mineração

Relação entre ação e dólar

Sendo uma empresa que tem boa exposição à exportação do seu produto, faz também todo sentido olharmos não só a correlação do preço da ação com o minério, mas também com o dólar. Esse dólar mais forte nos últimos meses vem ajudando a CSN Mineração outperformar o desempenho do minério, que segue em tendência de alta no curto prazo.

Na minha leitura, vejo espaço de alta para o minério para US$137 no curto prazo. O preço atual está por volta dos US$115.

Sendo assim, continuo vendo boa assimetria para a CSN Mineração (CMIN3), em um cenário de recuperação do minério, dólar forte e boas chances de melhora na nossa bolsa para os próximos meses.

Como sempre deixo o alerta: além da análise da movimentação dos preços via AT, devemos considerar o cenário macro/micro atual, perspectivas de curto prazo para o setor e decisões políticas que afetam diretamente a economia – e no Brasil costumam fazer bastante preço – para avaliarmos se faz sentido investir nessa empresa.

Conheça mais sobre a CSN Mineração (CMIN3)

Com reservas certificadas em mais de três bilhões de toneladas de acordo com a Joint Ore Reserves Committee, JORC, a CSN Mineração detém as minas de Casa de Pedra e do Engenho, o complexo de beneficiamento do Pires, participação na ferrovia MRS e terminal cativo para exportação de minério de ferro no Porto de Itaguaí, TECAR.

A operação integrada e os seus ativos de alto valor permitem que a CSN Mineração seja uma das empresas mais eficientes no setor, com um posicionamento de destaque em custo e qualidade.CSN Mineração

Fonte: site de Relações com Investidores

Coluna: Sérgio Sanita
Arte: Vinícius Martins / Mover


DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.