IBOV

110.720,13 pts

-3,23%

SP500

4.516,56 pts

-0,07%

DJIA

35.432,08 pts

-0,07%

NASDAQ

15.403,85 pts

-0,04%

IFIX

2.740,24 pts

-0,26%

BRENT

US$ 84,24

-0,99%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,02

-4,52%

ABEV3

R$ 15,17

-3,06%

AMER3

R$ 39,23

-0,05%

ASAI3

R$ 16,60

-2,41%

AZUL4

R$ 30,96

-10,05%

B3SA3

R$ 12,48

-3,48%

BIDI11

R$ 45,20

-6,53%

BBSE3

R$ 21,27

-2,25%

BRML3

R$ 8,15

-5,23%

BBDC3

R$ 17,89

-3,45%

BBDC4

R$ 21,02

-2,99%

BRAP4

R$ 53,19

-2,24%

BBAS3

R$ 30,72

-4,74%

BRKM5

R$ 57,13

-3,08%

BRFS3

R$ 23,96

-4,23%

BPAC11

R$ 24,14

-5,33%

CRFB3

R$ 17,98

-4,46%

CCRO3

R$ 12,23

-4,15%

CMIG4

R$ 14,75

-2,51%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,40

-8,74%

COGN3

R$ 2,91

-6,73%

CPLE6

R$ 6,66

-1,91%

CSAN3

R$ 22,67

-2,82%

CPFE3

R$ 26,10

-1,62%

CVCB3

R$ 18,82

-5,66%

CYRE3

R$ 16,96

-7,11%

ECOR3

R$ 9,53

-5,07%

ELET3

R$ 39,23

-3,49%

ELET6

R$ 39,32

-3,31%

EMBR3

R$ 24,90

-2,92%

ENBR3

R$ 19,05

-1,14%

ENGI11

R$ 44,11

-4,39%

ENEV3

R$ 14,60

-4,76%

EGIE3

R$ 38,19

-1,31%

EQTL3

R$ 24,23

-2,25%

EZTC3

R$ 22,09

-6,31%

FLRY3

R$ 20,60

-4,98%

GGBR4

R$ 27,84

-1,52%

GOAU4

R$ 12,59

-1,71%

GOLL4

R$ 18,83

-7,01%

NTCO3

R$ 40,39

-6,50%

HAPV3

R$ 12,06

-4,43%

HYPE3

R$ 29,20

-4,10%

IGTA3

R$ 31,87

-6,04%

GNDI3

R$ 67,70

-4,67%

IRBR3

R$ 5,12

-2,29%

ITSA4

R$ 10,93

-3,70%

ITUB4

R$ 24,30

-2,72%

JBSS3

R$ 37,98

-1,63%

JHSF3

R$ 5,76

-5,88%

KLBN11

R$ 22,35

-2,95%

RENT3

R$ 53,30

-5,37%

LCAM3

R$ 23,75

-5,56%

LWSA3

R$ 21,21

-8,77%

LAME4

R$ 6,29

-2,32%

LREN3

R$ 34,48

-4,64%

MGLU3

R$ 13,74

-4,11%

MRFG3

R$ 25,97

-2,00%

BEEF3

R$ 10,02

-3,18%

MRVE3

R$ 11,66

-7,01%

MULT3

R$ 19,47

-4,55%

PCAR3

R$ 28,80

-0,62%

PETR3

R$ 28,93

-4,26%

PETR4

R$ 28,10

-4,61%

BRDT3

R$ 23,25

-6,25%

PRIO3

R$ 26,61

-1,95%

QUAL3

R$ 18,34

-5,12%

RADL3

R$ 22,31

-1,97%

RAIL3

R$ 17,65

-3,02%

SBSP3

R$ 37,89

-2,94%

SANB11

R$ 34,87

-4,62%

CSNA3

R$ 25,76

-2,82%

SULA11

R$ 25,38

-3,68%

SUZB3

R$ 48,80

-1,96%

TAEE11

R$ 37,62

-0,63%

VIVT3

R$ 45,98

-1,13%

TIMS3

R$ 12,25

-1,52%

TOTS3

R$ 34,44

-3,98%

UGPA3

R$ 14,69

-5,10%

USIM5

R$ 15,57

-3,05%

VALE3

R$ 79,33

-1,20%

VIIA3

R$ 7,84

-4,03%

WEGE3

R$ 39,25

-2,99%

YDUQ3

R$ 25,06

-7,45%

IBOV

110.720,13 pts

-3,23%

SP500

4.516,56 pts

-0,07%

DJIA

35.432,08 pts

-0,07%

NASDAQ

15.403,85 pts

-0,04%

IFIX

2.740,24 pts

-0,26%

BRENT

US$ 84,24

-0,99%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,02

-4,52%

ABEV3

R$ 15,17

-3,06%

AMER3

R$ 39,23

-0,05%

ASAI3

R$ 16,60

-2,41%

AZUL4

R$ 30,96

-10,05%

B3SA3

R$ 12,48

-3,48%

BIDI11

R$ 45,20

-6,53%

BBSE3

R$ 21,27

-2,25%

BRML3

R$ 8,15

-5,23%

BBDC3

R$ 17,89

-3,45%

BBDC4

R$ 21,02

-2,99%

BRAP4

R$ 53,19

-2,24%

BBAS3

R$ 30,72

-4,74%

BRKM5

R$ 57,13

-3,08%

BRFS3

R$ 23,96

-4,23%

BPAC11

R$ 24,14

-5,33%

CRFB3

R$ 17,98

-4,46%

CCRO3

R$ 12,23

-4,15%

CMIG4

R$ 14,75

-2,51%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,40

-8,74%

COGN3

R$ 2,91

-6,73%

CPLE6

R$ 6,66

-1,91%

CSAN3

R$ 22,67

-2,82%

CPFE3

R$ 26,10

-1,62%

CVCB3

R$ 18,82

-5,66%

CYRE3

R$ 16,96

-7,11%

ECOR3

R$ 9,53

-5,07%

ELET3

R$ 39,23

-3,49%

ELET6

R$ 39,32

-3,31%

EMBR3

R$ 24,90

-2,92%

ENBR3

R$ 19,05

-1,14%

ENGI11

R$ 44,11

-4,39%

ENEV3

R$ 14,60

-4,76%

EGIE3

R$ 38,19

-1,31%

EQTL3

R$ 24,23

-2,25%

EZTC3

R$ 22,09

-6,31%

FLRY3

R$ 20,60

-4,98%

GGBR4

R$ 27,84

-1,52%

GOAU4

R$ 12,59

-1,71%

GOLL4

R$ 18,83

-7,01%

NTCO3

R$ 40,39

-6,50%

HAPV3

R$ 12,06

-4,43%

HYPE3

R$ 29,20

-4,10%

IGTA3

R$ 31,87

-6,04%

GNDI3

R$ 67,70

-4,67%

IRBR3

R$ 5,12

-2,29%

ITSA4

R$ 10,93

-3,70%

ITUB4

R$ 24,30

-2,72%

JBSS3

R$ 37,98

-1,63%

JHSF3

R$ 5,76

-5,88%

KLBN11

R$ 22,35

-2,95%

RENT3

R$ 53,30

-5,37%

LCAM3

R$ 23,75

-5,56%

LWSA3

R$ 21,21

-8,77%

LAME4

R$ 6,29

-2,32%

LREN3

R$ 34,48

-4,64%

MGLU3

R$ 13,74

-4,11%

MRFG3

R$ 25,97

-2,00%

BEEF3

R$ 10,02

-3,18%

MRVE3

R$ 11,66

-7,01%

MULT3

R$ 19,47

-4,55%

PCAR3

R$ 28,80

-0,62%

PETR3

R$ 28,93

-4,26%

PETR4

R$ 28,10

-4,61%

BRDT3

R$ 23,25

-6,25%

PRIO3

R$ 26,61

-1,95%

QUAL3

R$ 18,34

-5,12%

RADL3

R$ 22,31

-1,97%

RAIL3

R$ 17,65

-3,02%

SBSP3

R$ 37,89

-2,94%

SANB11

R$ 34,87

-4,62%

CSNA3

R$ 25,76

-2,82%

SULA11

R$ 25,38

-3,68%

SUZB3

R$ 48,80

-1,96%

TAEE11

R$ 37,62

-0,63%

VIVT3

R$ 45,98

-1,13%

TIMS3

R$ 12,25

-1,52%

TOTS3

R$ 34,44

-3,98%

UGPA3

R$ 14,69

-5,10%

USIM5

R$ 15,57

-3,05%

VALE3

R$ 79,33

-1,20%

VIIA3

R$ 7,84

-4,03%

WEGE3

R$ 39,25

-2,99%

YDUQ3

R$ 25,06

-7,45%

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

Essa semana falo sobre Duratex, código DTEX3, uma empresa que faz parte do Índice de Materiais Básicos, IMAT, na B3, dentre outros índices como Índice Brasil Amplo, IBRA, Índice Brasil 100, IBRX100, e Índice do Setor Industrial, INDX.

Primeiro, vamos falar um pouco do business da Duratex

Fonte: Duratex

A Duratex é uma empresa brasileira, de capital aberto, com ações negociadas na bolsa de valores, B3, sob o ticker DTEX3, e integra, desde 2009, o Novo Mercado, o que evidencia a adoção do mais elevado padrão de governança corporativa. Além disso, desde 2008, a Companhia integra a carteira do ISE, Índice de Sustentabilidade Empresarial, também da B3.


Os principais acionistas da Companhia são a Itaúsa – Investimentos Itaú S.A e o Bloco Seibel, que detém 40% e 20% de participação acionária, respectivamente. Os restantes 40% são negociados na B3.

A Duratex atua em três divisões: Madeira, Deca e Revestimentos Cerâmicos. A divisão Madeira atua na produção e comercialização de painéis MDP e MDF, além de pisos laminados e vinílicos, com a marca Durafloor. Englobando ainda o segmento Florestal, no qual possui mais de 200 mil hectares de terra e cultiva eucalipto usando a mais avançada tecnologia, a companhia detém as melhores práticas de manejo para a conservação de áreas nativas. A divisão Deca produz e comercializa louças, metais, duchas e chuveiros elétricos sob as marcas Deca e Hydra. A divisão Revestimentos Cerâmicos produz e comercializa revestimentos para piso e parede e telhas utilizando as marcas Ceusa e Portinari, que são destaque no mercado nacional por seus atributos de inovação, qualidade e tecnologia de ponta.


As vendas se dão, predominantemente, no mercado doméstico e, ainda, em mais de 50 países para onde exportamos. A Duratex é a maior empresa produtora de painéis de madeira industrializada do Brasil, líder de mercado na produção de louças e metais sanitários no hemisfério sul e uma das líderes do segmento de revestimentos cerâmicos no país.


Além das três divisões de negócio, a companhia também anunciou no fim de 2019, em parceria com a austríaca Lenzing AG, a joint venture LD Celulose para a construção de uma fábrica de celulose solúvel no Triângulo Mineiro, Minas Gerais. A unidade terá capacidade de fabricação de 500 mil toneladas por ano e deve iniciar a operação no primeiro semestre de 2022.

Com sede na cidade de São Paulo, a Duratex conta com mais de 10 mil colaboradores em sete unidades florestais e 16 unidades industriais no Brasil, além de três fábricas na Colômbia. Em 2019, a receita líquida foi de R$5,0 bilhões, o lucro líquido foi de R$405,7 milhões, EBITDA ajustado e recorrente de R$908,9 milhões e o patrimônio líquido de R$4.932 milhões. O valor de mercado da companhia ao final do ano de 2019 era de R$11.532,3 milhões.

O que me chama a atenção no ativo?

DTEX3 vem numa forte tendência de recuperação desde o crash após fevereiro de 2020 que tivemos no mercado.

Das mínimas de R$7,29 atingidas no final de março de 2020, o papel se valorizou mais de 190%, chegando a mais de R$21 e superando a máxima de R$19:

Duratex

Depois de alguns meses de maneira lateral, trabalhando num range de R$17 a R$21 e montando um triângulo ascendente, o papel vem mostrando força para continuar sua forte tendência de alta.

 

Do rompimento dessa região de resistência dos R$21,3X, podemos projetar um potencial alvo na faixa dos R$25,70, o que daria um potencial ganho de cerca de 20%:

Vale considerar que esse seria apenas um alvo projetado do range em que o papel ficou travado por um tempo, e, se continuar sua tendência altista, tem potencial de buscar novas máximas históricas além desse patamar.

Mas e se a operação não der certo?

Eu conduziria pela MM21, que nos preços atuais, daria um stop em cerca de 10%, ou seja, um risco de 1 para um potencial ganho de 2, inicialmente:

O que mais me faz acreditar no case?

Primeiro em relação aos indicadores técnicos:

O OBV, apesar de não estar tão forte quanto o preço, não está ficando para trás, acompanhando também a região de máximas que os preços estão testando:

O estocástico está mostrando tendência de alta e tem bastante espaços até as máximas e até começar algum tipo de sobre-compra:

Além disso, vejo o setor de construção civil com muito espaço para crescimento, e esse movimento forte se apresentou numa mesma empresa do setor, PTBL3, como abordei na minha coluna de algumas semanas atrás. 

Esse bom momento técnico em conjunto com o crescimento no setor, me fizeram escolher DTEX3 como o ativo a ser abordado essa semana.

 

Acho a assimetria bem interessante e diferentemente de papéis que estão apontando para virada de tendência de baixa para alta, os papéis com uma tendência já bem estabelecida, como é o caso de DTEX3, têm uma probabilidade maior de continuarem seu movimento previamente definido.

 

Volto a deixar a mesma observação importante das últimas colunas: além da análise da movimentação dos preços via AT, vale sempre considerar o cenário macro atual, perspectivas de curto prazo para o setor e riscos políticos, que no Brasil costumam fazer bastante preço, para avaliar se faz sentido investir nessa empresa.

 

Arte: Vinícius Martins/TC

DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.