IBOV

110.691,74 pts

-3,26%

SP500

4.512,57 pts

+0,57%

DJIA

35.387,56 pts

+0,37%

NASDAQ

15.386,39 pts

+0,56%

IFIX

2.741,56 pts

-0,21%

BRENT

US$ 84,96

+0,76%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,11

-4,58%

ABEV3

R$ 15,18

-2,81%

AMER3

R$ 38,84

-0,58%

ASAI3

R$ 16,51

-2,65%

AZUL4

R$ 31,23

-9,10%

B3SA3

R$ 12,46

-3,56%

BIDI11

R$ 44,71

-7,45%

BBSE3

R$ 21,32

-1,66%

BRML3

R$ 8,13

-5,24%

BBDC3

R$ 17,88

-3,24%

BBDC4

R$ 21,07

-2,67%

BRAP4

R$ 53,18

-1,90%

BBAS3

R$ 30,69

-4,71%

BRKM5

R$ 57,72

-2,43%

BRFS3

R$ 24,09

-3,98%

BPAC11

R$ 23,96

-6,40%

CRFB3

R$ 18,01

-3,84%

CCRO3

R$ 12,16

-4,40%

CMIG4

R$ 14,80

-2,05%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,40

-8,04%

COGN3

R$ 2,91

-6,43%

CPLE6

R$ 6,68

-1,18%

CSAN3

R$ 22,47

-3,39%

CPFE3

R$ 26,16

-1,69%

CVCB3

R$ 18,95

-5,10%

CYRE3

R$ 16,94

-6,97%

ECOR3

R$ 9,48

-5,48%

ELET3

R$ 39,21

-3,44%

ELET6

R$ 39,19

-3,35%

EMBR3

R$ 25,04

-2,41%

ENBR3

R$ 18,96

-1,81%

ENGI11

R$ 43,80

-4,88%

ENEV3

R$ 14,72

-3,79%

EGIE3

R$ 38,24

-1,03%

EQTL3

R$ 24,26

-2,05%

EZTC3

R$ 21,93

-6,91%

FLRY3

R$ 20,61

-4,45%

GGBR4

R$ 27,88

-1,06%

GOAU4

R$ 12,62

-1,56%

GOLL4

R$ 18,84

-7,19%

NTCO3

R$ 40,53

-5,98%

HAPV3

R$ 12,06

-4,28%

HYPE3

R$ 29,18

-4,26%

IGTA3

R$ 31,77

-6,22%

GNDI3

R$ 67,65

-5,19%

IRBR3

R$ 5,16

-1,14%

ITSA4

R$ 10,90

-3,79%

ITUB4

R$ 24,32

-2,44%

JBSS3

R$ 37,70

-2,10%

JHSF3

R$ 5,76

-5,72%

KLBN11

R$ 22,49

-2,21%

RENT3

R$ 53,40

-5,06%

LCAM3

R$ 23,62

-6,00%

LWSA3

R$ 21,43

-6,78%

LAME4

R$ 6,23

-2,80%

LREN3

R$ 34,16

-5,08%

MGLU3

R$ 13,77

-3,57%

MRFG3

R$ 26,20

-1,09%

BEEF3

R$ 10,14

-2,21%

MRVE3

R$ 11,62

-6,89%

MULT3

R$ 19,44

-4,98%

PCAR3

R$ 28,74

-0,76%

PETR3

R$ 29,04

-3,84%

PETR4

R$ 28,22

-4,17%

BRDT3

R$ 23,14

-6,42%

PRIO3

R$ 26,86

-1,10%

QUAL3

R$ 18,46

-4,30%

RADL3

R$ 22,21

-2,20%

RAIL3

R$ 17,38

-4,55%

SBSP3

R$ 37,94

-2,36%

SANB11

R$ 34,85

-4,52%

CSNA3

R$ 25,59

-3,25%

SULA11

R$ 25,31

-3,91%

SUZB3

R$ 48,69

-2,22%

TAEE11

R$ 37,72

-0,65%

VIVT3

R$ 45,83

-1,33%

TIMS3

R$ 12,20

-2,24%

TOTS3

R$ 34,57

-3,43%

UGPA3

R$ 14,70

-4,66%

USIM5

R$ 15,47

-3,79%

VALE3

R$ 79,10

-1,02%

VIIA3

R$ 7,76

-5,13%

WEGE3

R$ 39,20

-2,87%

YDUQ3

R$ 24,99

-7,47%

IBOV

110.691,74 pts

-3,26%

SP500

4.512,57 pts

+0,57%

DJIA

35.387,56 pts

+0,37%

NASDAQ

15.386,39 pts

+0,56%

IFIX

2.741,56 pts

-0,21%

BRENT

US$ 84,96

+0,76%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,11

-4,58%

ABEV3

R$ 15,18

-2,81%

AMER3

R$ 38,84

-0,58%

ASAI3

R$ 16,51

-2,65%

AZUL4

R$ 31,23

-9,10%

B3SA3

R$ 12,46

-3,56%

BIDI11

R$ 44,71

-7,45%

BBSE3

R$ 21,32

-1,66%

BRML3

R$ 8,13

-5,24%

BBDC3

R$ 17,88

-3,24%

BBDC4

R$ 21,07

-2,67%

BRAP4

R$ 53,18

-1,90%

BBAS3

R$ 30,69

-4,71%

BRKM5

R$ 57,72

-2,43%

BRFS3

R$ 24,09

-3,98%

BPAC11

R$ 23,96

-6,40%

CRFB3

R$ 18,01

-3,84%

CCRO3

R$ 12,16

-4,40%

CMIG4

R$ 14,80

-2,05%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,40

-8,04%

COGN3

R$ 2,91

-6,43%

CPLE6

R$ 6,68

-1,18%

CSAN3

R$ 22,47

-3,39%

CPFE3

R$ 26,16

-1,69%

CVCB3

R$ 18,95

-5,10%

CYRE3

R$ 16,94

-6,97%

ECOR3

R$ 9,48

-5,48%

ELET3

R$ 39,21

-3,44%

ELET6

R$ 39,19

-3,35%

EMBR3

R$ 25,04

-2,41%

ENBR3

R$ 18,96

-1,81%

ENGI11

R$ 43,80

-4,88%

ENEV3

R$ 14,72

-3,79%

EGIE3

R$ 38,24

-1,03%

EQTL3

R$ 24,26

-2,05%

EZTC3

R$ 21,93

-6,91%

FLRY3

R$ 20,61

-4,45%

GGBR4

R$ 27,88

-1,06%

GOAU4

R$ 12,62

-1,56%

GOLL4

R$ 18,84

-7,19%

NTCO3

R$ 40,53

-5,98%

HAPV3

R$ 12,06

-4,28%

HYPE3

R$ 29,18

-4,26%

IGTA3

R$ 31,77

-6,22%

GNDI3

R$ 67,65

-5,19%

IRBR3

R$ 5,16

-1,14%

ITSA4

R$ 10,90

-3,79%

ITUB4

R$ 24,32

-2,44%

JBSS3

R$ 37,70

-2,10%

JHSF3

R$ 5,76

-5,72%

KLBN11

R$ 22,49

-2,21%

RENT3

R$ 53,40

-5,06%

LCAM3

R$ 23,62

-6,00%

LWSA3

R$ 21,43

-6,78%

LAME4

R$ 6,23

-2,80%

LREN3

R$ 34,16

-5,08%

MGLU3

R$ 13,77

-3,57%

MRFG3

R$ 26,20

-1,09%

BEEF3

R$ 10,14

-2,21%

MRVE3

R$ 11,62

-6,89%

MULT3

R$ 19,44

-4,98%

PCAR3

R$ 28,74

-0,76%

PETR3

R$ 29,04

-3,84%

PETR4

R$ 28,22

-4,17%

BRDT3

R$ 23,14

-6,42%

PRIO3

R$ 26,86

-1,10%

QUAL3

R$ 18,46

-4,30%

RADL3

R$ 22,21

-2,20%

RAIL3

R$ 17,38

-4,55%

SBSP3

R$ 37,94

-2,36%

SANB11

R$ 34,85

-4,52%

CSNA3

R$ 25,59

-3,25%

SULA11

R$ 25,31

-3,91%

SUZB3

R$ 48,69

-2,22%

TAEE11

R$ 37,72

-0,65%

VIVT3

R$ 45,83

-1,33%

TIMS3

R$ 12,20

-2,24%

TOTS3

R$ 34,57

-3,43%

UGPA3

R$ 14,70

-4,66%

USIM5

R$ 15,47

-3,79%

VALE3

R$ 79,10

-1,02%

VIIA3

R$ 7,76

-5,13%

WEGE3

R$ 39,20

-2,87%

YDUQ3

R$ 24,99

-7,47%

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 9 de março – O espaço de legendas de centro como PSDB, DEM e MDB em eleições presidenciais já foi ocupado pelo atual presidente Jair Bolsonaro em 2018, quando se beneficiou dos efeitos políticos da operação Lava Jato, e pode ser ampliado em 2022 se o presidente se aliar formalmente com o chamado Centrão.

Uma fonte que monitora as repercussões da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, de anular condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato disse que a ideia de que a possível volta de Lula ao cenário eleitoral enfraquece o centro político não se aplica aos partidos que compõem a base do governo. É Bolsonaro quem aparece na liderança de pesquisas para 2022.

Para a fonte, é preciso considerar nesta conta do centro político a conquista de cerca de 2 mil prefeituras em 2020 pelo Centrão, que trabalhará por uma chapa não de direita, mas com perfil de centro-direita para a reeleição de Bolsonaro.

Assim, a polarização até e em 2022 não está descartada, mas tende a ser entre a centro-direita governista, sob um Bolsonaro mais pragmático e menos ideológico, e a esquerda, com vantagem da primeira devido ao apelo resiliente do voto antipetista.

Pode se repetir em outra escala o que aconteceu nas eleições da presidência da Câmara, quando o deputado Arthur Lira bateu seu adversário, Baleia Rossi, por largos 302 votos, arrastando apoio de legendas de centro que apoiavam Rossi, mas rechaçavam um bloco com a esquerda e de oposição.

Como este placar foi parcialmente repetido em votações como a do projeto de autonomia do Banco Central, acreditamos que a própria pauta econômica do governo deve afastar o centro liberal de composições com a esquerda e levá-lo, ainda que informalmente, à aliança de Bolsonaro. Isso pode acontecer, sobretudo, se eventuais presidenciáveis destas siglas não despontarem nas pesquisas.

Arte: Vinícius Martins / TC Mover

DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.


Leia também

Magalu (MGLU3) sente pressão nas margens, apesar de cenário promissor, dizem analistas

Especial: Lira busca protagonismo do Parlamento para acesso às vacinas

Com Lula, centro teria dificuldades para ganhar força, diz Eurasia

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.