IBOV

103.782,23 pts

+1,83%

SP500

4.640,72 pts

+1,62%

DJIA

34.938,66 pts

+1,32%

NASDAQ

16.370,95 pts

+1,46%

IFIX

2.587,93 pts

+0,37%

BRENT

US$ 71,86

+3,80%

IO62

¥ 623,00

-0,88%

TRAD3

R$ 7,87

-0,25%

ABEV3

R$ 15,95

-0,68%

AMER3

R$ 30,08

-0,79%

ASAI3

R$ 12,69

-0,47%

AZUL4

R$ 23,44

+0,25%

B3SA3

R$ 11,47

+3,24%

BIDI11

R$ 36,94

+1,96%

BBSE3

R$ 20,84

-0,19%

BRML3

R$ 8,09

+2,53%

BBDC3

R$ 17,41

+2,29%

BBDC4

R$ 20,50

+2,96%

BRAP4

R$ 50,94

+2,39%

BBAS3

R$ 32,43

+1,85%

BRKM5

R$ 54,45

+8,79%

BRFS3

R$ 19,31

-2,22%

BPAC11

R$ 21,70

+3,62%

CRFB3

R$ 15,31

-0,13%

CCRO3

R$ 12,01

-1,83%

CMIG4

R$ 13,28

+1,06%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+2,41%

COGN3

R$ 2,49

+0,40%

CPLE6

R$ 6,24

+1,62%

CSAN3

R$ 21,75

+2,35%

CPFE3

R$ 27,07

+2,53%

CVCB3

R$ 13,83

+1,54%

CYRE3

R$ 14,15

+4,04%

ECOR3

R$ 8,58

+3,37%

ELET3

R$ 33,57

+2,88%

ELET6

R$ 32,92

+2,71%

EMBR3

R$ 19,31

+0,88%

ENBR3

R$ 21,34

-0,28%

ENGI11

R$ 45,74

+0,55%

ENEV3

R$ 14,37

+3,01%

EGIE3

R$ 38,63

+0,26%

EQTL3

R$ 22,85

+1,24%

EZTC3

R$ 18,91

+4,24%

FLRY3

R$ 17,59

+0,68%

GGBR4

R$ 27,15

+5,23%

GOAU4

R$ 11,14

+4,60%

GOLL4

R$ 15,97

-0,18%

NTCO3

R$ 27,12

+1,61%

HAPV3

R$ 10,77

-1,28%

HYPE3

R$ 27,44

+1,18%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,78

-1,10%

IRBR3

R$ 4,34

+0,69%

ITSA4

R$ 9,85

+2,07%

ITUB4

R$ 22,80

+1,94%

JBSS3

R$ 34,69

-2,69%

JHSF3

R$ 4,84

+2,97%

KLBN11

R$ 24,49

+2,59%

RENT3

R$ 51,70

+1,15%

LCAM3

R$ 23,31

+0,60%

LWSA3

R$ 13,03

-1,21%

LAME4

R$ 5,44

-0,54%

LREN3

R$ 29,41

+3,37%

MGLU3

R$ 7,53

-3,46%

MRFG3

R$ 22,93

-2,75%

BEEF3

R$ 8,60

+0,23%

MRVE3

R$ 11,41

+2,88%

MULT3

R$ 19,97

+1,88%

PCAR3

R$ 22,98

+2,58%

PETR3

R$ 31,21

+3,55%

PETR4

R$ 30,44

+3,43%

VBBR3

21,89

+0,59%

PRIO3

R$ 21,23

+4,63%

QUAL3

R$ 15,57

-1,01%

RADL3

R$ 22,00

-1,69%

RAIL3

R$ 17,78

+1,19%

SBSP3

R$ 34,13

+1,33%

SANB11

R$ 33,37

+1,24%

CSNA3

R$ 22,72

+4,41%

SULA11

R$ 26,23

+5,08%

SUZB3

R$ 59,29

+5,57%

TAEE11

R$ 36,26

+0,63%

VIVT3

R$ 50,41

+0,23%

TIMS3

R$ 14,04

+1,73%

TOTS3

R$ 30,43

-3,94%

UGPA3

R$ 14,47

+0,27%

USIM5

R$ 14,01

+3,09%

VALE3

R$ 71,51

+2,23%

VIIA3

R$ 5,61

-1,05%

WEGE3

R$ 32,94

+2,20%

YDUQ3

R$ 22,95

+5,13%

IBOV

103.782,23 pts

+1,83%

SP500

4.640,72 pts

+1,62%

DJIA

34.938,66 pts

+1,32%

NASDAQ

16.370,95 pts

+1,46%

IFIX

2.587,93 pts

+0,37%

BRENT

US$ 71,86

+3,80%

IO62

¥ 623,00

-0,88%

TRAD3

R$ 7,87

-0,25%

ABEV3

R$ 15,95

-0,68%

AMER3

R$ 30,08

-0,79%

ASAI3

R$ 12,69

-0,47%

AZUL4

R$ 23,44

+0,25%

B3SA3

R$ 11,47

+3,24%

BIDI11

R$ 36,94

+1,96%

BBSE3

R$ 20,84

-0,19%

BRML3

R$ 8,09

+2,53%

BBDC3

R$ 17,41

+2,29%

BBDC4

R$ 20,50

+2,96%

BRAP4

R$ 50,94

+2,39%

BBAS3

R$ 32,43

+1,85%

BRKM5

R$ 54,45

+8,79%

BRFS3

R$ 19,31

-2,22%

BPAC11

R$ 21,70

+3,62%

CRFB3

R$ 15,31

-0,13%

CCRO3

R$ 12,01

-1,83%

CMIG4

R$ 13,28

+1,06%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+2,41%

COGN3

R$ 2,49

+0,40%

CPLE6

R$ 6,24

+1,62%

CSAN3

R$ 21,75

+2,35%

CPFE3

R$ 27,07

+2,53%

CVCB3

R$ 13,83

+1,54%

CYRE3

R$ 14,15

+4,04%

ECOR3

R$ 8,58

+3,37%

ELET3

R$ 33,57

+2,88%

ELET6

R$ 32,92

+2,71%

EMBR3

R$ 19,31

+0,88%

ENBR3

R$ 21,34

-0,28%

ENGI11

R$ 45,74

+0,55%

ENEV3

R$ 14,37

+3,01%

EGIE3

R$ 38,63

+0,26%

EQTL3

R$ 22,85

+1,24%

EZTC3

R$ 18,91

+4,24%

FLRY3

R$ 17,59

+0,68%

GGBR4

R$ 27,15

+5,23%

GOAU4

R$ 11,14

+4,60%

GOLL4

R$ 15,97

-0,18%

NTCO3

R$ 27,12

+1,61%

HAPV3

R$ 10,77

-1,28%

HYPE3

R$ 27,44

+1,18%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,78

-1,10%

IRBR3

R$ 4,34

+0,69%

ITSA4

R$ 9,85

+2,07%

ITUB4

R$ 22,80

+1,94%

JBSS3

R$ 34,69

-2,69%

JHSF3

R$ 4,84

+2,97%

KLBN11

R$ 24,49

+2,59%

RENT3

R$ 51,70

+1,15%

LCAM3

R$ 23,31

+0,60%

LWSA3

R$ 13,03

-1,21%

LAME4

R$ 5,44

-0,54%

LREN3

R$ 29,41

+3,37%

MGLU3

R$ 7,53

-3,46%

MRFG3

R$ 22,93

-2,75%

BEEF3

R$ 8,60

+0,23%

MRVE3

R$ 11,41

+2,88%

MULT3

R$ 19,97

+1,88%

PCAR3

R$ 22,98

+2,58%

PETR3

R$ 31,21

+3,55%

PETR4

R$ 30,44

+3,43%

VBBR3

21,89

+0,59%

PRIO3

R$ 21,23

+4,63%

QUAL3

R$ 15,57

-1,01%

RADL3

R$ 22,00

-1,69%

RAIL3

R$ 17,78

+1,19%

SBSP3

R$ 34,13

+1,33%

SANB11

R$ 33,37

+1,24%

CSNA3

R$ 22,72

+4,41%

SULA11

R$ 26,23

+5,08%

SUZB3

R$ 59,29

+5,57%

TAEE11

R$ 36,26

+0,63%

VIVT3

R$ 50,41

+0,23%

TIMS3

R$ 14,04

+1,73%

TOTS3

R$ 30,43

-3,94%

UGPA3

R$ 14,47

+0,27%

USIM5

R$ 14,01

+3,09%

VALE3

R$ 71,51

+2,23%

VIIA3

R$ 5,61

-1,05%

WEGE3

R$ 32,94

+2,20%

YDUQ3

R$ 22,95

+5,13%

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

A pressão inédita que a ala política do governo exerce neste momento contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, por ele resistir à renovação do Auxílio Emergencial, pode ser o começo da virada do rumo liberal da gestão federal para uma agenda pautada pelo aumento dos gastos públicos, aprofundando o distanciamento entre o mercado e o Palácio do Planalto.

A possibilidade, antecipada pelo Scoop, é reforçada porque o presidente Jair Bolsonaro afirmou, em evento em 27 de setembro, que escolheria alguém com política diferente de Guedes se fosse trocar o comando da Economia.

O grande mérito de Paulo Guedes foi justamente conseguir manter o Teto de Gastos como âncora fiscal e a defesa de uma pauta econômica liberal de reformas e privatizações, apesar do contexto de pandemia, crise política e baixa popularidade do governo.

Mas o ímpeto reformista que prevaleceu no primeiro semestre já não se mostra capaz de fazer entregas relevantes, como demonstram os entraves às reformas Administrativa na Câmara e do Imposto de Renda no Senado, hoje questionadas pelos próprios agentes econômicos.

Bolsa Família

Porém, sem uma pauta liberal ativa, o governo jogará cada vez mais no campo da oposição de centro-esquerda, e nem mesmo um Bolsa Família para chamar de seu é garantia de sucesso eleitoral.

Segundo estudo da Tendências Consultoria Integrada, publicado na imprensa no fim de semana, o número de pessoas nas classes D e E, onde se concentram os mais vulneráveis, deve continuar crescendo em 2022 e perdendo renda, mesmo recebendo um benefício médio de R$300 do governo. Ou seja, o valor planejado para o Bolsa Família é pequeno perto do desafio eleitoral de Bolsonaro e de seus aliados.

Assim, não bastasse ser marcado por sinalizações contraditórias quanto ao rompimento do Teto de Gastos, este longo ano de negociações entre governo e Parlamento pode terminar com a formação de um novo consenso do sistema político que rejeite a austeridade e a liderança do setor privado.

Declínio de Paulo Guedes

Como efeito prático, o ocaso de Guedes deixaria ao investidor algumas opções. A primeira é acompanhar pacientemente os desdobramentos dos acontecimentos políticos na bolsa até a palavra final das urnas em 2022. Afinal, é alta a chance de um agente político mudar sua posição econômica de acordo com os distintos contextos que se apresentarão até lá.

A segunda é aceitar os riscos embutidos em uma virada heterodoxa da área econômica para tentar evitar a vitória eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. E a terceira é apostar todas as fichas em uma terceira via liberal que, por ora, tem baixa competitividade.

Coluna: Leopoldo Vieira

Arte: Vinicius Martins / Mover


DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.