IBOV

106.419,53 pts

-2,12%

SP500

4.582,55 pts

+0,17%

DJIA

35.815,67 pts

+0,16%

NASDAQ

15.598,28 pts

+0,25%

IFIX

2.693,64 pts

-0,53%

BRENT

US$ 85,56

-0,97%

IO62

¥ 707,00

+2,52%

TRAD3

R$ 5,39

-11,34%

ABEV3

R$ 15,16

-1,04%

AMER3

R$ 32,40

-6,60%

ASAI3

R$ 15,95

-1,23%

AZUL4

R$ 26,90

-8,50%

B3SA3

R$ 12,15

-5,95%

BIDI11

R$ 39,82

-5,48%

BBSE3

R$ 22,17

-1,37%

BRML3

R$ 6,97

-4,52%

BBDC3

R$ 17,28

-2,70%

BBDC4

R$ 20,29

-2,73%

BRAP4

R$ 51,89

-1,48%

BBAS3

R$ 29,20

-1,21%

BRKM5

R$ 57,03

+2,14%

BRFS3

R$ 20,98

-3,09%

BPAC11

R$ 22,56

-3,75%

CRFB3

R$ 17,07

-0,59%

CCRO3

R$ 11,42

-4,03%

CMIG4

R$ 13,37

-0,96%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

-6,50%

COGN3

R$ 2,51

-7,38%

CPLE6

R$ 6,07

-2,25%

CSAN3

R$ 20,72

-4,86%

CPFE3

R$ 25,80

+0,86%

CVCB3

R$ 16,91

-6,52%

CYRE3

R$ 14,61

-5,19%

ECOR3

R$ 8,50

-3,62%

ELET3

R$ 36,18

-1,09%

ELET6

R$ 35,90

-0,41%

EMBR3

R$ 23,17

-3,89%

ENBR3

R$ 19,67

+1,86%

ENGI11

R$ 40,42

-3,76%

ENEV3

R$ 14,07

-3,63%

EGIE3

R$ 38,51

-0,67%

EQTL3

R$ 23,91

-1,36%

EZTC3

R$ 18,63

-7,81%

FLRY3

R$ 19,73

-1,74%

GGBR4

R$ 28,05

+0,28%

GOAU4

R$ 13,04

+0,77%

GOLL4

R$ 16,18

-6,31%

NTCO3

R$ 40,56

-0,39%

HAPV3

R$ 11,53

-2,45%

HYPE3

R$ 28,02

-3,11%

IGTA3

R$ 29,11

-2,80%

GNDI3

R$ 65,29

-1,83%

IRBR3

R$ 4,86

-3,95%

ITSA4

R$ 10,47

-2,05%

ITUB4

R$ 23,74

-1,41%

JBSS3

R$ 36,89

-0,80%

JHSF3

R$ 5,26

-5,22%

KLBN11

R$ 23,87

-1,52%

RENT3

R$ 45,50

-6,60%

LCAM3

R$ 20,13

-6,76%

LWSA3

R$ 19,67

-6,19%

LAME4

R$ 5,14

-6,20%

LREN3

R$ 31,49

-4,37%

MGLU3

R$ 11,98

-3,38%

MRFG3

R$ 24,61

-0,88%

BEEF3

R$ 8,94

-3,66%

MRVE3

R$ 10,41

-4,14%

MULT3

R$ 17,30

-3,83%

PCAR3

R$ 25,93

-4,03%

PETR3

R$ 29,27

-1,24%

PETR4

R$ 28,76

-1,20%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,15

-1,20%

QUAL3

R$ 17,98

-2,17%

RADL3

R$ 22,06

-1,73%

RAIL3

R$ 16,29

-2,51%

SBSP3

R$ 35,56

-1,55%

SANB11

R$ 35,07

-1,65%

CSNA3

R$ 24,43

-6,47%

SULA11

R$ 25,48

-1,54%

SUZB3

R$ 50,45

-2,01%

TAEE11

R$ 36,72

-1,71%

VIVT3

R$ 44,79

-0,24%

TIMS3

R$ 11,58

-3,50%

TOTS3

R$ 33,40

-0,44%

UGPA3

R$ 13,23

-3,92%

USIM5

R$ 14,22

-3,33%

VALE3

R$ 76,18

-1,32%

VIIA3

R$ 6,66

-5,79%

WEGE3

R$ 39,66

-0,22%

YDUQ3

R$ 21,10

-5,46%

IBOV

106.419,53 pts

-2,12%

SP500

4.582,55 pts

+0,17%

DJIA

35.815,67 pts

+0,16%

NASDAQ

15.598,28 pts

+0,25%

IFIX

2.693,64 pts

-0,53%

BRENT

US$ 85,56

-0,97%

IO62

¥ 707,00

+2,52%

TRAD3

R$ 5,39

-11,34%

ABEV3

R$ 15,16

-1,04%

AMER3

R$ 32,40

-6,60%

ASAI3

R$ 15,95

-1,23%

AZUL4

R$ 26,90

-8,50%

B3SA3

R$ 12,15

-5,95%

BIDI11

R$ 39,82

-5,48%

BBSE3

R$ 22,17

-1,37%

BRML3

R$ 6,97

-4,52%

BBDC3

R$ 17,28

-2,70%

BBDC4

R$ 20,29

-2,73%

BRAP4

R$ 51,89

-1,48%

BBAS3

R$ 29,20

-1,21%

BRKM5

R$ 57,03

+2,14%

BRFS3

R$ 20,98

-3,09%

BPAC11

R$ 22,56

-3,75%

CRFB3

R$ 17,07

-0,59%

CCRO3

R$ 11,42

-4,03%

CMIG4

R$ 13,37

-0,96%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

-6,50%

COGN3

R$ 2,51

-7,38%

CPLE6

R$ 6,07

-2,25%

CSAN3

R$ 20,72

-4,86%

CPFE3

R$ 25,80

+0,86%

CVCB3

R$ 16,91

-6,52%

CYRE3

R$ 14,61

-5,19%

ECOR3

R$ 8,50

-3,62%

ELET3

R$ 36,18

-1,09%

ELET6

R$ 35,90

-0,41%

EMBR3

R$ 23,17

-3,89%

ENBR3

R$ 19,67

+1,86%

ENGI11

R$ 40,42

-3,76%

ENEV3

R$ 14,07

-3,63%

EGIE3

R$ 38,51

-0,67%

EQTL3

R$ 23,91

-1,36%

EZTC3

R$ 18,63

-7,81%

FLRY3

R$ 19,73

-1,74%

GGBR4

R$ 28,05

+0,28%

GOAU4

R$ 13,04

+0,77%

GOLL4

R$ 16,18

-6,31%

NTCO3

R$ 40,56

-0,39%

HAPV3

R$ 11,53

-2,45%

HYPE3

R$ 28,02

-3,11%

IGTA3

R$ 29,11

-2,80%

GNDI3

R$ 65,29

-1,83%

IRBR3

R$ 4,86

-3,95%

ITSA4

R$ 10,47

-2,05%

ITUB4

R$ 23,74

-1,41%

JBSS3

R$ 36,89

-0,80%

JHSF3

R$ 5,26

-5,22%

KLBN11

R$ 23,87

-1,52%

RENT3

R$ 45,50

-6,60%

LCAM3

R$ 20,13

-6,76%

LWSA3

R$ 19,67

-6,19%

LAME4

R$ 5,14

-6,20%

LREN3

R$ 31,49

-4,37%

MGLU3

R$ 11,98

-3,38%

MRFG3

R$ 24,61

-0,88%

BEEF3

R$ 8,94

-3,66%

MRVE3

R$ 10,41

-4,14%

MULT3

R$ 17,30

-3,83%

PCAR3

R$ 25,93

-4,03%

PETR3

R$ 29,27

-1,24%

PETR4

R$ 28,76

-1,20%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,15

-1,20%

QUAL3

R$ 17,98

-2,17%

RADL3

R$ 22,06

-1,73%

RAIL3

R$ 16,29

-2,51%

SBSP3

R$ 35,56

-1,55%

SANB11

R$ 35,07

-1,65%

CSNA3

R$ 24,43

-6,47%

SULA11

R$ 25,48

-1,54%

SUZB3

R$ 50,45

-2,01%

TAEE11

R$ 36,72

-1,71%

VIVT3

R$ 44,79

-0,24%

TIMS3

R$ 11,58

-3,50%

TOTS3

R$ 33,40

-0,44%

UGPA3

R$ 13,23

-3,92%

USIM5

R$ 14,22

-3,33%

VALE3

R$ 76,18

-1,32%

VIIA3

R$ 6,66

-5,79%

WEGE3

R$ 39,66

-0,22%

YDUQ3

R$ 21,10

-5,46%

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

Brasília, 22 de janeiro – A próxima semana será tensa na política, quando faltarão cerca de apenas dez dias para a escolha do novo comando do Senado e da Câmara, onde residirá o futuro da pauta econômica.

Nesta reta final, os candidatos mais competitivos estão inspirados, promovendo pautas avaliadas por analistas de mercado como populistas. O medo é que a falta de estratégia para a vacinação contra a Covid-19 e a pressão no Congresso por mais gastos, sob recrudescimento da pandemia, aumentem e estressem significativamente a renda fixa, variável e o câmbio.

A sucessão no Congresso passou a estar casada com o debate sobre soluções substitutas de ajuda emergencial e quanto à sustentabilidade do Teto de Gastos. Assim, o ritmo e a intensidade da imunização nacional seguem como o principal fator de risco político.

Todavia, após um susto inicial com os problemas que declarações ideológicas contra a China poderiam gerar para o plano de vacinação, na sexta-feira cresceram informações de que o Poder Executivo adotará um tom mais amigável em relação à participação da Huawei na tecnologia 5G.

Isso pode agilizar a importação de insumos para a produção de imunizantes. Estão sendo relevantes os serviços prestados nesta articulação pelo ex-presidente Michel Temer e pelo vice-presidente Hamilton Mourão, de acordo com fontes próximas à embaixada da China.

 

Política fiscal no Congresso

 

No Senado, até a semana passada, a agenda fiscal era um não-assunto, porém agora ela passou a ser o tema dominante, mas com viés negativo. Para o nome considerado favorito para suceder Davi Alcolumbre (DEM-AP), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), premissas econômicas terão que ser sacrificadas para que alguma forma de socorro seja mantida, apesar de o Teto ser uma medida importante. O candidato reconheceu foco nas privatizações, mas não a da Eletrobras.

No entanto, para agências, ele afirmou que o crescimento econômico passa por um ambiente de credibilidade que exige aprovação de medidas de ajuste fiscal e das Reformas Tributária e Administrativa. Neste complexo tabuleiro, Alcolumbre quer ser vice-presidente do Senado ou ministro de Bolsonaro.

Na Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL), que disputa a presidência da Casa com apoio do Planalto, disse no Twitter que qualquer discussão sobre eventual auxílio adicional deve ser feita de forma responsável e acompanhada do aprofundamento de reformas que viabilizem a consistência fiscal de médio e longo prazos no Brasil.

A manifestação do parlamentar visou acalmar os mercados, que reagiram com preocupação à fala dele em evento em São Paulo, na qual defendeu que se houver nova edição do auxílio ela deverá ser desenhada de forma que o mercado financeiro possa “suportar”.

No mapa da Eurasia Group, Lira é o favorito para suceder Rodrigo Maia (DEM-RJ) e, conforme contas do Valor, venceria seu oponente, Baleia Rossi (MDB-AP), por 259 a 236 votos. Um desfecho em aberto, haja vista a estreita margem entre ambos e a tênue diferença que o homem-forte do Centrão possui em relação aos 257 votos exigidos para se eleger.

Tanto Lira quanto Rossi se dizem comprometidos com o Teto, entretanto o segundo tem dívidas com a esquerda para pautar uma solução para o fim do chamado coronavoucher se o governo não apresentar uma proposta definitiva.

Além disso, a estratégia de Lira é votar, antes de criar um novo benefício social, a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial e o Orçamento para 2021. Sem falar que o ministro da Economia, Paulo Guedes, sustenta publicamente que Lira é o nome capaz de levar adiante as privatizações.

Em entrevista exclusiva à TC Mover, o analista sênior da Eurasia no Brasil, Silvio Cascione, projetou que o Teto de Gastos deve ser preservado como âncora fiscal independentemente de quem vença na Câmara e que as reformas dependerão do quanto a pandemia dominará o assunto político.

Arte: Vinícius Martins/TC

 

 

DISCLAIMER: As informações disponibilizadas na coluna são meramente opiniões do COLUNISTA na data em que foram expressas e não declarações de fatos ou recomendações para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários, ou ainda, qualquer recomendação de investimento.

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.