0

Bitcoin derrete mais de 10% em 24 horas, abaixo dos US$30 mil

criptoativos

Bitcoin derrete mais de 10% em 24 horas, abaixo dos US$30 mil

Os temores do mercado com o aperto monetário nos EUA e com a inflação alta, e as desconfianças com as stablecoins, afetam o Bitcoin

Bitcoin derrete mais de 10% em 24 horas, abaixo dos US$30 mil
stefanie-rigamonti

Atualizado há 4 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 12 de maio – O Bitcoin estende as perdas da véspera na manhã desta quinta-feira e cai mais de 10%, abaixo do patamar dos US$30 mil, acompanhando as quedas nos ativos de risco após os dados de inflação nos Estados Unidos virem acima das projeções e com o pessimismo do mercado em relação às stablecoins.

Perto das 7h45, o Bitcoin recuava 12,13% nas últimas 24 horas na Coinbase, cotado a US$28.036, no menor patamar desde dezembro de 2020. No ano, o ativo acumula queda de mais de 39%.

Desde a semana passada, após a decisão do Federal Reserve, banco central americano, de aumentar a taxa básica de juros dos Estados Unidos em 50 pontos-base, elevação mais agressiva em 22 anos, o Bitcoin tem sido penalizado junto com outros criptoativos.

Os temores dos investidores em relação às moedas digitais pioraram ainda mais na última quarta-feira, após a divulgação de dados da inflação ao consumidor americano, que superaram as expectativas do mercado. Em 12 meses, o índice atingiu 8,30%, uma desaceleração de 0,2 pontos percentuais ante março, mas se mantendo no patamar recorde de 40 anos.

Além disso, o pessimismo em relação às stablecoins, criptoativos pareados com uma moeda do mundo real, também está afetando a cotação do Bitcoin. Como o próprio nome diz, as stablecoins deveriam ser mais estáveis na flutuação de preços, já que possuem esse lastro. Contudo, a UST, stablecoin da rede Terra, está com dificuldades de manter sua indexação ao dólar, o que está afetando a confiança dos investidores em relação aos ativos digitais como um todo.

A UST era a terceira maior stablecoin, mas agora está se reduzindo a pó, acumulando queda de 55% em uma semana. O Do Kwon, criador do criptoativo e que é da Luna Foundation, entidade que trabalha para manter a paridade da $UST ao dólar, afirmou ontem que o preço pode continuar instável até que a pressão vendedora diminua e o ativo consiga retornar a US$1.

A stablecoin tem um algorítimo que ajuda a manter sua paridade com o dólar, mas ele não está funcionando com essa forte pressão vendedora.

Texto: Stéfanie Rigamonti
Colaboração: Nicolas Nogueira
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.