IBOV

110.203,77 pts

+2,10%

SP500

4.327,89 pts

-1,86%

DJIA

34.148,44 pts

-0,63%

NASDAQ

13.992,34 pts

-3,56%

IFIX

2.792,61 pts

-0,25%

BRENT

US$ 87,86

+1,84%

IO62

¥ 760,50

+1,33%

TRAD3

R$ 4,41

-3,08%

ABEV3

R$ 15,07

+2,51%

AMER3

R$ 35,30

+3,00%

ASAI3

R$ 12,30

+2,15%

AZUL4

R$ 26,92

+1,85%

B3SA3

R$ 13,32

+1,99%

BIDI11

R$ 23,71

+1,10%

BBSE3

R$ 21,13

+0,95%

BRML3

R$ 9,28

+2,99%

BBDC3

R$ 18,24

+3,46%

BBDC4

R$ 22,15

+3,99%

BRAP4

R$ 27,10

+0,93%

BBAS3

R$ 32,16

+2,58%

BRKM5

R$ 49,88

-0,14%

BRFS3

R$ 23,25

-0,89%

BPAC11

R$ 22,58

+4,78%

CRFB3

R$ 15,46

+3,41%

CCRO3

R$ 12,15

+0,99%

CMIG4

R$ 12,97

+1,17%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,18

+6,34%

COGN3

R$ 2,47

+3,78%

CPLE6

R$ 6,93

+2,97%

CSAN3

R$ 21,96

+1,43%

CPFE3

R$ 28,19

+3,07%

CVCB3

R$ 12,92

+1,73%

CYRE3

R$ 16,33

+5,42%

ECOR3

R$ 7,52

+2,31%

ELET3

R$ 34,03

+2,16%

ELET6

R$ 33,33

+1,27%

EMBR3

R$ 20,76

+0,58%

ENBR3

R$ 21,45

+1,27%

ENGI11

R$ 42,14

+2,58%

ENEV3

R$ 12,89

+1,09%

EGIE3

R$ 39,39

+0,43%

EQTL3

R$ 22,18

+1,93%

EZTC3

R$ 20,65

+4,34%

FLRY3

R$ 19,04

+3,36%

GGBR4

R$ 27,39

-1,47%

GOAU4

R$ 11,47

-0,52%

GOLL4

R$ 16,84

+2,55%

NTCO3

R$ 23,24

+0,34%

HAPV3

R$ 12,02

+5,99%

HYPE3

R$ 29,46

+1,37%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 69,30

+5,00%

IRBR3

R$ 3,28

+3,79%

ITSA4

R$ 9,74

+2,52%

ITUB4

R$ 24,11

+3,61%

JBSS3

R$ 36,14

+0,61%

JHSF3

R$ 5,82

+6,20%

KLBN11

R$ 24,13

-0,70%

RENT3

R$ 55,75

+3,97%

LCAM3

R$ 24,82

+3,80%

LWSA3

R$ 9,09

+6,44%

6,56

+0,30%

LREN3

R$ 27,01

+4,36%

MGLU3

R$ 6,72

+5,16%

MRFG3

R$ 23,63

+0,59%

BEEF3

R$ 9,74

+0,10%

MRVE3

R$ 12,53

+4,59%

MULT3

R$ 20,41

+3,70%

PCAR3

R$ 21,35

+1,90%

PETR3

R$ 35,80

+3,31%

PETR4

R$ 32,99

+3,25%

VBBR3

21,54

+2,47%

PRIO3

R$ 23,88

+3,06%

QUAL3

R$ 17,45

+7,51%

RADL3

R$ 21,60

+2,85%

RAIL3

R$ 16,82

+1,14%

SBSP3

R$ 35,64

+0,53%

SANB11

R$ 33,13

+6,25%

CSNA3

R$ 25,41

-2,04%

SULA11

R$ 24,16

+4,45%

SUZB3

R$ 56,71

-2,59%

TAEE11

R$ 38,19

+0,55%

VIVT3

R$ 48,45

+0,77%

TIMS3

R$ 12,97

+1,17%

TOTS3

R$ 26,38

+2,04%

UGPA3

R$ 14,01

+4,08%

USIM5

R$ 16,16

-0,49%

VALE3

R$ 84,06

+0,22%

VIIA3

R$ 4,35

+3,08%

WEGE3

R$ 30,20

+1,00%

YDUQ3

R$ 20,78

+6,02%

IBOV

110.203,77 pts

+2,10%

SP500

4.327,89 pts

-1,86%

DJIA

34.148,44 pts

-0,63%

NASDAQ

13.992,34 pts

-3,56%

IFIX

2.792,61 pts

-0,25%

BRENT

US$ 87,86

+1,84%

IO62

¥ 760,50

+1,33%

TRAD3

R$ 4,41

-3,08%

ABEV3

R$ 15,07

+2,51%

AMER3

R$ 35,30

+3,00%

ASAI3

R$ 12,30

+2,15%

AZUL4

R$ 26,92

+1,85%

B3SA3

R$ 13,32

+1,99%

BIDI11

R$ 23,71

+1,10%

BBSE3

R$ 21,13

+0,95%

BRML3

R$ 9,28

+2,99%

BBDC3

R$ 18,24

+3,46%

BBDC4

R$ 22,15

+3,99%

BRAP4

R$ 27,10

+0,93%

BBAS3

R$ 32,16

+2,58%

BRKM5

R$ 49,88

-0,14%

BRFS3

R$ 23,25

-0,89%

BPAC11

R$ 22,58

+4,78%

CRFB3

R$ 15,46

+3,41%

CCRO3

R$ 12,15

+0,99%

CMIG4

R$ 12,97

+1,17%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,18

+6,34%

COGN3

R$ 2,47

+3,78%

CPLE6

R$ 6,93

+2,97%

CSAN3

R$ 21,96

+1,43%

CPFE3

R$ 28,19

+3,07%

CVCB3

R$ 12,92

+1,73%

CYRE3

R$ 16,33

+5,42%

ECOR3

R$ 7,52

+2,31%

ELET3

R$ 34,03

+2,16%

ELET6

R$ 33,33

+1,27%

EMBR3

R$ 20,76

+0,58%

ENBR3

R$ 21,45

+1,27%

ENGI11

R$ 42,14

+2,58%

ENEV3

R$ 12,89

+1,09%

EGIE3

R$ 39,39

+0,43%

EQTL3

R$ 22,18

+1,93%

EZTC3

R$ 20,65

+4,34%

FLRY3

R$ 19,04

+3,36%

GGBR4

R$ 27,39

-1,47%

GOAU4

R$ 11,47

-0,52%

GOLL4

R$ 16,84

+2,55%

NTCO3

R$ 23,24

+0,34%

HAPV3

R$ 12,02

+5,99%

HYPE3

R$ 29,46

+1,37%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 69,30

+5,00%

IRBR3

R$ 3,28

+3,79%

ITSA4

R$ 9,74

+2,52%

ITUB4

R$ 24,11

+3,61%

JBSS3

R$ 36,14

+0,61%

JHSF3

R$ 5,82

+6,20%

KLBN11

R$ 24,13

-0,70%

RENT3

R$ 55,75

+3,97%

LCAM3

R$ 24,82

+3,80%

LWSA3

R$ 9,09

+6,44%

6,56

+0,30%

LREN3

R$ 27,01

+4,36%

MGLU3

R$ 6,72

+5,16%

MRFG3

R$ 23,63

+0,59%

BEEF3

R$ 9,74

+0,10%

MRVE3

R$ 12,53

+4,59%

MULT3

R$ 20,41

+3,70%

PCAR3

R$ 21,35

+1,90%

PETR3

R$ 35,80

+3,31%

PETR4

R$ 32,99

+3,25%

VBBR3

21,54

+2,47%

PRIO3

R$ 23,88

+3,06%

QUAL3

R$ 17,45

+7,51%

RADL3

R$ 21,60

+2,85%

RAIL3

R$ 16,82

+1,14%

SBSP3

R$ 35,64

+0,53%

SANB11

R$ 33,13

+6,25%

CSNA3

R$ 25,41

-2,04%

SULA11

R$ 24,16

+4,45%

SUZB3

R$ 56,71

-2,59%

TAEE11

R$ 38,19

+0,55%

VIVT3

R$ 48,45

+0,77%

TIMS3

R$ 12,97

+1,17%

TOTS3

R$ 26,38

+2,04%

UGPA3

R$ 14,01

+4,08%

USIM5

R$ 16,16

-0,49%

VALE3

R$ 84,06

+0,22%

VIIA3

R$ 4,35

+3,08%

WEGE3

R$ 30,20

+1,00%

YDUQ3

R$ 20,78

+6,02%

nicolas-meireles-nogueira

Atualizado há 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 26 de novembro – Para Andrew Bailey, presidente do banco central da Inglaterra, o Bitcoin é extremamente volátil e não serve como moeda de curso legal, conforme disse ontem em palestra na Universidade de Cambridge, referindo-se à situação de El Salvador.

“Me preocupa o fato de um país adotar [o Bitcoin] como moeda nacional”, disse ele, que também mencionou o alerta feito nesta semana pelo Fundo Monetário Internacional. A entidade vê “riscos significativos” para o país, que tornou o ativo uma moeda legal em 7 de setembro.

Na visão de Bailey, os ativos digitais não são estáveis o suficiente para serem utilizados para pagamentos. O Banco da Inglaterra estuda adotar uma CBDC, moeda digital emitida por banco central.

Depreciação do dólar favorece criptomoedas

A depreciação do dólar no exterior, inclusive diante de outras moedas como o euro, por conta do forte aumento do déficit público americano com os gastos para conter o coronavírus, favorecem as criptomoedas. Elas são vistas como uma alternativa para proteção do valor real do dinheiro. Assim, em caso de uma forte alta da inflação nos países desenvolvidos, que desvalorizaria as moedas, as criptomoedas se valorizariam.

A alta do dólar em relação ao real, por sua vez, amplia a alta dos criptoativos no Brasil. Há aumento dos investimentos em criptomoedas por parte de empresas, afirma Beibei Liu, presidente da NovaDAX, bolsa das moedas digitais.

Fabrício Tota, diretor da Mercado Bitcoin, considera que, mesmo com o crescimento dos investimentos, o Bitcoin continuará com alta volatilidade. Mas a tendência, segundo ele, é que a alta na adesão transforme a criptomoeda em um ativo convencional no futuro.

Riscos de investir em Bitcoin

Apesar da atratividade e de sua crescente demanda, o Bitcoin possui muita volatilidade. Sua cotação tem grandes flutuações em curtos períodos de tempo, parte do motivo de ainda não ter decolado como meio de pagamento global. Algumas corporações, porém, passaram a aceitar e investir em criptomoedas neste ano.

Além disso, os movimentos erráticos de mercado, a possibilidade de roubo de registros de criptomoedas por hackers e a suspeita de manipulação de mercado também fazem parte do risco do investimento.

Muitas operações envolvendo criptomoedas são realizadas de forma não regulamentada, com riscos operacionais e regulatórios. É possível encontrar diversos casos em que o dinheiro simplesmente some, é roubado por um hacker ou o investidor sofre um golpe financeiro.

Por outro lado, o risco de controle da moeda por meio do governo com medidas regulatórias ao passo que as criptomoedas ganham notoriedade pode afastar investidores.

O que é Bitcoin?

O Bitcoin foi criado em 2009, sendo a primeira criptomoeda. A moeda virtual foi criada para o envio e recebimento de valores online sem limitações de território ou quantia. Ela pode ser usada também como reserva de valor e é independente do atual mercado financeiro.

Com a crescente demanda, foram criados os fundos das criptomoedas, com o objetivo de diversificar a carteira e atrair mais investidores. O primeiro registrado na bolsa brasileira foi o HASH11, amplamente baseado no Bitcoin e no Ethereum, além de conter a Stellar, o Litecoin, o Bitcoin Cash e o Chainlink.Para entender mais, leia o artigo sobre Bitcoin da TC School.

Texto: Nicolas Nogueira
Edição: Lucia Boldrini e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.