IBOV

106.296,18 pts

-1,20%

SP500

4.537,99 pts

-0,02%

DJIA

35.618,29 pts

+0,11%

NASDAQ

15.336,93 pts

-0,45%

IFIX

2.712,38 pts

-0,46%

BRENT

US$ 85,68

+1,37%

IO62

¥ 708,00

+5,27%

TRAD3

R$ 6,30

-8,56%

ABEV3

R$ 15,00

-0,72%

AMER3

R$ 33,72

-4,36%

ASAI3

R$ 16,11

-1,52%

AZUL4

R$ 29,19

-2,27%

B3SA3

R$ 12,62

-2,69%

BIDI11

R$ 40,14

-6,10%

BBSE3

R$ 21,67

+0,97%

BRML3

R$ 7,18

-5,65%

BBDC3

R$ 17,41

-3,75%

BBDC4

R$ 20,45

-3,80%

BRAP4

R$ 51,50

+1,61%

BBAS3

R$ 28,91

-3,14%

BRKM5

R$ 54,87

-3,65%

BRFS3

R$ 22,01

-2,99%

BPAC11

R$ 22,82

-1,76%

CRFB3

R$ 16,83

-0,53%

CCRO3

R$ 11,53

-3,43%

CMIG4

R$ 13,37

-2,62%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,36

+0,42%

COGN3

R$ 2,62

-4,37%

CPLE6

R$ 6,18

-2,83%

CSAN3

R$ 20,92

-1,04%

CPFE3

R$ 25,15

-1,10%

CVCB3

R$ 17,10

-2,95%

CYRE3

R$ 15,18

-2,31%

ECOR3

R$ 8,29

-6,64%

ELET3

R$ 35,47

-1,90%

ELET6

R$ 35,06

-2,47%

EMBR3

R$ 24,25

+0,83%

ENBR3

R$ 19,03

-0,78%

ENGI11

R$ 41,55

-2,55%

ENEV3

R$ 14,00

-3,44%

EGIE3

R$ 37,87

-1,63%

EQTL3

R$ 23,14

-3,26%

EZTC3

R$ 19,78

-4,39%

FLRY3

R$ 19,50

-2,20%

GGBR4

R$ 26,73

+0,48%

GOAU4

R$ 12,27

+1,65%

GOLL4

R$ 17,08

-3,28%

NTCO3

R$ 39,88

+1,03%

HAPV3

R$ 11,67

+0,25%

HYPE3

R$ 27,96

-1,72%

IGTA3

R$ 28,62

-3,37%

GNDI3

R$ 65,74

+0,61%

IRBR3

R$ 5,01

-0,39%

ITSA4

R$ 10,53

-2,59%

ITUB4

R$ 23,54

-4,23%

JBSS3

R$ 37,32

-0,13%

JHSF3

R$ 5,38

-3,41%

KLBN11

R$ 24,20

+7,65%

RENT3

R$ 47,85

-2,88%

LCAM3

R$ 21,00

-2,86%

LWSA3

R$ 20,18

-7,64%

LAME4

R$ 5,41

-3,90%

LREN3

R$ 32,05

-3,63%

MGLU3

R$ 12,42

+0,56%

MRFG3

R$ 25,12

+0,19%

BEEF3

R$ 9,30

-0,10%

MRVE3

R$ 10,54

-1,49%

MULT3

R$ 17,57

-3,24%

PCAR3

R$ 26,31

-4,98%

PETR3

R$ 27,90

-1,37%

PETR4

R$ 27,18

-0,54%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 26,48

+1,10%

QUAL3

R$ 18,30

+2,63%

RADL3

R$ 21,57

+1,45%

RAIL3

R$ 16,58

+1,71%

SBSP3

R$ 35,68

-2,21%

SANB11

R$ 35,29

-1,03%

CSNA3

R$ 25,09

+0,44%

SULA11

R$ 25,58

+0,15%

SUZB3

R$ 52,80

+7,60%

TAEE11

R$ 36,82

-1,41%

VIVT3

R$ 44,56

-1,28%

TIMS3

R$ 11,87

-0,50%

TOTS3

R$ 31,88

-1,75%

UGPA3

R$ 13,50

-3,43%

USIM5

R$ 14,35

+1,48%

VALE3

R$ 76,08

+1,43%

VIIA3

R$ 7,01

+0,56%

WEGE3

R$ 38,89

-0,91%

YDUQ3

R$ 22,65

-5,74%

IBOV

106.296,18 pts

-1,20%

SP500

4.537,99 pts

-0,02%

DJIA

35.618,29 pts

+0,11%

NASDAQ

15.336,93 pts

-0,45%

IFIX

2.712,38 pts

-0,46%

BRENT

US$ 85,68

+1,37%

IO62

¥ 708,00

+5,27%

TRAD3

R$ 6,30

-8,56%

ABEV3

R$ 15,00

-0,72%

AMER3

R$ 33,72

-4,36%

ASAI3

R$ 16,11

-1,52%

AZUL4

R$ 29,19

-2,27%

B3SA3

R$ 12,62

-2,69%

BIDI11

R$ 40,14

-6,10%

BBSE3

R$ 21,67

+0,97%

BRML3

R$ 7,18

-5,65%

BBDC3

R$ 17,41

-3,75%

BBDC4

R$ 20,45

-3,80%

BRAP4

R$ 51,50

+1,61%

BBAS3

R$ 28,91

-3,14%

BRKM5

R$ 54,87

-3,65%

BRFS3

R$ 22,01

-2,99%

BPAC11

R$ 22,82

-1,76%

CRFB3

R$ 16,83

-0,53%

CCRO3

R$ 11,53

-3,43%

CMIG4

R$ 13,37

-2,62%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,36

+0,42%

COGN3

R$ 2,62

-4,37%

CPLE6

R$ 6,18

-2,83%

CSAN3

R$ 20,92

-1,04%

CPFE3

R$ 25,15

-1,10%

CVCB3

R$ 17,10

-2,95%

CYRE3

R$ 15,18

-2,31%

ECOR3

R$ 8,29

-6,64%

ELET3

R$ 35,47

-1,90%

ELET6

R$ 35,06

-2,47%

EMBR3

R$ 24,25

+0,83%

ENBR3

R$ 19,03

-0,78%

ENGI11

R$ 41,55

-2,55%

ENEV3

R$ 14,00

-3,44%

EGIE3

R$ 37,87

-1,63%

EQTL3

R$ 23,14

-3,26%

EZTC3

R$ 19,78

-4,39%

FLRY3

R$ 19,50

-2,20%

GGBR4

R$ 26,73

+0,48%

GOAU4

R$ 12,27

+1,65%

GOLL4

R$ 17,08

-3,28%

NTCO3

R$ 39,88

+1,03%

HAPV3

R$ 11,67

+0,25%

HYPE3

R$ 27,96

-1,72%

IGTA3

R$ 28,62

-3,37%

GNDI3

R$ 65,74

+0,61%

IRBR3

R$ 5,01

-0,39%

ITSA4

R$ 10,53

-2,59%

ITUB4

R$ 23,54

-4,23%

JBSS3

R$ 37,32

-0,13%

JHSF3

R$ 5,38

-3,41%

KLBN11

R$ 24,20

+7,65%

RENT3

R$ 47,85

-2,88%

LCAM3

R$ 21,00

-2,86%

LWSA3

R$ 20,18

-7,64%

LAME4

R$ 5,41

-3,90%

LREN3

R$ 32,05

-3,63%

MGLU3

R$ 12,42

+0,56%

MRFG3

R$ 25,12

+0,19%

BEEF3

R$ 9,30

-0,10%

MRVE3

R$ 10,54

-1,49%

MULT3

R$ 17,57

-3,24%

PCAR3

R$ 26,31

-4,98%

PETR3

R$ 27,90

-1,37%

PETR4

R$ 27,18

-0,54%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 26,48

+1,10%

QUAL3

R$ 18,30

+2,63%

RADL3

R$ 21,57

+1,45%

RAIL3

R$ 16,58

+1,71%

SBSP3

R$ 35,68

-2,21%

SANB11

R$ 35,29

-1,03%

CSNA3

R$ 25,09

+0,44%

SULA11

R$ 25,58

+0,15%

SUZB3

R$ 52,80

+7,60%

TAEE11

R$ 36,82

-1,41%

VIVT3

R$ 44,56

-1,28%

TIMS3

R$ 11,87

-0,50%

TOTS3

R$ 31,88

-1,75%

UGPA3

R$ 13,50

-3,43%

USIM5

R$ 14,35

+1,48%

VALE3

R$ 76,08

+1,43%

VIIA3

R$ 7,01

+0,56%

WEGE3

R$ 38,89

-0,91%

YDUQ3

R$ 22,65

-5,74%

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 6 de julho – O Ethereum superou o Bitcoin e se tornou a criptomoeda com o maior número de endereços ativos da atualidade, atestando o crescimento da sua popularidade como tecnologia-base da maioria dos tokens das finanças descentralizadas, dos contratos inteligentes e dos tokens não-fungíveis, NFTs.

O Ethereum tinha 766.519 endereços ativos nas últimas 24 horas, ou 33,80% de todos os endereços do mercado dos criptoativos. Enquanto isso, o Bitcoin tinha 721.194 endereços ativos no mesmo período, ou 31,80% do total, segundo o BitInfoCharts.

Bitcoin ainda é o criptoativo com maior valor de mercado, com capitalização de US$638 bilhões

O Bitcoin continua sendo o criptoativo com o maior valor de mercado da atualidade, com uma capitalização de US$638 bilhões. O Ethereum vem na sequência, com a capitalização de US$267 bilhões, o que é apenas 41,80% do montante representado pelo Bitcoin.

Arte: TC Mover

A vantagem do Ethereum é a sua utilização multifacetada no mercado DeFi e dos NFTs, além da possibilidade de criação de contratos inteligentes e das transações com a moeda nativa, o ether.

Por outro lado, o Bitcoin vem se consolidando como uma alternativa de reserva de valor, já que foi a primeira criptomoeda da história e possui emissão bastante limitada.

Rede do Ethereum deve passar por atualização importante no processo de mineração

A rede do Ethereum pode passar por uma atualização importante em menos de um mês, em um passo importante para a transição do mecanismo de consenso e o consequente fim da mineração do criptoativo. O desenvolvedor do ativo, Tim Beiko, propôs que a atualização “London” entre em vigor no dia 4 de agosto, no bloco 12.965.000. Atualmente, a blockchain está no bloco 12.775.000. A decisão será tomada numa reunião de desenvolvedores que vai acontecer na próxima sexta-feira, 9.

Uma das principais características dessa atualização será a de adiar a “bomba de mineração do Ethereum”, que vai tornar os blocos de Ethereum mais difíceis de minerar para que seja possível a transição da prova de trabalho, que é semelhante ao mecanismo do Bitcoin, para a prova de participação.

A prova de trabalho requer esforço computacional para a mineração dos blocos, o que resulta em um alto gasto de energia elétrica. Contudo, quando a prova de participação entrar em vigor, os blocos serão “minerados” por participantes que delegarem 32 ETH para a atividade, mudando o foco da atividade e evitando o gasto de energia.

Riscos de investir em criptomoedas

Apesar da atratividade e de sua crescente demanda, o Ethereum e outras criptomoedas possuem muita volatilidade. Suas cotações têm grandes flutuações em curtos períodos de tempo, parte do motivo de ainda não terem decolado como meio de pagamento global. Além disso, os movimentos erráticos de mercado, a possibilidade de roubo de registros de criptomoedas por hackers e a suspeita de manipulação de mercado também fazem parte do risco do investimento.

Muitas operações envolvendo criptomoedas são realizadas de forma não regulamentada, com riscos operacionais e regulatórios. É possível encontrar diversos casos em que o dinheiro simplesmente some, é roubado por um hacker ou o investidor sofre um golpe financeiro.

Por outro lado, o risco de controle da moeda por meio do governo com medidas regulatórias ao passo que as criptomoedas ganham notoriedade pode afastar investidores.

O que é o Ethereum?

O Ethereum foi idealizado em 2013 por Vitalik Buterin, e lançado oficialmente para o público em 2015. A ideia era criar um blockchain semelhante ao Bitcoin, mas ao invés de apenas transações de carteiras para carteiras, o novo blockchain permitiria também transações de carteiras para contratos inteligentes. Ou seja, usa a tecnologia para criar contratos virtuais para pagamentos, compras e vendas. Nesse sentido, além de poder ser utilizado como uma moeda digital, a tecnologia do Ethereum permite a negociação de outros criptoativos, incluindo o Bitcoin. Saiba mais sobre o assunto no artigo do TC School.

Texto: Nicolas Nogueira
Edição: Guilherme Dogo e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Itaú BBA vê Lojas Renner e Guararapes se destacando

Chorão descarta greve de caminhoneiros por preço do diesel

Minerva reabre bônus em dólares de dez anos, dizem fontes

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.