IBOV

108.383,15 pts

+1,96%

SP500

4.569,21 pts

+0,54%

DJIA

35.762,69 pts

+0,24%

NASDAQ

15.512,60 pts

+1,03%

IFIX

2.714,12 pts

+0,06%

BRENT

US$ 85,71

+0,21%

IO62

¥ 689,50

-0,57%

TRAD3

R$ 6,25

-0,79%

ABEV3

R$ 15,34

+2,26%

AMER3

R$ 33,99

+0,80%

ASAI3

R$ 15,92

-1,17%

AZUL4

R$ 29,27

+0,27%

B3SA3

R$ 12,96

+2,69%

BIDI11

R$ 42,69

+6,35%

BBSE3

R$ 22,59

+4,24%

BRML3

R$ 7,25

+0,97%

BBDC3

R$ 17,70

+1,66%

BBDC4

R$ 20,74

+1,41%

BRAP4

R$ 52,48

+1,90%

BBAS3

R$ 29,41

+1,73%

BRKM5

R$ 56,01

+2,07%

BRFS3

R$ 21,46

-2,49%

BPAC11

R$ 23,39

+2,49%

CRFB3

R$ 17,24

+2,43%

CCRO3

R$ 11,87

+2,94%

CMIG4

R$ 13,53

+1,19%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,43

+2,96%

COGN3

R$ 2,70

+3,05%

CPLE6

R$ 6,20

+0,32%

CSAN3

R$ 21,67

+3,58%

CPFE3

R$ 25,61

+1,82%

CVCB3

R$ 18,21

+6,49%

CYRE3

R$ 15,35

+1,12%

ECOR3

R$ 8,78

+5,91%

ELET3

R$ 36,85

+3,89%

ELET6

R$ 36,44

+3,93%

EMBR3

R$ 24,05

-0,82%

ENBR3

R$ 19,24

+1,10%

ENGI11

R$ 42,00

+1,08%

ENEV3

R$ 14,59

+4,21%

EGIE3

R$ 38,75

+2,32%

EQTL3

R$ 23,96

+3,54%

EZTC3

R$ 19,80

+0,10%

FLRY3

R$ 20,28

+4,00%

GGBR4

R$ 27,43

+2,61%

GOAU4

R$ 12,69

+3,42%

GOLL4

R$ 17,40

+1,87%

NTCO3

R$ 40,41

+1,32%

HAPV3

R$ 11,90

+2,49%

HYPE3

R$ 29,04

+3,86%

IGTA3

R$ 29,63

+3,52%

GNDI3

R$ 67,30

+2,37%

IRBR3

R$ 5,07

+1,19%

ITSA4

R$ 10,67

+1,33%

ITUB4

R$ 23,85

+1,31%

JBSS3

R$ 36,86

-1,23%

JHSF3

R$ 5,55

+3,16%

KLBN11

R$ 23,80

-1,65%

RENT3

R$ 49,10

+2,61%

LCAM3

R$ 21,75

+3,57%

LWSA3

R$ 20,98

+3,96%

LAME4

R$ 5,45

+0,73%

LREN3

R$ 32,91

+2,68%

MGLU3

R$ 12,45

+0,24%

MRFG3

R$ 24,77

-1,39%

BEEF3

R$ 9,20

-1,07%

MRVE3

R$ 10,82

+2,65%

MULT3

R$ 17,96

+2,22%

PCAR3

R$ 26,90

+2,24%

PETR3

R$ 28,99

+3,90%

PETR4

R$ 28,39

+4,45%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,21

+2,75%

QUAL3

R$ 18,44

+0,76%

RADL3

R$ 22,39

+3,80%

RAIL3

R$ 16,76

+1,08%

SBSP3

R$ 36,26

+1,62%

SANB11

R$ 35,64

+0,99%

CSNA3

R$ 25,67

+2,31%

SULA11

R$ 26,25

+2,45%

SUZB3

R$ 51,23

-2,97%

TAEE11

R$ 37,45

+1,71%

VIVT3

R$ 44,84

+0,62%

TIMS3

R$ 11,95

+0,67%

TOTS3

R$ 34,00

+6,65%

UGPA3

R$ 13,74

+1,77%

USIM5

R$ 14,64

+2,02%

VALE3

R$ 76,67

+0,77%

VIIA3

R$ 7,14

+2,43%

WEGE3

R$ 39,83

+2,41%

YDUQ3

R$ 22,54

-0,48%

IBOV

108.383,15 pts

+1,96%

SP500

4.569,21 pts

+0,54%

DJIA

35.762,69 pts

+0,24%

NASDAQ

15.512,60 pts

+1,03%

IFIX

2.714,12 pts

+0,06%

BRENT

US$ 85,71

+0,21%

IO62

¥ 689,50

-0,57%

TRAD3

R$ 6,25

-0,79%

ABEV3

R$ 15,34

+2,26%

AMER3

R$ 33,99

+0,80%

ASAI3

R$ 15,92

-1,17%

AZUL4

R$ 29,27

+0,27%

B3SA3

R$ 12,96

+2,69%

BIDI11

R$ 42,69

+6,35%

BBSE3

R$ 22,59

+4,24%

BRML3

R$ 7,25

+0,97%

BBDC3

R$ 17,70

+1,66%

BBDC4

R$ 20,74

+1,41%

BRAP4

R$ 52,48

+1,90%

BBAS3

R$ 29,41

+1,73%

BRKM5

R$ 56,01

+2,07%

BRFS3

R$ 21,46

-2,49%

BPAC11

R$ 23,39

+2,49%

CRFB3

R$ 17,24

+2,43%

CCRO3

R$ 11,87

+2,94%

CMIG4

R$ 13,53

+1,19%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,43

+2,96%

COGN3

R$ 2,70

+3,05%

CPLE6

R$ 6,20

+0,32%

CSAN3

R$ 21,67

+3,58%

CPFE3

R$ 25,61

+1,82%

CVCB3

R$ 18,21

+6,49%

CYRE3

R$ 15,35

+1,12%

ECOR3

R$ 8,78

+5,91%

ELET3

R$ 36,85

+3,89%

ELET6

R$ 36,44

+3,93%

EMBR3

R$ 24,05

-0,82%

ENBR3

R$ 19,24

+1,10%

ENGI11

R$ 42,00

+1,08%

ENEV3

R$ 14,59

+4,21%

EGIE3

R$ 38,75

+2,32%

EQTL3

R$ 23,96

+3,54%

EZTC3

R$ 19,80

+0,10%

FLRY3

R$ 20,28

+4,00%

GGBR4

R$ 27,43

+2,61%

GOAU4

R$ 12,69

+3,42%

GOLL4

R$ 17,40

+1,87%

NTCO3

R$ 40,41

+1,32%

HAPV3

R$ 11,90

+2,49%

HYPE3

R$ 29,04

+3,86%

IGTA3

R$ 29,63

+3,52%

GNDI3

R$ 67,30

+2,37%

IRBR3

R$ 5,07

+1,19%

ITSA4

R$ 10,67

+1,33%

ITUB4

R$ 23,85

+1,31%

JBSS3

R$ 36,86

-1,23%

JHSF3

R$ 5,55

+3,16%

KLBN11

R$ 23,80

-1,65%

RENT3

R$ 49,10

+2,61%

LCAM3

R$ 21,75

+3,57%

LWSA3

R$ 20,98

+3,96%

LAME4

R$ 5,45

+0,73%

LREN3

R$ 32,91

+2,68%

MGLU3

R$ 12,45

+0,24%

MRFG3

R$ 24,77

-1,39%

BEEF3

R$ 9,20

-1,07%

MRVE3

R$ 10,82

+2,65%

MULT3

R$ 17,96

+2,22%

PCAR3

R$ 26,90

+2,24%

PETR3

R$ 28,99

+3,90%

PETR4

R$ 28,39

+4,45%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,21

+2,75%

QUAL3

R$ 18,44

+0,76%

RADL3

R$ 22,39

+3,80%

RAIL3

R$ 16,76

+1,08%

SBSP3

R$ 36,26

+1,62%

SANB11

R$ 35,64

+0,99%

CSNA3

R$ 25,67

+2,31%

SULA11

R$ 26,25

+2,45%

SUZB3

R$ 51,23

-2,97%

TAEE11

R$ 37,45

+1,71%

VIVT3

R$ 44,84

+0,62%

TIMS3

R$ 11,95

+0,67%

TOTS3

R$ 34,00

+6,65%

UGPA3

R$ 13,74

+1,77%

USIM5

R$ 14,64

+2,02%

VALE3

R$ 76,67

+0,77%

VIIA3

R$ 7,14

+2,43%

WEGE3

R$ 39,83

+2,41%

YDUQ3

R$ 22,54

-0,48%

Atualizado há cerca de 1 ano

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 22 de outubro – Uma das grandes empresas do mercado imobiliário, Gafisa, código GFSA3, emitirá debêntures conversíveis em ações. Hoje, as ações da Gafisa caíram 1,56% a R$4,39. 

As 11.757 debêntures da Gafisa terão o valor unitário de R$10 mil, somando quase R$117,6 milhões. Os títulos serão emitidos em duas séries. A primeira série, com 4.200 títulos, vencerá 26 dias após a emissão. Essas ações serão usadas para o pagamento de compra da construtora carioca Calçada. A segunda, com 7.557 debêntures, tem como data de vencimento 31 de março de 2021. A conversão em ações será na data do vencimento do título. 

De credor a acionista

As debêntures são títulos de dívidas de uma empresa privada. Assim, ao comprar debêntures, o investidor vira credor da companhia. Esses títulos funcionam como se fosse um empréstimo, em os juros são o rendimento do investidor. Portanto, as debêntures são investimentos em renda fixa, parecidas com o tesouro direto. 

As debêntures não-conversíveis resultam em um retorno monetário, ou seja, o investidor recebe no vencimento valor que pagou no título somado aos juros decorrente. Já no caso das debêntures conversíveis, o retorno pode ser em ações da empresa no vencimento ou em prazo estabelecido pela companhia. Então, após essa data, o investidor passa de credor a acionista. 

O dono da debênture conversível pode escolher no vencimento se vai receber o valor em dinheiro ou em ações. Caso o preço da ação fixado for maior que o valor do mercado, geralmente o investidor pede o pagamento em dinheiro. 

Gafisa: de liderança à crise

Os problemas de caixa, complicados pelos prejuízos milionários e apartamentos encalhados, as mudanças na gestão e à beira da insolvência, a Gafisa foi de uma das grandes líderes do setor imobiliário a uma tenebrosa crise.

A pandemia trouxe, além do medo da doença, uma crise econômica a vários setores econômicos brasileiros, inclusive o imobiliário, e agravou a situação da Gafisa. A ação da companhia chegou à mínima de R$2,80 em 23 de março e não conseguiu voltar mais para a faixa de R$9,00 comercializada no começo do ano.

A Gafisa tentou uma fusão com a concorrente Tecnisa, código TCSA3, entre agosto e setembro. Entretanto, os acionistas da Tecnisa rejeitaram a proposta da Gafisa em duas assembleias extraordinárias, sendo a última em 25 de setembro.

Desempenho das ações

O desempenho de ações da Gafisa e outras empresas pode ser acompanhado pelo TC Matrix, ferramenta gratuita do TC. Quer analisar todos os indicadores do papel? É só fazer o cadastro no TC e acessar o Matrix, sem qualquer custo.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Angelo Pavini
Arte: Nathália Reiter/TC

 

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.