IBOV

102.814,03 pts

+0,59%

SP500

4.611,30 pts

-0,94%

DJIA

34.707,48 pts

-1,22%

NASDAQ

16.318,02 pts

-0,49%

IFIX

2.563,76 pts

+0,87%

BRENT

US$ 71,74

-2,31%

IO62

¥ 609,00

+2,35%

TRAD3

R$ 7,68

-2,53%

ABEV3

R$ 16,34

-2,15%

AMER3

R$ 31,45

+3,14%

ASAI3

R$ 13,05

-1,58%

AZUL4

R$ 23,49

+0,34%

B3SA3

R$ 11,50

-2,04%

BIDI11

R$ 37,71

+4,86%

BBSE3

R$ 21,40

-0,46%

BRML3

R$ 7,98

-0,99%

BBDC3

R$ 17,44

-0,73%

BBDC4

R$ 20,27

-0,83%

BRAP4

R$ 49,20

+0,81%

BBAS3

R$ 30,81

-0,29%

BRKM5

R$ 52,20

+3,75%

BRFS3

R$ 20,40

-0,53%

BPAC11

R$ 21,25

+2,31%

CRFB3

R$ 15,54

-0,82%

CCRO3

R$ 11,51

-1,87%

CMIG4

R$ 13,45

+0,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-0,48%

COGN3

R$ 2,41

+2,11%

CPLE6

R$ 6,10

+0,49%

CSAN3

R$ 21,48

+0,79%

CPFE3

R$ 26,34

+2,17%

CVCB3

R$ 14,55

-2,80%

CYRE3

R$ 14,04

-3,30%

ECOR3

R$ 8,27

-2,70%

ELET3

R$ 32,92

+0,85%

ELET6

R$ 32,29

+0,18%

EMBR3

R$ 19,75

+2,33%

ENBR3

R$ 21,39

+1,23%

ENGI11

R$ 45,40

+1,95%

ENEV3

R$ 14,26

-0,83%

EGIE3

R$ 38,86

-0,46%

EQTL3

R$ 22,78

+0,61%

EZTC3

R$ 18,33

-1,29%

FLRY3

R$ 17,88

-0,66%

GGBR4

R$ 25,80

+0,54%

GOAU4

R$ 10,75

+0,65%

GOLL4

R$ 15,60

+2,63%

NTCO3

R$ 26,87

-0,73%

HAPV3

R$ 11,47

-1,54%

HYPE3

R$ 27,35

-1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,05

-2,13%

IRBR3

R$ 4,19

+1,45%

ITSA4

R$ 9,82

+0,20%

ITUB4

R$ 22,66

-0,87%

JBSS3

R$ 34,73

+1,19%

JHSF3

R$ 4,88

-0,61%

KLBN11

R$ 23,75

+2,01%

RENT3

R$ 52,25

-0,49%

LCAM3

R$ 23,54

-0,25%

LWSA3

R$ 14,67

+7,08%

LAME4

R$ 5,64

+1,80%

LREN3

R$ 28,94

-1,26%

MGLU3

R$ 8,04

-0,37%

MRFG3

R$ 23,88

+0,84%

BEEF3

R$ 8,65

-0,11%

MRVE3

R$ 11,26

-1,14%

MULT3

R$ 19,62

+0,82%

PCAR3

R$ 23,09

-0,34%

PETR3

R$ 30,16

+3,11%

PETR4

R$ 29,47

+2,89%

VBBR3

21,66

-0,09%

PRIO3

R$ 20,84

+3,94%

QUAL3

R$ 16,20

-1,45%

RADL3

R$ 22,61

-0,61%

RAIL3

R$ 17,63

+0,11%

SBSP3

R$ 34,30

+0,70%

SANB11

R$ 33,76

-1,14%

CSNA3

R$ 22,54

+0,66%

SULA11

R$ 25,42

-0,15%

SUZB3

R$ 55,67

+1,81%

TAEE11

R$ 36,32

+1,22%

VIVT3

R$ 50,32

-0,98%

TIMS3

R$ 13,89

-0,35%

TOTS3

R$ 32,14

+3,11%

UGPA3

R$ 14,19

+3,65%

USIM5

R$ 13,70

+5,95%

VALE3

R$ 69,50

+0,72%

VIIA3

R$ 5,85

+2,63%

WEGE3

R$ 32,41

-0,58%

YDUQ3

R$ 20,92

-0,04%

IBOV

102.814,03 pts

+0,59%

SP500

4.611,30 pts

-0,94%

DJIA

34.707,48 pts

-1,22%

NASDAQ

16.318,02 pts

-0,49%

IFIX

2.563,76 pts

+0,87%

BRENT

US$ 71,74

-2,31%

IO62

¥ 609,00

+2,35%

TRAD3

R$ 7,68

-2,53%

ABEV3

R$ 16,34

-2,15%

AMER3

R$ 31,45

+3,14%

ASAI3

R$ 13,05

-1,58%

AZUL4

R$ 23,49

+0,34%

B3SA3

R$ 11,50

-2,04%

BIDI11

R$ 37,71

+4,86%

BBSE3

R$ 21,40

-0,46%

BRML3

R$ 7,98

-0,99%

BBDC3

R$ 17,44

-0,73%

BBDC4

R$ 20,27

-0,83%

BRAP4

R$ 49,20

+0,81%

BBAS3

R$ 30,81

-0,29%

BRKM5

R$ 52,20

+3,75%

BRFS3

R$ 20,40

-0,53%

BPAC11

R$ 21,25

+2,31%

CRFB3

R$ 15,54

-0,82%

CCRO3

R$ 11,51

-1,87%

CMIG4

R$ 13,45

+0,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-0,48%

COGN3

R$ 2,41

+2,11%

CPLE6

R$ 6,10

+0,49%

CSAN3

R$ 21,48

+0,79%

CPFE3

R$ 26,34

+2,17%

CVCB3

R$ 14,55

-2,80%

CYRE3

R$ 14,04

-3,30%

ECOR3

R$ 8,27

-2,70%

ELET3

R$ 32,92

+0,85%

ELET6

R$ 32,29

+0,18%

EMBR3

R$ 19,75

+2,33%

ENBR3

R$ 21,39

+1,23%

ENGI11

R$ 45,40

+1,95%

ENEV3

R$ 14,26

-0,83%

EGIE3

R$ 38,86

-0,46%

EQTL3

R$ 22,78

+0,61%

EZTC3

R$ 18,33

-1,29%

FLRY3

R$ 17,88

-0,66%

GGBR4

R$ 25,80

+0,54%

GOAU4

R$ 10,75

+0,65%

GOLL4

R$ 15,60

+2,63%

NTCO3

R$ 26,87

-0,73%

HAPV3

R$ 11,47

-1,54%

HYPE3

R$ 27,35

-1,90%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,05

-2,13%

IRBR3

R$ 4,19

+1,45%

ITSA4

R$ 9,82

+0,20%

ITUB4

R$ 22,66

-0,87%

JBSS3

R$ 34,73

+1,19%

JHSF3

R$ 4,88

-0,61%

KLBN11

R$ 23,75

+2,01%

RENT3

R$ 52,25

-0,49%

LCAM3

R$ 23,54

-0,25%

LWSA3

R$ 14,67

+7,08%

LAME4

R$ 5,64

+1,80%

LREN3

R$ 28,94

-1,26%

MGLU3

R$ 8,04

-0,37%

MRFG3

R$ 23,88

+0,84%

BEEF3

R$ 8,65

-0,11%

MRVE3

R$ 11,26

-1,14%

MULT3

R$ 19,62

+0,82%

PCAR3

R$ 23,09

-0,34%

PETR3

R$ 30,16

+3,11%

PETR4

R$ 29,47

+2,89%

VBBR3

21,66

-0,09%

PRIO3

R$ 20,84

+3,94%

QUAL3

R$ 16,20

-1,45%

RADL3

R$ 22,61

-0,61%

RAIL3

R$ 17,63

+0,11%

SBSP3

R$ 34,30

+0,70%

SANB11

R$ 33,76

-1,14%

CSNA3

R$ 22,54

+0,66%

SULA11

R$ 25,42

-0,15%

SUZB3

R$ 55,67

+1,81%

TAEE11

R$ 36,32

+1,22%

VIVT3

R$ 50,32

-0,98%

TIMS3

R$ 13,89

-0,35%

TOTS3

R$ 32,14

+3,11%

UGPA3

R$ 14,19

+3,65%

USIM5

R$ 13,70

+5,95%

VALE3

R$ 69,50

+0,72%

VIIA3

R$ 5,85

+2,63%

WEGE3

R$ 32,41

-0,58%

YDUQ3

R$ 20,92

-0,04%

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 27 de abril – Uma geração recorde de caixa da Vale deverá impulsionar recompras e pagamento de dividendos para acionistas. A informação foi dada na teleconferência de resultados da empresa, com comentários do diretor-presidente Eduardo Bartolomeu, do diretor financeiro, Luciano Siani, do diretor-executivo de ferrosos, Marcelo Spinelli, e do diretor-executivo de metais básicos, Mark Tavares.


Preços mais altos e acordo sobre Brumadinho devem garantir sobra de caixa, disse diretor

A empresa apresentou lucro líquido de US$5,54 bilhões no primeiro trimestre, abaixo do consenso TC, de US$5,98 bilhões. Entretanto, o valor foi bem acima dos US$239 milhões de um ano atrás.

Os preços mais altos do minério de ferro e o acordo de reparações de Brumadinho devem garantir sobra de caixa para a Vale criar opções para acelerar o retorno aos acionistas ao longo deste ano, disse Luciano Siani.

Entre as opções estão acelerar a recompra de ações ou distribuir dividendos acima do mínimo, ou ambos. Os anúncios, disse o diretor, serão feitos na medida do tempo.


Vale estuda opção de cisão envolvendo negócios de cobre

Eduardo Bartolomeu afirmou que a Vale começou a analisar com profundidade a opção de fazer uma cisão, ou spin-off, dos negócios de cobre – que ficam dentro da divisão de metais básicos.

A operação entraria em um processo amplo de reorganização de ativos, que estaria sendo negociado com os sócios, incluindo fundos de pensão. Pode haver novidades neste semestre, segundo o presidente.


Alta do preço do minério de ferro deve aumentar EBITDA da empresa

O aumento do preço internacional do minério de ferro em março, para US$190 a tonelada, não foi captado pelo balanço da Vale. Com isso, deverá trazer um efeito empurrão, ou carry-over, de US$300 milhões extras para o EBITDA – uma medida de lucro operacional que exclui impostos, serviço da dívida e gastos de depreciação e amortização da empresa neste trimestre, disse Luciano Siani.

Ele espera um custo maior para a empresa este ano, de US$0,70 pelo aumento do diesel e US$0,30 pela mudança no mix da empresa, com maior produção no sistema Centro-Oeste, que é menos custo-eficiente. O frete deve subir cerca de US$1,50 na base anual.


Expectativa da Vale é de aumento nos prêmios do segmento de pelotas

A mina de Nova Caledônia deve deixar de representar uma queda de US$60 milhões de EBITDA da Vale por trimestre, enquanto a de Onça Puma passará a produzir US$50 milhões por mês de EBITDA. Ambas devem representar US$100 milhões de EBITDA adicional por trimestre em relação ao ano passado.

A empresa espera um aumento nos próximos trimestres nos prêmios do segmento de pelotas, que enfrenta limitações de produção devido aos processos de tratamento de rejeitos das minas.


Corretoras Merrill Lynch e JPMorgan sustentam alta do ativo da empresa

Os papéis ordinários da Vale sobem nesta terça-feira, sustentados por compras das corretoras Merrill Lynch e JPMorgan na esteira da divulgação de resultados fortes e da continuidade do rali do minério de ferro na China. Segundo traders consultados pela TC Mover, o minério de ferro negociado em Qingdao, na China, dispara 6,36% na semana, cotado a US$195,31.

Após registrar a primeira sequência vendedora de cinco pregões no ano, com saldo de R$186 milhões, os clientes do Bank of America Merrill Lynch, principais compradores da mineradora no ano, somaram R$96 milhões em compras na companhia por volta do meio-dia desta terça-feira. Clientes da JPMorgan seguiram com saldo comprador de R$55 milhões no mesmo horário.


Desempenho das ações da Vale (VALE3)

Perto das 14h35, o papel da Vale (VALE3) subia 0,29%, cotado a R$108,89. A ação acumula alta de 29,95% no ano. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,96%, aos 119,4 mil pontos.


Vale


Para acompanhar o desempenho das ações da Vale e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Angelo Pavini e Felipe Von Eye Corleta
Edição: Guillermo Parra-Bernal e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Paulo Guedes deverá fazer mudanças em equipe econômica, dizem fontes

Confiança do consumidor americano bate recorde na pandemia

IPCA-15 sobe abaixo do consenso com desaceleração do setor de transportes

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.