IBOV

106.296,18 pts

-1,33%

SP500

4.537,99 pts

-0,26%

DJIA

35.618,29 pts

+0,04%

NASDAQ

15.336,93 pts

-0,98%

IFIX

2.712,38 pts

-0,46%

BRENT

US$ 85,68

+1,26%

IO62

¥ 708,00

+4,58%

TRAD3

R$ 6,30

-7,35%

ABEV3

R$ 15,00

-0,92%

AMER3

R$ 33,72

-4,80%

ASAI3

R$ 16,11

-1,94%

AZUL4

R$ 29,19

-1,68%

B3SA3

R$ 12,62

-2,99%

BIDI11

R$ 40,14

-6,65%

BBSE3

R$ 21,67

+0,79%

BRML3

R$ 7,18

-6,02%

BBDC3

R$ 17,41

-3,27%

BBDC4

R$ 20,45

-3,76%

BRAP4

R$ 51,50

+1,69%

BBAS3

R$ 28,91

-3,05%

BRKM5

R$ 54,87

-3,66%

BRFS3

R$ 22,01

-3,46%

BPAC11

R$ 22,82

-2,85%

CRFB3

R$ 16,83

-1,17%

CCRO3

R$ 11,53

-3,27%

CMIG4

R$ 13,37

-2,97%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,36

+0,85%

COGN3

R$ 2,62

-3,67%

CPLE6

R$ 6,18

-2,98%

CSAN3

R$ 20,92

-1,73%

CPFE3

R$ 25,15

-1,48%

CVCB3

R$ 17,10

-3,11%

CYRE3

R$ 15,18

-2,63%

ECOR3

R$ 8,29

-6,53%

ELET3

R$ 35,47

-2,12%

ELET6

R$ 35,06

-2,82%

EMBR3

R$ 24,25

+0,49%

ENBR3

R$ 19,03

-0,93%

ENGI11

R$ 41,55

-3,41%

ENEV3

R$ 14,00

-4,11%

EGIE3

R$ 37,87

-1,76%

EQTL3

R$ 23,14

-2,93%

EZTC3

R$ 19,78

-3,88%

FLRY3

R$ 19,50

-2,59%

GGBR4

R$ 26,73

+0,64%

GOAU4

R$ 12,27

+2,08%

GOLL4

R$ 17,08

-4,15%

NTCO3

R$ 39,88

+1,24%

HAPV3

R$ 11,67

-0,52%

HYPE3

R$ 27,96

-2,06%

IGTA3

R$ 28,62

-3,63%

GNDI3

R$ 65,74

+0,59%

IRBR3

R$ 5,01

-0,79%

ITSA4

R$ 10,53

-2,86%

ITUB4

R$ 23,54

-3,84%

JBSS3

R$ 37,32

-0,18%

JHSF3

R$ 5,38

-3,75%

KLBN11

R$ 24,20

+7,55%

RENT3

R$ 47,85

-3,15%

LCAM3

R$ 21,00

-2,64%

LWSA3

R$ 20,18

-8,89%

LAME4

R$ 5,41

-4,58%

LREN3

R$ 32,05

-4,01%

MGLU3

R$ 12,42

+0,08%

MRFG3

R$ 25,12

-0,67%

BEEF3

R$ 9,30

-0,42%

MRVE3

R$ 10,54

-1,95%

MULT3

R$ 17,57

-3,77%

PCAR3

R$ 26,31

-4,53%

PETR3

R$ 27,90

-1,96%

PETR4

R$ 27,18

-0,98%

BRDT3

R$ 22,03

-5,28%

PRIO3

R$ 26,48

+0,72%

QUAL3

R$ 18,30

+2,80%

RADL3

R$ 21,57

+0,93%

RAIL3

R$ 16,58

+1,15%

SBSP3

R$ 35,68

-2,24%

SANB11

R$ 35,29

-0,45%

CSNA3

R$ 25,09

+0,08%

SULA11

R$ 25,58

-2,56%

SUZB3

R$ 52,80

+7,31%

TAEE11

R$ 36,82

-1,47%

VIVT3

R$ 44,56

-1,59%

TIMS3

R$ 11,87

-0,91%

TOTS3

R$ 31,88

-2,08%

UGPA3

R$ 13,50

-2,79%

USIM5

R$ 14,35

+1,34%

VALE3

R$ 76,08

+1,22%

VIIA3

R$ 6,97

+0,72%

WEGE3

R$ 38,89

-1,16%

YDUQ3

R$ 22,65

-5,62%

IBOV

106.296,18 pts

-1,33%

SP500

4.537,99 pts

-0,26%

DJIA

35.618,29 pts

+0,04%

NASDAQ

15.336,93 pts

-0,98%

IFIX

2.712,38 pts

-0,46%

BRENT

US$ 85,68

+1,26%

IO62

¥ 708,00

+4,58%

TRAD3

R$ 6,30

-7,35%

ABEV3

R$ 15,00

-0,92%

AMER3

R$ 33,72

-4,80%

ASAI3

R$ 16,11

-1,94%

AZUL4

R$ 29,19

-1,68%

B3SA3

R$ 12,62

-2,99%

BIDI11

R$ 40,14

-6,65%

BBSE3

R$ 21,67

+0,79%

BRML3

R$ 7,18

-6,02%

BBDC3

R$ 17,41

-3,27%

BBDC4

R$ 20,45

-3,76%

BRAP4

R$ 51,50

+1,69%

BBAS3

R$ 28,91

-3,05%

BRKM5

R$ 54,87

-3,66%

BRFS3

R$ 22,01

-3,46%

BPAC11

R$ 22,82

-2,85%

CRFB3

R$ 16,83

-1,17%

CCRO3

R$ 11,53

-3,27%

CMIG4

R$ 13,37

-2,97%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,36

+0,85%

COGN3

R$ 2,62

-3,67%

CPLE6

R$ 6,18

-2,98%

CSAN3

R$ 20,92

-1,73%

CPFE3

R$ 25,15

-1,48%

CVCB3

R$ 17,10

-3,11%

CYRE3

R$ 15,18

-2,63%

ECOR3

R$ 8,29

-6,53%

ELET3

R$ 35,47

-2,12%

ELET6

R$ 35,06

-2,82%

EMBR3

R$ 24,25

+0,49%

ENBR3

R$ 19,03

-0,93%

ENGI11

R$ 41,55

-3,41%

ENEV3

R$ 14,00

-4,11%

EGIE3

R$ 37,87

-1,76%

EQTL3

R$ 23,14

-2,93%

EZTC3

R$ 19,78

-3,88%

FLRY3

R$ 19,50

-2,59%

GGBR4

R$ 26,73

+0,64%

GOAU4

R$ 12,27

+2,08%

GOLL4

R$ 17,08

-4,15%

NTCO3

R$ 39,88

+1,24%

HAPV3

R$ 11,67

-0,52%

HYPE3

R$ 27,96

-2,06%

IGTA3

R$ 28,62

-3,63%

GNDI3

R$ 65,74

+0,59%

IRBR3

R$ 5,01

-0,79%

ITSA4

R$ 10,53

-2,86%

ITUB4

R$ 23,54

-3,84%

JBSS3

R$ 37,32

-0,18%

JHSF3

R$ 5,38

-3,75%

KLBN11

R$ 24,20

+7,55%

RENT3

R$ 47,85

-3,15%

LCAM3

R$ 21,00

-2,64%

LWSA3

R$ 20,18

-8,89%

LAME4

R$ 5,41

-4,58%

LREN3

R$ 32,05

-4,01%

MGLU3

R$ 12,42

+0,08%

MRFG3

R$ 25,12

-0,67%

BEEF3

R$ 9,30

-0,42%

MRVE3

R$ 10,54

-1,95%

MULT3

R$ 17,57

-3,77%

PCAR3

R$ 26,31

-4,53%

PETR3

R$ 27,90

-1,96%

PETR4

R$ 27,18

-0,98%

BRDT3

R$ 22,03

-5,28%

PRIO3

R$ 26,48

+0,72%

QUAL3

R$ 18,30

+2,80%

RADL3

R$ 21,57

+0,93%

RAIL3

R$ 16,58

+1,15%

SBSP3

R$ 35,68

-2,24%

SANB11

R$ 35,29

-0,45%

CSNA3

R$ 25,09

+0,08%

SULA11

R$ 25,58

-2,56%

SUZB3

R$ 52,80

+7,31%

TAEE11

R$ 36,82

-1,47%

VIVT3

R$ 44,56

-1,59%

TIMS3

R$ 11,87

-0,91%

TOTS3

R$ 31,88

-2,08%

UGPA3

R$ 13,50

-2,79%

USIM5

R$ 14,35

+1,34%

VALE3

R$ 76,08

+1,22%

VIIA3

R$ 6,97

+0,72%

WEGE3

R$ 38,89

-1,16%

YDUQ3

R$ 22,65

-5,62%

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 2 de fevereiro – Apesar de não ser rotineiramente um período sazonalmente importante para o setor de educação, o quarto trimestre deve mostrar tendências mistas, com o peso da crise causada pela pandemia do coronavírus impactando o ensino presencial, a retenção de alunos e o provisionamento por uma maior inadimplência.

Pandemia aprofunda divergências na educação

Além do efeito da crise causada pela pandemia no desemprego e a renda, a mudança demográfica “certamente não conduz ao crescimento da indústria”, disse Samuel Alves, analista do BTG Pactual. Nesse sentido, as empresas do setor de educação devem reforçar a mensagem de contenção de despesas, aumento de provisões e monitoramento de custos financeiros para o primeiro semestre deste ano.

A situação deve aprofundar a divergência no setor de educação entre companhias muito dependentes do ensino presencial e do cenário macroeconômico e as que estão posicionadas em nichos menos permeáveis à queda na renda e no emprego, ou com capacidade de proteger suas margens, disseram analistas.

Um segmento da área de educação que deve despontar de forma positiva é o ensino à distância, que na atual conjuntura pode gerar taxas moderadamente altas de crescimento na base com riscos de execução controlados.

Cogna e Ânima Educação devem apresentar prejuízo líquido no quarto trimestre

Dessa forma, Cogna Educação, código COGN3, e Ânima Educação, código ANIM3, devem registrar prejuízo líquido ajustado no período outubro-dezembro, porém com diferentes conotações.

Enquanto a Cogna Educação deve ter prejuízo de R$135 milhões pela fraca dinâmica da Kroton, queda na base das escolas Sabre e o menor fluxo de recursos vindo do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, o Fies, a Ânima pode perder R$2 milhões enquanto executa a integração de recentes aquisições e mantém altas provisões. O lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização, conhecido como EBITDA, ajustado da Cogna deve despencar mais de 50%, enquanto o da Ânima deve subir 5%.

Queda nas matrículas, provisões e desistências afetam YDUQS

Segundo o consenso TC, a YDUQS, código YDUQ3, deve apresentar prejuízo de R$46 milhões e a Ser Educacional, código SEER3, deve ficar no zero a zero. No caso da primeira, a consolidação da Adtalem e o amadurecimento dos cursos de medicina devem ajudar a receita e o EBITDA, sendo mitigadas pela pressão de queda nas matrículas, as provisões e as desistências.

No caso da Ser Educacional, o resultado deve refletir a dinâmica no segmento de educação presencial, que levou a uma redução de 9% dos alunos na base anual, disse Alves. As empresas devem divulgar seus resultados entre a segunda e quarta semanas de março.

Desempenho das educacionais

Educação

Por volta das 16h00, o papel ordinário da Cogna, código COGN3, subia 3,08%, cotado a R$4,68. A ação ordinária da Ânima Educação, código ANIM3, avançava 0,66%, a R$33,35. As ações da YDUQS, código YDUQ3, e da Ser Educacional, código SEER3, subiam 3,05%, a R$34,85, e 3,09%, a R$15,35, respectivamente. O Ibovespa registrava alta de 0,41%, com 117,9 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações das educacionais e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.


Texto: Igor Sodré

Edição: Guillermo Parra-Bernal e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins/TC

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.