IBOV

114.421,69 pts

-0,19%

SP500

4.486,66 pts

+0,01%

DJIA

35.245,78 pts

-0,04%

NASDAQ

15.307,15 pts

+0,04%

IFIX

2.747,58 pts

+0,13%

BRENT

US$ 84,27

-0,07%

IO62

¥ 714,00

+1,70%

TRAD3

R$ 8,40

+5,39%

ABEV3

R$ 15,65

+0,90%

AMER3

R$ 39,25

+3,53%

ASAI3

R$ 17,01

-3,18%

AZUL4

R$ 34,42

-3,74%

B3SA3

R$ 12,93

-1,97%

BIDI11

R$ 48,36

-4,23%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,65%

BBDC3

R$ 18,53

+1,09%

BBDC4

R$ 21,67

+1,64%

BRAP4

R$ 54,41

-0,96%

BBAS3

R$ 32,25

+1,60%

BRKM5

R$ 58,95

+0,13%

BRFS3

R$ 25,02

-3,54%

BPAC11

R$ 25,50

-1,73%

CRFB3

R$ 18,82

+1,45%

CCRO3

R$ 12,76

-0,15%

CMIG4

R$ 15,13

+1,20%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

-0,37%

COGN3

R$ 3,12

+0,00%

CPLE6

R$ 6,79

+3,34%

CSAN3

R$ 23,33

+0,12%

CPFE3

R$ 26,53

+1,80%

CVCB3

R$ 19,95

-1,53%

CYRE3

R$ 18,26

+0,16%

ECOR3

R$ 10,04

+0,80%

ELET3

R$ 40,65

+3,40%

ELET6

R$ 40,67

+2,83%

EMBR3

R$ 25,65

-0,23%

ENBR3

R$ 19,27

+0,46%

ENGI11

R$ 46,14

+0,56%

ENEV3

R$ 15,33

-0,96%

EGIE3

R$ 38,70

+0,31%

EQTL3

R$ 24,79

+0,40%

EZTC3

R$ 23,58

-3,28%

FLRY3

R$ 21,68

+1,30%

GGBR4

R$ 28,27

+0,39%

GOAU4

R$ 12,81

+0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,79%

NTCO3

R$ 43,20

-2,21%

HAPV3

R$ 12,62

-3,36%

HYPE3

R$ 30,45

+1,46%

IGTA3

R$ 33,92

+1,49%

GNDI3

R$ 71,02

-3,24%

IRBR3

R$ 5,24

+0,57%

ITSA4

R$ 11,35

+1,24%

ITUB4

R$ 24,98

+0,68%

JBSS3

R$ 38,61

+1,60%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,68%

RENT3

R$ 56,33

-0,03%

LCAM3

R$ 25,15

+0,19%

LWSA3

R$ 23,25

+6,11%

LAME4

R$ 6,44

+21,73%

LREN3

R$ 36,16

+0,94%

MGLU3

R$ 14,33

-1,51%

MRFG3

R$ 26,50

-2,78%

BEEF3

R$ 10,35

-3,63%

MRVE3

R$ 12,54

+0,88%

MULT3

R$ 20,40

+1,09%

PCAR3

R$ 28,98

-6,81%

PETR3

R$ 30,22

+0,16%

PETR4

R$ 29,46

-0,30%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-1,95%

QUAL3

R$ 19,33

-0,82%

RADL3

R$ 22,76

-1,00%

RAIL3

R$ 18,20

-1,14%

SBSP3

R$ 39,04

-0,12%

SANB11

R$ 36,56

-2,74%

CSNA3

R$ 26,51

-3,98%

SULA11

R$ 26,35

-0,71%

SUZB3

R$ 49,78

-2,10%

TAEE11

R$ 37,86

+0,10%

VIVT3

R$ 46,51

+0,47%

TIMS3

R$ 12,44

-0,87%

TOTS3

R$ 35,87

+1,32%

UGPA3

R$ 15,48

+2,44%

USIM5

R$ 16,06

-3,25%

VALE3

R$ 80,30

-0,24%

VIIA3

R$ 8,17

+0,98%

WEGE3

R$ 40,46

+0,82%

YDUQ3

R$ 27,08

-0,14%

IBOV

114.421,69 pts

-0,19%

SP500

4.486,66 pts

+0,01%

DJIA

35.245,78 pts

-0,04%

NASDAQ

15.307,15 pts

+0,04%

IFIX

2.747,58 pts

+0,13%

BRENT

US$ 84,27

-0,07%

IO62

¥ 714,00

+1,70%

TRAD3

R$ 8,40

+5,39%

ABEV3

R$ 15,65

+0,90%

AMER3

R$ 39,25

+3,53%

ASAI3

R$ 17,01

-3,18%

AZUL4

R$ 34,42

-3,74%

B3SA3

R$ 12,93

-1,97%

BIDI11

R$ 48,36

-4,23%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,65%

BBDC3

R$ 18,53

+1,09%

BBDC4

R$ 21,67

+1,64%

BRAP4

R$ 54,41

-0,96%

BBAS3

R$ 32,25

+1,60%

BRKM5

R$ 58,95

+0,13%

BRFS3

R$ 25,02

-3,54%

BPAC11

R$ 25,50

-1,73%

CRFB3

R$ 18,82

+1,45%

CCRO3

R$ 12,76

-0,15%

CMIG4

R$ 15,13

+1,20%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

-0,37%

COGN3

R$ 3,12

+0,00%

CPLE6

R$ 6,79

+3,34%

CSAN3

R$ 23,33

+0,12%

CPFE3

R$ 26,53

+1,80%

CVCB3

R$ 19,95

-1,53%

CYRE3

R$ 18,26

+0,16%

ECOR3

R$ 10,04

+0,80%

ELET3

R$ 40,65

+3,40%

ELET6

R$ 40,67

+2,83%

EMBR3

R$ 25,65

-0,23%

ENBR3

R$ 19,27

+0,46%

ENGI11

R$ 46,14

+0,56%

ENEV3

R$ 15,33

-0,96%

EGIE3

R$ 38,70

+0,31%

EQTL3

R$ 24,79

+0,40%

EZTC3

R$ 23,58

-3,28%

FLRY3

R$ 21,68

+1,30%

GGBR4

R$ 28,27

+0,39%

GOAU4

R$ 12,81

+0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,79%

NTCO3

R$ 43,20

-2,21%

HAPV3

R$ 12,62

-3,36%

HYPE3

R$ 30,45

+1,46%

IGTA3

R$ 33,92

+1,49%

GNDI3

R$ 71,02

-3,24%

IRBR3

R$ 5,24

+0,57%

ITSA4

R$ 11,35

+1,24%

ITUB4

R$ 24,98

+0,68%

JBSS3

R$ 38,61

+1,60%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,68%

RENT3

R$ 56,33

-0,03%

LCAM3

R$ 25,15

+0,19%

LWSA3

R$ 23,25

+6,11%

LAME4

R$ 6,44

+21,73%

LREN3

R$ 36,16

+0,94%

MGLU3

R$ 14,33

-1,51%

MRFG3

R$ 26,50

-2,78%

BEEF3

R$ 10,35

-3,63%

MRVE3

R$ 12,54

+0,88%

MULT3

R$ 20,40

+1,09%

PCAR3

R$ 28,98

-6,81%

PETR3

R$ 30,22

+0,16%

PETR4

R$ 29,46

-0,30%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-1,95%

QUAL3

R$ 19,33

-0,82%

RADL3

R$ 22,76

-1,00%

RAIL3

R$ 18,20

-1,14%

SBSP3

R$ 39,04

-0,12%

SANB11

R$ 36,56

-2,74%

CSNA3

R$ 26,51

-3,98%

SULA11

R$ 26,35

-0,71%

SUZB3

R$ 49,78

-2,10%

TAEE11

R$ 37,86

+0,10%

VIVT3

R$ 46,51

+0,47%

TIMS3

R$ 12,44

-0,87%

TOTS3

R$ 35,87

+1,32%

UGPA3

R$ 15,48

+2,44%

USIM5

R$ 16,06

-3,25%

VALE3

R$ 80,30

-0,24%

VIIA3

R$ 8,17

+0,98%

WEGE3

R$ 40,46

+0,82%

YDUQ3

R$ 27,08

-0,14%

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 6 de abril – A família Bueno deve colocar uma ordem de R$500 milhões na oferta pública de ações do grupo de saúde Dasa, evitando assim uma diluição ainda maior da sua participação após cortar a faixa de preço indicativa para a transação, disse uma fonte com conhecimento direto da situação.


Faixa indicativa por ação ordinária foi reduzida para R$56,75 a R$60,00, segundo fontes

Hoje mais cedo, a Dasa e os bancos que coordenam a oferta reduziram a faixa indicativa de R$64,90 a R$84,50 para R$56,75 a R$60,00 por ação ordinária, disseram duas fontes. “As atuais condições de mercado não estão ajudando”, disse uma delas.

A Dasa, comandada por Pedro Bueno, filho do fundador do grupo, controla os laboratórios Delboni e Lavoisier e comprou recentemente a rede de hospitais Leforte, em São Paulo. A precificação do papel está programada para hoje à noite.


Empresa espera levantar R$5 bilhões com re-IPO

A transação que a Dasa busca concluir ainda neste mês é conhecida como re-IPO, pois as ações da empresa já são listadas na bolsa, mas apenas 2,50% do capital social é negociado no mercado. A sigla IPO significa oferta pública inicial, em inglês. A empresa pretendia inicialmente levantar R$5 bilhões, com a totalidade dos recursos indo para o caixa da companhia.

A Dasa não comentou a informação, citando período de silêncio por conta da transação. O Bradesco BBI é o coordenador da oferta, junto com os bancos BTG Pactual, Bank of America Merrill Lynch e Credit Suisse. Os bancos Santander Brasil, Safra, Itaú BBA e Morgan Stanley também participam do grupo de coordenadores.


Movimento da Dasa ocorre em meio a uma disputa no setor de saúde

A Dasa está à procura de dinheiro em meio a uma disputa crescente no mercado de grupos verticalizados de saúde, que se movimentam para adquirir novos hospitais e clínicas. A arquirrival Rede D’Or, maior grupo hospitalar brasileiro, abriu o seu capital em dezembro passado, levantando R$11,4 bilhões. A estreia foi o terceiro maior IPO da história no país e o maior em 2020.

Na semana passada, a Hapvida e a NotreDame Intermédica aprovaram a combinação dos seus negócios, em transação que pode tirar a Rede D’Or da liderança no setor.


Desempenho das ações da Dasa (DASA3)


Dasa


Perto das 15h30, o papel da Dasa (DASA3) caía 0,68%, cotado a R$144,01. A ação acumula alta de 99,17% no ano. As concorrentes Hapvida (HAPV3) e Intermédica NotreDame (GNDI3) cediam 0,81%, a R$14,65, e 0,21%, a R$81,83, respectivamente. Contudo, a ação da Rede D’Or (RDOR3) subia 2,79%, negociada a R$66,58. No mesmo horário, o Ibovespa avançava 0,26%, aos 117,8 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da Dasa e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Guillermo Parra-Bernal
Edição: Karine Sena, João Pedro Malar e Letícia Matsuura
Arte: Pedro Bueno / TC Mover


Leia também

De olho no varejo, BTG Pactual compra fatia da Caixa e passa a controlar Banco Pan

FMI vê maior crescimento do PIB global, mas desigualdade irá aumentar

Petrobras compra participação da BP em seis blocos no Norte

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.