IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.653,25 pts

-0,21%

DJIA

35.864,60 pts

-0,13%

NASDAQ

15.545,50 pts

-0,42%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 86,10

+0,05%

IO62

¥ 704,50

-2,36%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.653,25 pts

-0,21%

DJIA

35.864,60 pts

-0,13%

NASDAQ

15.545,50 pts

-0,42%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 86,10

+0,05%

IO62

¥ 704,50

-2,36%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

luciano-costa-de-paula

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 10 de dezembro – A Engie iniciou negociações com o governo visando antecipar a renovação de concessões de suas hidrelétricas em troca do pagamento de bônus de outorga ao Tesouro, disse o diretor-presidente Eduardo Sattamini, no Investor Day da companhia. Ele destacou que isso exigiria mudança legislativa. “Mas é uma perspectiva importante para nós, operadores de hidrelétricas, e também uma saída para o governo, num sentido de que pode gerar uma receita extraordinária”.

Sattamini não entrou em detalhes sobre quais hidrelétricas poderiam ter os contratos prorrogados e nem comentou valores envolvidos nas conversas. A Engie é líder privada em geração de energia no Brasil, com 9GW em capacidade, sendo 6,4GW em ativos hídricos.

Energia sola e eólica

A Engie ainda tem uma carteira de projetos eólicos e solares com 2,2 gigawatts, segundo o diretor de novos negócios, Guilherme Ferrari. Além disso, a empresa fechou acordos de exclusividade com desenvolvedores de projetos para mais 1GW em empreendimentos renováveis, que pretende tirar do papel até 2025.

A Engie ainda tem uma carteira de projetos eólicos e solares com 2,2 gigawatts, segundo Ferrari. Além disso, a empresa fechou acordos de exclusividade com desenvolvedores de projetos para mais 1GW em empreendimentos renováveis, que pretende tirar do papel até 2025.

Os preços de energia eólica e solar estão subindo para novos patamares no Brasil devido à inflação das commodities, alta do dólar, maiores juros e desarranjos da cadeia logística global. “Temos também um crescimento do número de projetos em desenvolvimento, e consequentemente isso consome a capacidade nas fábricas dos fornecedores de equipamento. Isso também leva a aumento de preço, e aumento do prazo de entrega de projetos”, disse o diretor de regulação e mercado da companhia, Marcos Keller.

Engie em leilão

No setor de transmissão de energia, no qual passou a investir mais recentemente, a Engie pretende disputar um leilão de novos projetos que o governo promoverá em 17 de dezembro, com foco na concorrência pelos lotes 1 e 4, com instalações nos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

A Engie tem pedido ao Ministério de Minas e Energia alguns ajustes na privatização da Eletrobras. A companhia entende que seria preciso uma revisão extraordinária da chamada garantia física das hidrelétricas da empresa antes de sua privatização, prevista para 2022, disse Sattamini.

Sem essa revisão da garantia das usinas da Eletrobras, outras empresas com ativos hidrelétricos acabarão prejudicadas devido a um mecanismo que compartilha riscos de geração entre todas as usinas hídricas do país, o chamado MRE, disse Keller. “Isso cristalizaria uma situação injusta para os demais agentes do MRE”, explicou.

Desempenho das ações da Engie

Perto das 14h55, a ação ordinária da Engie (EGIE3) avançava 0,97%, cotada a R$39,37. Porém, o papel acumula perdas de 6,33% em 2021. No mesmo horário, o Ibovespa operava em alta de 1,10%, aos 107,4 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações da companhia de energia e de outras empresas listadas na bolsa brasileira, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Luciano Costa
Edição: Gabriela Guedes e Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.