IBOV

114.648,09 pts

+1,27%

SP500

4.457,60 pts

-0,31%

DJIA

35.176,53 pts

-0,33%

NASDAQ

15.115,99 pts

-0,20%

IFIX

2.743,90 pts

+0,41%

BRENT

US$ 85,71

+1,00%

IO62

¥ 710,00

-2,41%

TRAD3

R$ 7,97

+9,32%

ABEV3

R$ 15,51

+0,00%

AMER3

R$ 37,91

+10,62%

ASAI3

R$ 17,57

-1,29%

AZUL4

R$ 35,76

+1,59%

B3SA3

R$ 13,19

+3,04%

BIDI11

R$ 50,50

-1,13%

BBSE3

R$ 21,68

+1,78%

BRML3

R$ 8,46

+0,23%

BBDC3

R$ 18,33

+4,50%

BBDC4

R$ 21,32

+5,28%

BRAP4

R$ 54,94

+1,72%

BBAS3

R$ 31,74

+3,52%

BRKM5

R$ 58,87

+2,45%

BRFS3

R$ 25,94

+1,72%

BPAC11

R$ 25,95

+4,55%

CRFB3

R$ 18,55

+2,94%

CCRO3

R$ 12,78

+1,99%

CMIG4

R$ 14,95

-1,32%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,64

+6,02%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,57

+0,30%

CSAN3

R$ 23,30

-0,80%

CPFE3

R$ 26,06

-0,49%

CVCB3

R$ 20,26

+1,30%

CYRE3

R$ 18,23

+3,11%

ECOR3

R$ 9,96

+0,40%

ELET3

R$ 39,31

-1,72%

ELET6

R$ 39,55

-1,86%

EMBR3

R$ 25,71

-1,00%

ENBR3

R$ 19,18

+1,26%

ENGI11

R$ 45,88

-0,49%

ENEV3

R$ 15,48

+0,45%

EGIE3

R$ 38,58

+0,15%

EQTL3

R$ 24,69

-0,80%

EZTC3

R$ 24,38

+1,16%

FLRY3

R$ 21,40

+0,09%

GGBR4

R$ 28,16

-0,35%

GOAU4

R$ 12,79

-0,62%

GOLL4

R$ 20,62

+2,94%

NTCO3

R$ 44,18

-0,74%

HAPV3

R$ 13,06

+2,67%

HYPE3

R$ 30,01

+2,45%

IGTA3

R$ 33,42

+0,75%

GNDI3

R$ 73,40

+3,98%

IRBR3

R$ 5,21

+1,75%

ITSA4

R$ 11,21

+1,72%

ITUB4

R$ 24,81

+2,81%

JBSS3

R$ 38,00

+0,21%

JHSF3

R$ 5,95

-2,77%

KLBN11

R$ 23,19

+1,31%

RENT3

R$ 56,35

+1,47%

LCAM3

R$ 25,10

+2,19%

LWSA3

R$ 21,91

-1,39%

LAME4

R$ 5,29

+6,22%

LREN3

R$ 35,82

+3,73%

MGLU3

R$ 14,55

+2,24%

MRFG3

R$ 27,26

-2,25%

BEEF3

R$ 10,74

-0,83%

MRVE3

R$ 12,43

+1,13%

MULT3

R$ 20,18

+0,29%

PCAR3

R$ 31,10

+12,43%

PETR3

R$ 30,17

-0,09%

PETR4

R$ 29,55

-0,30%

BRDT3

R$ 24,55

-1,28%

PRIO3

R$ 27,68

-1,49%

QUAL3

R$ 19,49

+0,30%

RADL3

R$ 22,99

+0,52%

RAIL3

R$ 18,41

-1,33%

SBSP3

R$ 39,09

-0,02%

SANB11

R$ 37,59

+4,32%

CSNA3

R$ 27,61

+1,84%

SULA11

R$ 26,54

+2,23%

SUZB3

R$ 50,85

+2,39%

TAEE11

R$ 37,82

+0,58%

VIVT3

R$ 46,29

+0,87%

TIMS3

R$ 12,55

+0,72%

TOTS3

R$ 35,40

-2,96%

UGPA3

R$ 15,11

+0,93%

USIM5

R$ 16,60

+1,71%

VALE3

R$ 80,50

+1,43%

VIIA3

R$ 8,09

+0,87%

WEGE3

R$ 40,13

-1,37%

YDUQ3

R$ 27,12

+0,81%

IBOV

114.648,09 pts

+1,27%

SP500

4.457,60 pts

-0,31%

DJIA

35.176,53 pts

-0,33%

NASDAQ

15.115,99 pts

-0,20%

IFIX

2.743,90 pts

+0,41%

BRENT

US$ 85,71

+1,00%

IO62

¥ 710,00

-2,41%

TRAD3

R$ 7,97

+9,32%

ABEV3

R$ 15,51

+0,00%

AMER3

R$ 37,91

+10,62%

ASAI3

R$ 17,57

-1,29%

AZUL4

R$ 35,76

+1,59%

B3SA3

R$ 13,19

+3,04%

BIDI11

R$ 50,50

-1,13%

BBSE3

R$ 21,68

+1,78%

BRML3

R$ 8,46

+0,23%

BBDC3

R$ 18,33

+4,50%

BBDC4

R$ 21,32

+5,28%

BRAP4

R$ 54,94

+1,72%

BBAS3

R$ 31,74

+3,52%

BRKM5

R$ 58,87

+2,45%

BRFS3

R$ 25,94

+1,72%

BPAC11

R$ 25,95

+4,55%

CRFB3

R$ 18,55

+2,94%

CCRO3

R$ 12,78

+1,99%

CMIG4

R$ 14,95

-1,32%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,64

+6,02%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,57

+0,30%

CSAN3

R$ 23,30

-0,80%

CPFE3

R$ 26,06

-0,49%

CVCB3

R$ 20,26

+1,30%

CYRE3

R$ 18,23

+3,11%

ECOR3

R$ 9,96

+0,40%

ELET3

R$ 39,31

-1,72%

ELET6

R$ 39,55

-1,86%

EMBR3

R$ 25,71

-1,00%

ENBR3

R$ 19,18

+1,26%

ENGI11

R$ 45,88

-0,49%

ENEV3

R$ 15,48

+0,45%

EGIE3

R$ 38,58

+0,15%

EQTL3

R$ 24,69

-0,80%

EZTC3

R$ 24,38

+1,16%

FLRY3

R$ 21,40

+0,09%

GGBR4

R$ 28,16

-0,35%

GOAU4

R$ 12,79

-0,62%

GOLL4

R$ 20,62

+2,94%

NTCO3

R$ 44,18

-0,74%

HAPV3

R$ 13,06

+2,67%

HYPE3

R$ 30,01

+2,45%

IGTA3

R$ 33,42

+0,75%

GNDI3

R$ 73,40

+3,98%

IRBR3

R$ 5,21

+1,75%

ITSA4

R$ 11,21

+1,72%

ITUB4

R$ 24,81

+2,81%

JBSS3

R$ 38,00

+0,21%

JHSF3

R$ 5,95

-2,77%

KLBN11

R$ 23,19

+1,31%

RENT3

R$ 56,35

+1,47%

LCAM3

R$ 25,10

+2,19%

LWSA3

R$ 21,91

-1,39%

LAME4

R$ 5,29

+6,22%

LREN3

R$ 35,82

+3,73%

MGLU3

R$ 14,55

+2,24%

MRFG3

R$ 27,26

-2,25%

BEEF3

R$ 10,74

-0,83%

MRVE3

R$ 12,43

+1,13%

MULT3

R$ 20,18

+0,29%

PCAR3

R$ 31,10

+12,43%

PETR3

R$ 30,17

-0,09%

PETR4

R$ 29,55

-0,30%

BRDT3

R$ 24,55

-1,28%

PRIO3

R$ 27,68

-1,49%

QUAL3

R$ 19,49

+0,30%

RADL3

R$ 22,99

+0,52%

RAIL3

R$ 18,41

-1,33%

SBSP3

R$ 39,09

-0,02%

SANB11

R$ 37,59

+4,32%

CSNA3

R$ 27,61

+1,84%

SULA11

R$ 26,54

+2,23%

SUZB3

R$ 50,85

+2,39%

TAEE11

R$ 37,82

+0,58%

VIVT3

R$ 46,29

+0,87%

TIMS3

R$ 12,55

+0,72%

TOTS3

R$ 35,40

-2,96%

UGPA3

R$ 15,11

+0,93%

USIM5

R$ 16,60

+1,71%

VALE3

R$ 80,50

+1,43%

VIIA3

R$ 8,09

+0,87%

WEGE3

R$ 40,13

-1,37%

YDUQ3

R$ 27,12

+0,81%

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 15 de março – A provável alta na taxa básica de juros, taxa Selic, somada ao retorno do auxílio emergencial, devem servir como catalisadores para ações de bancos brasileiros no curto prazo, mas os riscos macroeconômicos e políticos, aliado a um cenário de incertezas, deve prejudicar os múltiplos no médio prazo, diz o Itaú BBA, que cortou os preços-alvo dos bancos de sua cobertura em relatório.


Alta da Selic, eficiência, provisões e capitalização devem aumentar lucros, diz análise

A análise, assinada por Pedro Leduc, Tiago Binsfeld, Marco Calvi e Vinicius Figueiredo, destaca o otimismo com os papéis do setor em 2021 com os ganhos de eficiência do ano passado, provisões em um nível aceitável e capitalização suficiente para voltar a pagar dividendos e expandir o crédito em produtos com taxas mais favoráveis, na esteira da esperada alta na taxa básica de juros até o fim do ano.

Economistas do mercado passaram a projetar Selic a 4,50% ao final do ano, segundo Boletim Focus do Banco Central. “Esse combo deve resultar em uma alta anual de 24,00% no lucro por ação para o setor ao fim de 2021, apesar das inadimplências”, diz o relatório.

Itaú BBA destaca questão macroeconômica e política como maiores riscos para o setor

Os maiores riscos para o setor, segundo o banco de investimento, estão na questão macroeconômica e política. Como exemplo, o Itaú BBA cita a recente proposta de aumento de impostos para bancos a fim de financiar um corte nos preços dos combustíveis.

A incerteza em relação à economia brasileira em 2021, com consecutivas revisões nas projeções para o Produto Interno Bruto, PIB, do país, também podem prejudicar o setor no médio prazo, pressionando os múltiplos. O Itaú BBA decidiu provisionar esses riscos e reduzir os preços-alvo de todos os bancos de seu portfólio de cobertura.

Bradesco (BBDC4) é apontado como opção de valor mais consolidado

A análise aponta a ação preferencial do Bradesco (BBDC4), a unit do BTG Pactual (BPAC11) e o papel preferencial do Banco Pan (BPAN4) como as favoritas do setor, mantendo recomendação outperform, equivalente a compra. Segundo o Itaú BBA, Bradesco seria a opção de valor mais consolidado, enquanto BTG Pactual representa um maior potencial de crescimento e Banco Pan é vista como a melhor small cap.

O preço-alvo do papel preferencial do Bradesco caiu de R$36,00 para R$32,00, o da unit do BTG Pactual foi ajustado de R$120,00 para R$110,00 e o da ação preferencial do Banco Pan foi cortado de R$16,00 para R$14,00.

Riscos políticos resultaram em recomendação de venda para Banco do Brasil (BBAS3)

Na ponta negativa, o banco cortou a recomendação para o Banco do Brasil (BBAS3) para underperform, equivalente a venda, em meio à pressão que os riscos políticos exercem sobre os múltiplos da estatal. O preço-alvo foi reduzido de R$41,00 para R$32,00.

A unit do Santander Brasil (SANB11) também foi rebaixada, de outperform para market perform, equivalente a neutra, com preço-alvo caindo de R$53,00 para R$43,00. A ação preferencial classe B do Banrisul (BRSR6) e a ação preferencial da ABC Brasil (ABCB4) também foram rebaixadas para neutras, com preços-alvos respectivos de R$14,00 e R$18,00.

O índice financeiro da B3, IFNC, acumula queda de 9,97% em 2021, ante recuo de 3,55% do Ibovespa, refletindo o mau humor do investidor em relação à instabilidade e riscos fiscais do Brasil.

Desempenho das ações dos bancos

Bancos

Por volta das 17h00, o papel preferencial do Bradesco (BBDC4) subia 1,28%, cotado a R$25,34. A unit do BTG Pactual (BPAC11) e a ação preferencial do Banco Pan (BPAN4) caía 1,28%, a R$93,35, e 0,62%, a R$11,26, respectivamente. Já o papel ordinário do Banco do Brasil (BBAS3) recuava 0,20%, a R$29,94.

No mesmo horário, a unit do Banco Santander Brasil (SANB11) tinha alta de 1,82%, a R$39,81. A ação preferencial classe B do Banrisul (BRSR6) e o papel preferencial da ABC Brasil (ABCB4) subiam 0,17%, a R$12,13, e 1,54%, a R$15,21, respectivamente. O Ibovespa avançava 0,55%, aos 114,7 mil pontos.

Para acompanhar o desempenho das ações dos bancos e de outras empresas, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Gustavo Boldrini
Edição: Angelo Pavini e João Pedro Malar
Arte: TC Mover


Leia também

Especial: Stone não planeja adquirir rivais após compra da Linx, diz Lins

Relação ouro-petróleo aponta para normalização do PIB global

Especial: Mercados esperam mais que recados na “Super Quarta”

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.