IBOV

106.419,53 pts

-2,12%

SP500

4.579,80 pts

+0,11%

DJIA

35.798,61 pts

+0,12%

NASDAQ

15.586,02 pts

+0,17%

IFIX

2.693,64 pts

-0,53%

BRENT

US$ 85,36

-1,20%

IO62

¥ 707,50

+1,07%

TRAD3

R$ 5,39

-11,34%

ABEV3

R$ 15,16

-1,04%

AMER3

R$ 32,40

-6,60%

ASAI3

R$ 15,95

-1,23%

AZUL4

R$ 26,90

-8,50%

B3SA3

R$ 12,15

-5,95%

BIDI11

R$ 39,82

-5,48%

BBSE3

R$ 22,17

-1,37%

BRML3

R$ 6,97

-4,52%

BBDC3

R$ 17,28

-2,70%

BBDC4

R$ 20,29

-2,73%

BRAP4

R$ 51,89

-1,48%

BBAS3

R$ 29,20

-1,21%

BRKM5

R$ 57,03

+2,14%

BRFS3

R$ 20,98

-3,09%

BPAC11

R$ 22,56

-3,75%

CRFB3

R$ 17,07

-0,59%

CCRO3

R$ 11,42

-4,03%

CMIG4

R$ 13,37

-0,96%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

-6,50%

COGN3

R$ 2,51

-7,38%

CPLE6

R$ 6,07

-2,25%

CSAN3

R$ 20,72

-4,86%

CPFE3

R$ 25,80

+0,86%

CVCB3

R$ 16,91

-6,52%

CYRE3

R$ 14,61

-5,19%

ECOR3

R$ 8,50

-3,62%

ELET3

R$ 36,18

-1,09%

ELET6

R$ 35,90

-0,41%

EMBR3

R$ 23,17

-3,89%

ENBR3

R$ 19,67

+1,86%

ENGI11

R$ 40,42

-3,76%

ENEV3

R$ 14,07

-3,63%

EGIE3

R$ 38,51

-0,67%

EQTL3

R$ 23,91

-1,36%

EZTC3

R$ 18,63

-7,81%

FLRY3

R$ 19,73

-1,74%

GGBR4

R$ 28,05

+0,28%

GOAU4

R$ 13,04

+0,77%

GOLL4

R$ 16,18

-6,31%

NTCO3

R$ 40,56

-0,39%

HAPV3

R$ 11,53

-2,45%

HYPE3

R$ 28,02

-3,11%

IGTA3

R$ 29,11

-2,80%

GNDI3

R$ 65,29

-1,83%

IRBR3

R$ 4,86

-3,95%

ITSA4

R$ 10,47

-2,05%

ITUB4

R$ 23,74

-1,41%

JBSS3

R$ 36,89

-0,80%

JHSF3

R$ 5,26

-5,22%

KLBN11

R$ 23,87

-1,52%

RENT3

R$ 45,50

-6,60%

LCAM3

R$ 20,13

-6,76%

LWSA3

R$ 19,67

-6,19%

LAME4

R$ 5,14

-6,20%

LREN3

R$ 31,49

-4,37%

MGLU3

R$ 11,98

-3,38%

MRFG3

R$ 24,61

-0,88%

BEEF3

R$ 8,94

-3,66%

MRVE3

R$ 10,41

-4,14%

MULT3

R$ 17,30

-3,83%

PCAR3

R$ 25,93

-4,03%

PETR3

R$ 29,27

-1,24%

PETR4

R$ 28,76

-1,20%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,15

-1,20%

QUAL3

R$ 17,98

-2,17%

RADL3

R$ 22,06

-1,73%

RAIL3

R$ 16,29

-2,51%

SBSP3

R$ 35,56

-1,55%

SANB11

R$ 35,07

-1,65%

CSNA3

R$ 24,43

-6,47%

SULA11

R$ 25,48

-1,54%

SUZB3

R$ 50,45

-2,01%

TAEE11

R$ 36,72

-1,71%

VIVT3

R$ 44,79

-0,24%

TIMS3

R$ 11,58

-3,50%

TOTS3

R$ 33,40

-0,44%

UGPA3

R$ 13,23

-3,92%

USIM5

R$ 14,22

-3,33%

VALE3

R$ 76,18

-1,32%

VIIA3

R$ 6,66

-5,79%

WEGE3

R$ 39,66

-0,22%

YDUQ3

R$ 21,10

-5,46%

IBOV

106.419,53 pts

-2,12%

SP500

4.579,80 pts

+0,11%

DJIA

35.798,61 pts

+0,12%

NASDAQ

15.586,02 pts

+0,17%

IFIX

2.693,64 pts

-0,53%

BRENT

US$ 85,36

-1,20%

IO62

¥ 707,50

+1,07%

TRAD3

R$ 5,39

-11,34%

ABEV3

R$ 15,16

-1,04%

AMER3

R$ 32,40

-6,60%

ASAI3

R$ 15,95

-1,23%

AZUL4

R$ 26,90

-8,50%

B3SA3

R$ 12,15

-5,95%

BIDI11

R$ 39,82

-5,48%

BBSE3

R$ 22,17

-1,37%

BRML3

R$ 6,97

-4,52%

BBDC3

R$ 17,28

-2,70%

BBDC4

R$ 20,29

-2,73%

BRAP4

R$ 51,89

-1,48%

BBAS3

R$ 29,20

-1,21%

BRKM5

R$ 57,03

+2,14%

BRFS3

R$ 20,98

-3,09%

BPAC11

R$ 22,56

-3,75%

CRFB3

R$ 17,07

-0,59%

CCRO3

R$ 11,42

-4,03%

CMIG4

R$ 13,37

-0,96%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,30

-6,50%

COGN3

R$ 2,51

-7,38%

CPLE6

R$ 6,07

-2,25%

CSAN3

R$ 20,72

-4,86%

CPFE3

R$ 25,80

+0,86%

CVCB3

R$ 16,91

-6,52%

CYRE3

R$ 14,61

-5,19%

ECOR3

R$ 8,50

-3,62%

ELET3

R$ 36,18

-1,09%

ELET6

R$ 35,90

-0,41%

EMBR3

R$ 23,17

-3,89%

ENBR3

R$ 19,67

+1,86%

ENGI11

R$ 40,42

-3,76%

ENEV3

R$ 14,07

-3,63%

EGIE3

R$ 38,51

-0,67%

EQTL3

R$ 23,91

-1,36%

EZTC3

R$ 18,63

-7,81%

FLRY3

R$ 19,73

-1,74%

GGBR4

R$ 28,05

+0,28%

GOAU4

R$ 13,04

+0,77%

GOLL4

R$ 16,18

-6,31%

NTCO3

R$ 40,56

-0,39%

HAPV3

R$ 11,53

-2,45%

HYPE3

R$ 28,02

-3,11%

IGTA3

R$ 29,11

-2,80%

GNDI3

R$ 65,29

-1,83%

IRBR3

R$ 4,86

-3,95%

ITSA4

R$ 10,47

-2,05%

ITUB4

R$ 23,74

-1,41%

JBSS3

R$ 36,89

-0,80%

JHSF3

R$ 5,26

-5,22%

KLBN11

R$ 23,87

-1,52%

RENT3

R$ 45,50

-6,60%

LCAM3

R$ 20,13

-6,76%

LWSA3

R$ 19,67

-6,19%

LAME4

R$ 5,14

-6,20%

LREN3

R$ 31,49

-4,37%

MGLU3

R$ 11,98

-3,38%

MRFG3

R$ 24,61

-0,88%

BEEF3

R$ 8,94

-3,66%

MRVE3

R$ 10,41

-4,14%

MULT3

R$ 17,30

-3,83%

PCAR3

R$ 25,93

-4,03%

PETR3

R$ 29,27

-1,24%

PETR4

R$ 28,76

-1,20%

BRDT3

R$ 22,03

+0,59%

PRIO3

R$ 27,15

-1,20%

QUAL3

R$ 17,98

-2,17%

RADL3

R$ 22,06

-1,73%

RAIL3

R$ 16,29

-2,51%

SBSP3

R$ 35,56

-1,55%

SANB11

R$ 35,07

-1,65%

CSNA3

R$ 24,43

-6,47%

SULA11

R$ 25,48

-1,54%

SUZB3

R$ 50,45

-2,01%

TAEE11

R$ 36,72

-1,71%

VIVT3

R$ 44,79

-0,24%

TIMS3

R$ 11,58

-3,50%

TOTS3

R$ 33,40

-0,44%

UGPA3

R$ 13,23

-3,92%

USIM5

R$ 14,22

-3,33%

VALE3

R$ 76,18

-1,32%

VIIA3

R$ 6,66

-5,79%

WEGE3

R$ 39,66

-0,22%

YDUQ3

R$ 21,10

-5,46%

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 9 de junho – A Latam anunciou que retomará 62% de sua capacidade doméstica em junho em relação aos níveis pré-pandêmicos. O dado reforça o otimismo com a retomada do setor com o avanço da vacinação no Brasil, e levou os recibos de papéis da empresa negociados em Nova Iorque (LTM), ADRs, a subirem.

 

Expectativa da Latam superaria capacidade doméstica operada em maio

A projeção, divulgada nesta quarta-feira, 9, pela companhia aérea, é medida em assento por quilômetro disponível, ASK, e é comparada com o mês de junho de 2019, antes da pandemia.

A Latam também destaca que o valor é superior à capacidade doméstica operada no país em maio deste ano, de 49,80%. O grupo prevê operar até 36% da sua capacidade total, em ASK, no mês de junho de 2021, em comparação com junho de 2019, somadas todas as suas filiais. O volume também é superior à capacidade operada por todo o grupo em maio, de 30,80%.

 

Empresa manterá 44 destinos domésticos e retomará 11 internacionais

Segundo o relatório, em maio de 2021, em comparação com maio de 2019, a operação de passageiros da Latam Airlines Brasil alcançou 51,20% de RPK, passageiro por quilômetro transportado, e 49,80% de ASK, assento por quilômetro oferecido. Os números resultaram no aumento de 2,3 pontos percentuais na taxa de ocupação, que ficou em 81,70%.

Já a taxa de ocupação da Latam Cargo em maio foi de 69,8%, o que representa 13,4 pontos percentuais acima do registrado em maio de 2019. A companhia aérea diz que seguirá atendendo em junho 44 destinos domésticos e alcançará uma média de 310 voos diários de passageiros, valor acima dos 250 voos diários em maio.

Do Brasil para o exterior, a empresa retomará 15% da sua capacidade, medida em ASK. Ela atenderá 11 destinos internacionais: Santiago, Madri, Frankfurt, Lisboa, Assunção, Montevidéu, Cidade do México, Miami, Nova York, Buenos Aires e Cancún.

 

Analistas veem possibilidade de fusão entre Azul e operação da Latam no Brasil

A operação brasileira da Latam, que está em recuperação judicial, pode ser alvo de aquisição da Azul na esteira da consolidação do setor. De acordo com analistas do Bradesco BBI, a fusão entre as companhias é “muito provável” e poderia ser uma maneira de tranquilizar os credores da Latam. Controladores da companhia aérea seguem negando que a empresa esteja à venda.

Perto das 14h25, o ADR da companhia áerea negociado em Nova Iorque (LTM) subia 1,45%, cotado a US$2,79. Já na B3, a ação preferencial da Azul (AZUL4) caía 0,89%, a R$48,12, e a da Gol (GOLL4) avançava 2,72%, a R$27,94. No mesmo horário, o Ibovespa operava em alta de 0,68%, aos 130,6 mil pontos.

Texto: Igor Sodré
Edição: Gustavo Boldrini e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Especial: Reforma Administrativa retoma impulso

Inflação de maio, a maior em 25 anos, pressiona Copom

EUA e China guiam mercados; inflação no Brasil e commodities no radar: Espresso

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.