IBOV

101.915,45 pts

-0,87%

SP500

4.621,21 pts

+1,19%

DJIA

34.786,47 pts

+0,88%

NASDAQ

16.369,70 pts

+1,45%

IFIX

2.578,40 pts

+0,56%

BRENT

US$ 72,38

+4,55%

IO62

¥ 624,00

+1,63%

TRAD3

R$ 7,89

+1,02%

ABEV3

R$ 16,06

-1,65%

AMER3

R$ 30,32

-3,68%

ASAI3

R$ 12,75

-2,44%

AZUL4

R$ 23,38

-0,76%

B3SA3

R$ 11,11

-3,47%

BIDI11

R$ 36,23

-4,60%

BBSE3

R$ 20,88

-2,20%

BRML3

R$ 7,90

+0,12%

BBDC3

R$ 17,02

-2,57%

BBDC4

R$ 19,91

-1,92%

BRAP4

R$ 49,75

+0,79%

BBAS3

R$ 31,84

+3,04%

BRKM5

R$ 50,05

-3,80%

BRFS3

R$ 19,75

-2,66%

BPAC11

R$ 20,94

-2,10%

CRFB3

R$ 15,33

-1,41%

CCRO3

R$ 12,31

+7,04%

CMIG4

R$ 13,14

-2,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+0,00%

COGN3

R$ 2,48

+2,47%

CPLE6

R$ 6,14

+0,16%

CSAN3

R$ 21,25

-1,30%

CPFE3

R$ 26,40

+0,18%

CVCB3

R$ 13,62

-6,64%

CYRE3

R$ 13,60

-3,06%

ECOR3

R$ 8,30

+0,60%

ELET3

R$ 32,63

-0,54%

ELET6

R$ 32,05

-0,80%

EMBR3

R$ 19,14

-3,03%

ENBR3

R$ 21,40

-0,41%

ENGI11

R$ 45,49

+0,35%

ENEV3

R$ 13,95

-2,17%

EGIE3

R$ 38,53

-0,64%

EQTL3

R$ 22,57

-1,52%

EZTC3

R$ 18,14

-1,41%

FLRY3

R$ 17,47

-2,72%

GGBR4

R$ 25,71

-0,50%

GOAU4

R$ 10,65

-1,20%

GOLL4

R$ 16,00

+2,43%

NTCO3

R$ 26,69

-0,78%

HAPV3

R$ 10,91

-4,88%

HYPE3

R$ 27,12

-0,80%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,46

-4,34%

IRBR3

R$ 4,31

+2,86%

ITSA4

R$ 9,67

-1,92%

ITUB4

R$ 22,38

-1,32%

JBSS3

R$ 35,65

+2,61%

JHSF3

R$ 4,70

-3,09%

KLBN11

R$ 23,87

+0,20%

RENT3

R$ 51,11

-2,81%

LCAM3

R$ 23,17

-1,40%

LWSA3

R$ 13,19

-10,39%

LAME4

R$ 5,47

-3,52%

LREN3

R$ 28,45

-1,31%

MGLU3

R$ 7,80

-2,74%

MRFG3

R$ 23,57

-0,92%

BEEF3

R$ 8,58

-1,37%

MRVE3

R$ 11,09

-1,07%

MULT3

R$ 19,60

-0,45%

PCAR3

R$ 22,40

-3,07%

PETR3

R$ 30,14

-0,62%

PETR4

R$ 29,43

-0,27%

VBBR3

21,76

+0,41%

PRIO3

R$ 20,29

-2,96%

QUAL3

R$ 15,73

-2,72%

RADL3

R$ 22,38

-1,40%

RAIL3

R$ 17,57

-0,34%

SBSP3

R$ 33,68

-1,63%

SANB11

R$ 32,96

-2,05%

CSNA3

R$ 21,76

-3,28%

SULA11

R$ 24,96

-2,04%

SUZB3

R$ 56,16

+0,69%

TAEE11

R$ 36,03

-0,74%

VIVT3

R$ 50,29

+0,05%

TIMS3

R$ 13,80

-0,71%

TOTS3

R$ 31,69

-1,97%

UGPA3

R$ 14,43

+1,05%

USIM5

R$ 13,59

-1,01%

VALE3

R$ 69,95

+0,67%

VIIA3

R$ 5,67

-2,57%

WEGE3

R$ 32,23

-0,76%

YDUQ3

R$ 21,83

+4,30%

IBOV

101.915,45 pts

-0,87%

SP500

4.621,21 pts

+1,19%

DJIA

34.786,47 pts

+0,88%

NASDAQ

16.369,70 pts

+1,45%

IFIX

2.578,40 pts

+0,56%

BRENT

US$ 72,38

+4,55%

IO62

¥ 624,00

+1,63%

TRAD3

R$ 7,89

+1,02%

ABEV3

R$ 16,06

-1,65%

AMER3

R$ 30,32

-3,68%

ASAI3

R$ 12,75

-2,44%

AZUL4

R$ 23,38

-0,76%

B3SA3

R$ 11,11

-3,47%

BIDI11

R$ 36,23

-4,60%

BBSE3

R$ 20,88

-2,20%

BRML3

R$ 7,90

+0,12%

BBDC3

R$ 17,02

-2,57%

BBDC4

R$ 19,91

-1,92%

BRAP4

R$ 49,75

+0,79%

BBAS3

R$ 31,84

+3,04%

BRKM5

R$ 50,05

-3,80%

BRFS3

R$ 19,75

-2,66%

BPAC11

R$ 20,94

-2,10%

CRFB3

R$ 15,33

-1,41%

CCRO3

R$ 12,31

+7,04%

CMIG4

R$ 13,14

-2,52%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

+0,00%

COGN3

R$ 2,48

+2,47%

CPLE6

R$ 6,14

+0,16%

CSAN3

R$ 21,25

-1,30%

CPFE3

R$ 26,40

+0,18%

CVCB3

R$ 13,62

-6,64%

CYRE3

R$ 13,60

-3,06%

ECOR3

R$ 8,30

+0,60%

ELET3

R$ 32,63

-0,54%

ELET6

R$ 32,05

-0,80%

EMBR3

R$ 19,14

-3,03%

ENBR3

R$ 21,40

-0,41%

ENGI11

R$ 45,49

+0,35%

ENEV3

R$ 13,95

-2,17%

EGIE3

R$ 38,53

-0,64%

EQTL3

R$ 22,57

-1,52%

EZTC3

R$ 18,14

-1,41%

FLRY3

R$ 17,47

-2,72%

GGBR4

R$ 25,71

-0,50%

GOAU4

R$ 10,65

-1,20%

GOLL4

R$ 16,00

+2,43%

NTCO3

R$ 26,69

-0,78%

HAPV3

R$ 10,91

-4,88%

HYPE3

R$ 27,12

-0,80%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,46

-4,34%

IRBR3

R$ 4,31

+2,86%

ITSA4

R$ 9,67

-1,92%

ITUB4

R$ 22,38

-1,32%

JBSS3

R$ 35,65

+2,61%

JHSF3

R$ 4,70

-3,09%

KLBN11

R$ 23,87

+0,20%

RENT3

R$ 51,11

-2,81%

LCAM3

R$ 23,17

-1,40%

LWSA3

R$ 13,19

-10,39%

LAME4

R$ 5,47

-3,52%

LREN3

R$ 28,45

-1,31%

MGLU3

R$ 7,80

-2,74%

MRFG3

R$ 23,57

-0,92%

BEEF3

R$ 8,58

-1,37%

MRVE3

R$ 11,09

-1,07%

MULT3

R$ 19,60

-0,45%

PCAR3

R$ 22,40

-3,07%

PETR3

R$ 30,14

-0,62%

PETR4

R$ 29,43

-0,27%

VBBR3

21,76

+0,41%

PRIO3

R$ 20,29

-2,96%

QUAL3

R$ 15,73

-2,72%

RADL3

R$ 22,38

-1,40%

RAIL3

R$ 17,57

-0,34%

SBSP3

R$ 33,68

-1,63%

SANB11

R$ 32,96

-2,05%

CSNA3

R$ 21,76

-3,28%

SULA11

R$ 24,96

-2,04%

SUZB3

R$ 56,16

+0,69%

TAEE11

R$ 36,03

-0,74%

VIVT3

R$ 50,29

+0,05%

TIMS3

R$ 13,80

-0,71%

TOTS3

R$ 31,69

-1,97%

UGPA3

R$ 14,43

+1,05%

USIM5

R$ 13,59

-1,01%

VALE3

R$ 69,95

+0,67%

VIIA3

R$ 5,67

-2,57%

WEGE3

R$ 32,23

-0,76%

YDUQ3

R$ 21,83

+4,30%

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento
São Paulo, 26 de outubro – A fabricante brasileira de proteína animal Marfrig teve um terceiro trimestre histórico para suas receitas e lucro operacional, impulsionados pela forte demanda nos Estados Unidos, diante do avanço da vacinação no país e como consequência, também, da reabertura da economia.

A receita líquida consolidada no terceiro trimestre foi de R$23,63 bilhões, superior ao consenso de R$21,7 bilhões, e 40,4% maior ante à obtida um ano antes. Já o lucro operacional, medido pelo conceito EBITDA, mais do que dobrou, crescendo 115,6% na mesma base comparativa, para R$4,73 bilhões, ante estimativas de R$3,95 bilhões.

A margem EBITDA ficou em 20%, 700 pontos-base maior que um ano antes. Em relatório, a companhia sustenta que os resultados recordes decorrem de maiores volumes de vendas e preços em todas as operações. Mas destaca a forte demanda por carne bovina nos Estados Unidos.

“A histórica performance no trimestre é explicada pelo recorde da Operação América do Norte, que compensou a menor lucratividade da Operação América do Sul, pressionada pelo maior custo de matéria prima. No trimestre, 95% do EBITDA consolidado foi composto pelo EBITDA da Operação América do Norte”, disse a Marfrig.

Marfrig no mercado americano

O desempenho no mercado norte-americano foi oriundo “do avanço no processo de vacinação contra Covid‐19, à recomposição dos estoques da cadeia de food‐service, ao cenário econômico ainda impulsionado pelos estímulos financeiros do governo federal e pela sazonalidade do período”.

A fabricante de proteína também elenca a alta de 43% nos preços praticados no mercado norte-americano como impulsionadores dos resultados, em comparação aos valores de igual período de 2020.

O lucro líquido das operações continuadas no trimestre ficou em linha com o consenso e bateu R$1,67 bilhão, 148,7% na base anual, mas 3,6% menor em relação ao segundo trimestre. Contudo, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$1,27 bilhão, afetado pela variação cambial e pela marcação a mercado do investimento da compra de participação na BRF.

“Além do crescimento nos juros líquidos provisionados, pois a companhia elevou a participação de dívida em moeda local (reais), que foram impactadas pelo aumento da taxa básica de juros. Nesse trimestre, a variação cambial foi negativa em R$696,3 milhões.”

A receita líquida da companhia em dólar responde por 92% do total, e corresponde às vendas na América do Norte e às exportações a partir da América do Sul. “A Marfrig tem um mix de receita distribuído entre os principais mercados consumidores do mundo. No terceiro trimestre, os EUA representaram 66% das vendas e as receitas provenientes de exportações para China e Hong Kong atingiram 11%, enquanto a participação do Brasil foi de 7%”, explicou.

Crescimento orgânico

No período, a Marfrig investiu R$530,6 milhões em suas operações, “sendo que aproximadamente 54,4%, o equivalente a R$288,8 milhões, foram destinados para projetos de crescimento orgânico”.

O fluxo de caixa operacional foi positivo em R$4,7 bilhões e a dívida líquida, de US$2,52 bilhões, caiu 12,2% ante o segundo trimestre. “Quando medida em reais, a redução da dívida líquida foi de 4,5%.”

O índice de alavancagem ficou em 1,07%, medido pela relação entre dívida liquida e EBITDA em dólares. As ações ordinárias da Marfrig (MRFG3) encerram o dia em queda de 0,85%.

Texto: Iolanda Nascimento

Edição: Gabriel Ponte e Letícia Matsuura

Arte: Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.