0

Oferta de ações da Eletrobras está prevista para março, segundo BNDES

empresas

Oferta de ações da Eletrobras está prevista para março, segundo BNDES

As ações da Eletrobras devem ser precificadas em abril; objetivo é que a empresa se torne uma corporação sem acionista controlador

Oferta de ações da Eletrobras está prevista para março, segundo BNDES
beatriz-cantadori

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 5 de janeiro– O Banco Nacional de Desenvolvimento Social, BNDES, comunicou em audiência pública nesta quarta-feira que a oferta de ações da Eletrobras deve ocorrer em março, enquanto a precificação é esperada para abril e, posteriormente, o processo de capitalização será finalizado.

A informação foi dada pelo chefe de Estruturação de Empresas e Desinvestimento do BNDES, Leonardo Mandelblatt, na audiência que debateu sobre a privatização da Eletrobras.

A venda das ações pode render mais de R$26 bilhões. A finalidade da desestatização da empresa é que ela se torne uma corporação sem acionista controlador.

Processo de privatização da Eletrobras

Após a capitalização, que será feita via oferta subsequente de ações, ou follow on, o Estado controlará 45% do capital total deixando de ser acionista controlador. Além disso, nenhum acionista poderá ter mais que 10% do capital votante, regra que vale inclusive para a União.

Um dos envolvidos no processo de desestatização, o banco Genial mostrou na audiência algumas projeções e indicou a possibilidade de uma oferta secundária, com a venda de ações hoje detidas pela União, caso necessário.

De acordo com uma média recente dos preços das ações da Eletrobras, caso a oferta primária atinja o valor de R$24,4 bilhões, a secundária pode ficar entre R$500 milhões e R$8,4 bilhões. Isso depende do valor dos papéis no momento da precificação. O BNDES trabalha com uma faixa entre R$32,57 e R$55 por ação.

O preço final será determinado pela média das cotações de fechamento dos 15 dias anteriores à data de precificação, segundo o BNDES. Está prevista uma assembleia de acionistas em fevereiro para deliberar sobre a operação. A expectativa do governo é que o processo seja finalizado até maio.

Análise do TCU

A expectativa do BNDES é de que o Tribunal de Contas da União, TCU, forneça a primeira autorização ainda em janeiro para a privatização, que já era esperada para dezembro do ano passado, mas não ocorreu devido ao pedido de vista do ministro Vital do Rêgo. O segundo aval é esperado para março.

O TCU, na primeira etapa, estuda os valores que serão gastos durante o processo, e no segundo momento é o modelo de privatização.

Desempenho de ações da Eletrobras

A ação preferencial da Eletrobras (ELET6) caiu 0,22%, cotada a R$31,32. O Ibovespa fechou em queda de 2,44%, aos 100.982 mil pontos. Ação Eletrobras - ELET6

Para acompanhar o desempenho das ações da companhia e de outras empresas listadas na bolsa brasileira, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Beatriz Lauerti
Edição: Letícia Matsuura e Renato Carvalho
Arte: Vinícius Martins/ Mover

Nesta matéria

ELET6

CENTRAIS ELET BRAS S.A. -...

40,38

1,18

+2,80%

Relacionadas

ELET3

CENTRAIS ELET BRAS S.A. -...

41,58

1,51

+3,54%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.