IBOV

102.202,88 pts

-3,41%

SP500

4.581,57 pts

-2,33%

DJIA

34.682,33 pts

-2,79%

NASDAQ

16.043,28 pts

-2,00%

IFIX

2.541,57 pts

-0,15%

BRENT

US$ 72,62

-11,02%

IO62

¥ 588,50

+1,64%

TRAD3

R$ 7,88

-2,83%

ABEV3

R$ 16,70

-3,30%

AMER3

R$ 30,49

-6,64%

ASAI3

R$ 13,26

-3,42%

AZUL4

R$ 23,41

-13,74%

B3SA3

R$ 11,74

-4,78%

BIDI11

R$ 35,96

-4,59%

BBSE3

R$ 21,50

-3,15%

BRML3

R$ 8,06

-5,39%

BBDC3

R$ 17,57

-3,40%

BBDC4

R$ 20,44

-3,99%

BRAP4

R$ 48,80

-2,78%

BBAS3

R$ 30,90

-2,52%

BRKM5

R$ 50,31

-2,65%

BRFS3

R$ 20,51

-4,47%

BPAC11

R$ 20,77

-4,24%

CRFB3

R$ 15,67

-3,56%

CCRO3

R$ 11,73

-1,17%

CMIG4

R$ 13,38

-1,83%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

-4,58%

COGN3

R$ 2,36

-5,60%

CPLE6

R$ 6,07

-1,62%

CSAN3

R$ 21,31

-1,15%

CPFE3

R$ 25,78

-1,03%

CVCB3

R$ 14,97

-10,89%

CYRE3

R$ 14,52

-4,84%

ECOR3

R$ 8,50

-1,39%

ELET3

R$ 32,64

-3,14%

ELET6

R$ 32,23

-2,62%

EMBR3

R$ 19,30

-8,18%

ENBR3

R$ 21,13

-0,33%

ENGI11

R$ 44,53

-0,97%

ENEV3

R$ 14,38

-2,96%

EGIE3

R$ 39,04

-0,53%

EQTL3

R$ 22,64

-2,41%

EZTC3

R$ 18,57

-2,67%

FLRY3

R$ 18,00

-4,40%

GGBR4

R$ 25,66

-2,58%

GOAU4

R$ 10,68

-2,64%

GOLL4

R$ 15,20

-10,11%

NTCO3

R$ 27,07

-1,74%

HAPV3

R$ 11,65

-5,59%

HYPE3

R$ 27,88

-3,02%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,45

-4,73%

IRBR3

R$ 4,13

-2,82%

ITSA4

R$ 9,80

-2,39%

ITUB4

R$ 22,86

-1,71%

JBSS3

R$ 34,32

-3,18%

JHSF3

R$ 4,91

-2,38%

KLBN11

R$ 23,28

-1,73%

RENT3

R$ 52,51

-2,97%

LCAM3

R$ 23,60

-2,60%

LWSA3

R$ 13,70

-4,46%

LAME4

R$ 5,54

-4,64%

LREN3

R$ 29,31

-4,86%

MGLU3

R$ 8,07

-7,56%

MRFG3

R$ 23,68

-3,22%

BEEF3

R$ 8,66

-3,67%

MRVE3

R$ 11,39

-3,88%

MULT3

R$ 19,46

-5,76%

PCAR3

R$ 23,17

-1,48%

PETR3

R$ 29,25

-4,25%

PETR4

R$ 28,64

-3,56%

VBBR3

21,68

-2,73%

PRIO3

R$ 20,05

-9,27%

QUAL3

R$ 16,44

-4,58%

RADL3

R$ 22,75

-3,51%

RAIL3

R$ 17,61

-1,51%

SBSP3

R$ 34,06

-2,63%

SANB11

R$ 34,15

-2,95%

CSNA3

R$ 22,39

-4,92%

SULA11

R$ 25,46

-5,28%

SUZB3

R$ 54,68

-0,43%

TAEE11

R$ 35,88

+0,16%

VIVT3

R$ 50,82

-0,13%

TIMS3

R$ 13,94

-1,69%

TOTS3

R$ 31,17

-3,76%

UGPA3

R$ 13,69

-2,97%

USIM5

R$ 12,93

-6,03%

VALE3

R$ 69,00

-2,05%

VIIA3

R$ 5,70

-4,04%

WEGE3

R$ 32,60

-3,83%

YDUQ3

R$ 20,93

-5,55%

IBOV

102.202,88 pts

-3,41%

SP500

4.581,57 pts

-2,33%

DJIA

34.682,33 pts

-2,79%

NASDAQ

16.043,28 pts

-2,00%

IFIX

2.541,57 pts

-0,15%

BRENT

US$ 72,62

-11,02%

IO62

¥ 588,50

+1,64%

TRAD3

R$ 7,88

-2,83%

ABEV3

R$ 16,70

-3,30%

AMER3

R$ 30,49

-6,64%

ASAI3

R$ 13,26

-3,42%

AZUL4

R$ 23,41

-13,74%

B3SA3

R$ 11,74

-4,78%

BIDI11

R$ 35,96

-4,59%

BBSE3

R$ 21,50

-3,15%

BRML3

R$ 8,06

-5,39%

BBDC3

R$ 17,57

-3,40%

BBDC4

R$ 20,44

-3,99%

BRAP4

R$ 48,80

-2,78%

BBAS3

R$ 30,90

-2,52%

BRKM5

R$ 50,31

-2,65%

BRFS3

R$ 20,51

-4,47%

BPAC11

R$ 20,77

-4,24%

CRFB3

R$ 15,67

-3,56%

CCRO3

R$ 11,73

-1,17%

CMIG4

R$ 13,38

-1,83%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,08

-4,58%

COGN3

R$ 2,36

-5,60%

CPLE6

R$ 6,07

-1,62%

CSAN3

R$ 21,31

-1,15%

CPFE3

R$ 25,78

-1,03%

CVCB3

R$ 14,97

-10,89%

CYRE3

R$ 14,52

-4,84%

ECOR3

R$ 8,50

-1,39%

ELET3

R$ 32,64

-3,14%

ELET6

R$ 32,23

-2,62%

EMBR3

R$ 19,30

-8,18%

ENBR3

R$ 21,13

-0,33%

ENGI11

R$ 44,53

-0,97%

ENEV3

R$ 14,38

-2,96%

EGIE3

R$ 39,04

-0,53%

EQTL3

R$ 22,64

-2,41%

EZTC3

R$ 18,57

-2,67%

FLRY3

R$ 18,00

-4,40%

GGBR4

R$ 25,66

-2,58%

GOAU4

R$ 10,68

-2,64%

GOLL4

R$ 15,20

-10,11%

NTCO3

R$ 27,07

-1,74%

HAPV3

R$ 11,65

-5,59%

HYPE3

R$ 27,88

-3,02%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,45

-4,73%

IRBR3

R$ 4,13

-2,82%

ITSA4

R$ 9,80

-2,39%

ITUB4

R$ 22,86

-1,71%

JBSS3

R$ 34,32

-3,18%

JHSF3

R$ 4,91

-2,38%

KLBN11

R$ 23,28

-1,73%

RENT3

R$ 52,51

-2,97%

LCAM3

R$ 23,60

-2,60%

LWSA3

R$ 13,70

-4,46%

LAME4

R$ 5,54

-4,64%

LREN3

R$ 29,31

-4,86%

MGLU3

R$ 8,07

-7,56%

MRFG3

R$ 23,68

-3,22%

BEEF3

R$ 8,66

-3,67%

MRVE3

R$ 11,39

-3,88%

MULT3

R$ 19,46

-5,76%

PCAR3

R$ 23,17

-1,48%

PETR3

R$ 29,25

-4,25%

PETR4

R$ 28,64

-3,56%

VBBR3

21,68

-2,73%

PRIO3

R$ 20,05

-9,27%

QUAL3

R$ 16,44

-4,58%

RADL3

R$ 22,75

-3,51%

RAIL3

R$ 17,61

-1,51%

SBSP3

R$ 34,06

-2,63%

SANB11

R$ 34,15

-2,95%

CSNA3

R$ 22,39

-4,92%

SULA11

R$ 25,46

-5,28%

SUZB3

R$ 54,68

-0,43%

TAEE11

R$ 35,88

+0,16%

VIVT3

R$ 50,82

-0,13%

TIMS3

R$ 13,94

-1,69%

TOTS3

R$ 31,17

-3,76%

UGPA3

R$ 13,69

-2,97%

USIM5

R$ 12,93

-6,03%

VALE3

R$ 69,00

-2,05%

VIIA3

R$ 5,70

-4,04%

WEGE3

R$ 32,60

-3,83%

YDUQ3

R$ 20,93

-5,55%

Atualizado há 29 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 29 de outubro – A Petrobras pode ter espaço para uma distribuição adicional de dividendos em 2021, e os proventos aos acionistas devem se tornar mais frequentes em 2022, uma vez que a companhia antecipou sua meta de redução de dívida, disseram executivos em teleconferência.

“Em 2021, tendo a possibilidade, a depender dos resultados do quarto trimestre, podemos eventualmente anunciar uma distribuição adicional. E a partir de 2022, nossa expectativa é de cumprir com nossa política de dividendos, que é fazer a distribuição de 60% de nosso fluxo de caixa livre”, afirmou o diretor financeiro da estatal, Rodrigo Araujo.

A Petrobras divulgou na quinta-feira, 29, o lucro líquido de R$31,1 bilhões no terceiro trimestre, além de uma antecipação de R$31,8 bilhões em distribuição aos acionistas. Esse valor soma-se aos R$31,6 bilhões em proventos anunciados em agosto, totalizando R$63,4 bilhões.

A companhia reduziu sua dívida bruta para US$59,6 bilhões, ante US$64 bilhões no segundo trimestre, antecipando meta antes prevista para 2022 e diminuindo a alavancagem para 1,17 vezes, patamar que, segundo Araujo, está em linha com as rivais da empresa no setor de óleo e gás.

O presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, disse que a redução da dívida, que era de US$111 bilhões em 2018, foi “a maior recuperação financeira da história”, destacando, ainda, que a companhia teve entre julho e setembro a segunda maior geração de caixa operacional já registrada em um trimestre.

Luna, no entanto, fez questão de enfatizar que “a Petrobras não persegue o lucro pelo lucro”. “Nosso objetivo é retornar valor para nossos acionistas e sociedade”, afirmou.

O comentário de Luna veio após o presidente Jair Bolsonaro ter defendido ontem que a estatal deveria ter lucro “não muito alto”. “Além de lucro alto para acionista, a Petrobras está pagando dívidas bilionárias”, afirmou Bolsonaro, em transmissão ao vivo pela internet.

Refinarias

O diretor financeiro da Petrobras afirmou também que a empresa segue sem alterações no plano de vender parte de suas refinarias e está no momento em conversas com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica para definir como retomar os processos de alienação de unidades para as quais não fechou negócio.

“Nosso interesse é relançar os processos, estamos discutindo com o Cade isso, a estratégia em termos de ‘timing’, sequência, ordem”, disse Araujo, sem entrar em detalhes.

Ele explicou que a venda da Repar, no Paraná, não foi concluída porque as ofertas estavam “bastante fora do valor mínimo que a gente entendia razoável”, enquanto a Rnest, em Pernambuco, não recebeu propostas e a operação pela Refap, no Rio Grande do Sul, travou nas negociações contratuais sobre uma oferta da Ultrapar.

Desempenho das ações da Petrobras

O balanço da Petrobras superado expectativas e o anúncio dos dividendo adicional poderiam impulsionar as ações hoje. Contudo, as declarações de Jair Bolsonaro azedaram os papéis da estatal. Perto das 14h, a ação preferencial (PETR4) recuava 3,76%, a R$27,87, enquanto a ordinária (PETR3) caía 4,29%, a R$28,32. No mesmo horário, o Ibovespa operava em queda de 0,70%, aos 104,9 mil pontos. Ação Petrobras- PETR4

Para acompanhar o desempenho das ações da petroleira e de outras empresas listadas na bolsa brasileira, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

Texto: Luciano Costa
Edição: Gabriela Guedes e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.