IBOV

106.447,16 pts

-0,44%

SP500

4.660,76 pts

-0,04%

DJIA

35.955,91 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,28%

IFIX

2.792,83 pts

+0,35%

BRENT

US$ 86,55

+0,56%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,44

-3,47%

ABEV3

R$ 14,82

-1,85%

AMER3

R$ 30,43

+0,39%

ASAI3

R$ 11,99

-1,15%

AZUL4

R$ 25,91

-1,59%

B3SA3

R$ 12,41

+1,55%

BIDI11

R$ 23,23

-2,60%

BBSE3

R$ 19,69

+1,23%

BRML3

R$ 8,35

-0,59%

BBDC3

R$ 17,50

+0,34%

BBDC4

R$ 21,00

+0,62%

BRAP4

R$ 27,59

+0,25%

BBAS3

R$ 30,47

+0,19%

BRKM5

R$ 49,16

-5,75%

BRFS3

R$ 24,19

-0,45%

BPAC11

R$ 19,74

-0,45%

CRFB3

R$ 14,35

-0,34%

CCRO3

R$ 11,25

-1,22%

CMIG4

R$ 12,76

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,11

+4,45%

COGN3

R$ 2,15

-0,46%

CPLE6

R$ 6,39

+0,78%

CSAN3

R$ 21,17

-0,23%

CPFE3

R$ 26,08

+0,50%

CVCB3

R$ 11,56

-1,28%

CYRE3

R$ 14,18

-0,08%

ECOR3

R$ 7,20

+0,00%

ELET3

R$ 31,57

-0,12%

ELET6

R$ 31,18

+0,28%

EMBR3

R$ 21,49

-2,36%

ENBR3

R$ 21,01

+1,01%

ENGI11

R$ 40,99

+0,04%

ENEV3

R$ 12,71

+0,55%

EGIE3

R$ 38,45

+0,15%

EQTL3

R$ 22,27

-1,54%

EZTC3

R$ 18,57

-0,21%

FLRY3

R$ 17,64

-1,61%

GGBR4

R$ 28,01

-0,95%

GOAU4

R$ 11,65

-0,76%

GOLL4

R$ 16,64

-1,71%

NTCO3

R$ 21,14

-3,02%

HAPV3

R$ 10,53

+2,13%

HYPE3

R$ 27,91

-0,32%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,69

+2,01%

IRBR3

R$ 3,49

-1,41%

ITSA4

R$ 9,55

-0,07%

ITUB4

R$ 23,52

+0,08%

JBSS3

R$ 37,11

-0,74%

JHSF3

R$ 4,86

+0,20%

KLBN11

R$ 24,47

-3,35%

RENT3

R$ 50,46

-1,58%

LCAM3

R$ 22,59

-1,26%

LWSA3

R$ 8,56

+2,02%

LAME4

R$ 5,73

+0,88%

LREN3

R$ 23,66

-1,29%

MGLU3

R$ 6,15

-2,84%

MRFG3

R$ 23,32

-0,80%

BEEF3

R$ 10,09

-1,75%

MRVE3

R$ 11,06

-0,27%

MULT3

R$ 18,24

-1,35%

PCAR3

R$ 19,16

-3,76%

PETR3

R$ 34,40

-0,46%

PETR4

R$ 31,50

+0,15%

VBBR3

19,70

-0,65%

PRIO3

R$ 22,86

-0,17%

QUAL3

R$ 16,43

+3,13%

RADL3

R$ 20,53

-2,23%

RAIL3

R$ 16,38

+0,42%

SBSP3

R$ 35,36

+0,71%

SANB11

R$ 31,62

-0,75%

CSNA3

R$ 25,15

-2,21%

SULA11

R$ 23,27

+1,04%

SUZB3

R$ 62,22

-0,87%

TAEE11

R$ 36,13

+0,19%

VIVT3

R$ 47,85

+2,06%

TIMS3

R$ 12,84

+1,66%

TOTS3

R$ 25,25

+0,19%

UGPA3

R$ 12,86

-2,27%

USIM5

R$ 16,13

-1,94%

VALE3

R$ 84,34

-0,41%

VIIA3

R$ 3,87

-2,51%

WEGE3

R$ 30,34

-1,17%

YDUQ3

R$ 19,01

+0,58%

IBOV

106.447,16 pts

-0,44%

SP500

4.660,76 pts

-0,04%

DJIA

35.955,91 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,28%

IFIX

2.792,83 pts

+0,35%

BRENT

US$ 86,55

+0,56%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,44

-3,47%

ABEV3

R$ 14,82

-1,85%

AMER3

R$ 30,43

+0,39%

ASAI3

R$ 11,99

-1,15%

AZUL4

R$ 25,91

-1,59%

B3SA3

R$ 12,41

+1,55%

BIDI11

R$ 23,23

-2,60%

BBSE3

R$ 19,69

+1,23%

BRML3

R$ 8,35

-0,59%

BBDC3

R$ 17,50

+0,34%

BBDC4

R$ 21,00

+0,62%

BRAP4

R$ 27,59

+0,25%

BBAS3

R$ 30,47

+0,19%

BRKM5

R$ 49,16

-5,75%

BRFS3

R$ 24,19

-0,45%

BPAC11

R$ 19,74

-0,45%

CRFB3

R$ 14,35

-0,34%

CCRO3

R$ 11,25

-1,22%

CMIG4

R$ 12,76

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,11

+4,45%

COGN3

R$ 2,15

-0,46%

CPLE6

R$ 6,39

+0,78%

CSAN3

R$ 21,17

-0,23%

CPFE3

R$ 26,08

+0,50%

CVCB3

R$ 11,56

-1,28%

CYRE3

R$ 14,18

-0,08%

ECOR3

R$ 7,20

+0,00%

ELET3

R$ 31,57

-0,12%

ELET6

R$ 31,18

+0,28%

EMBR3

R$ 21,49

-2,36%

ENBR3

R$ 21,01

+1,01%

ENGI11

R$ 40,99

+0,04%

ENEV3

R$ 12,71

+0,55%

EGIE3

R$ 38,45

+0,15%

EQTL3

R$ 22,27

-1,54%

EZTC3

R$ 18,57

-0,21%

FLRY3

R$ 17,64

-1,61%

GGBR4

R$ 28,01

-0,95%

GOAU4

R$ 11,65

-0,76%

GOLL4

R$ 16,64

-1,71%

NTCO3

R$ 21,14

-3,02%

HAPV3

R$ 10,53

+2,13%

HYPE3

R$ 27,91

-0,32%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,69

+2,01%

IRBR3

R$ 3,49

-1,41%

ITSA4

R$ 9,55

-0,07%

ITUB4

R$ 23,52

+0,08%

JBSS3

R$ 37,11

-0,74%

JHSF3

R$ 4,86

+0,20%

KLBN11

R$ 24,47

-3,35%

RENT3

R$ 50,46

-1,58%

LCAM3

R$ 22,59

-1,26%

LWSA3

R$ 8,56

+2,02%

LAME4

R$ 5,73

+0,88%

LREN3

R$ 23,66

-1,29%

MGLU3

R$ 6,15

-2,84%

MRFG3

R$ 23,32

-0,80%

BEEF3

R$ 10,09

-1,75%

MRVE3

R$ 11,06

-0,27%

MULT3

R$ 18,24

-1,35%

PCAR3

R$ 19,16

-3,76%

PETR3

R$ 34,40

-0,46%

PETR4

R$ 31,50

+0,15%

VBBR3

19,70

-0,65%

PRIO3

R$ 22,86

-0,17%

QUAL3

R$ 16,43

+3,13%

RADL3

R$ 20,53

-2,23%

RAIL3

R$ 16,38

+0,42%

SBSP3

R$ 35,36

+0,71%

SANB11

R$ 31,62

-0,75%

CSNA3

R$ 25,15

-2,21%

SULA11

R$ 23,27

+1,04%

SUZB3

R$ 62,22

-0,87%

TAEE11

R$ 36,13

+0,19%

VIVT3

R$ 47,85

+2,06%

TIMS3

R$ 12,84

+1,66%

TOTS3

R$ 25,25

+0,19%

UGPA3

R$ 12,86

-2,27%

USIM5

R$ 16,13

-1,94%

VALE3

R$ 84,34

-0,41%

VIIA3

R$ 3,87

-2,51%

WEGE3

R$ 30,34

-1,17%

YDUQ3

R$ 19,01

+0,58%

artur-horta

Atualizado há 3 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 14 de janeiro – A ação preferencial da Petrobras fechou o dia na maior cotação da história da companhia, a R$31,45, superando também sua máxima histórica no intradiário, a R$31,60, impactada pela alta do petróleo, expectativa de pagamento de dividendos e valor atrativo do papel, disseram à Mover agentes financeiros.

A estatal alcançou hoje o valor de mercado de R$433,4 bilhões*, segundo a Economatica, com papéis preferenciais encerrando em alta de 3,73%, acumulando 31,94% de valorização nos últimos 12 meses.

Contudo, esta não é a maior capitalização de mercado da estatal, que em 21 de maio de 2008 alcançou a faixa de R$500 bilhões, considerando o diferencial de preço para as ADRs, recibos de ações da companhia negociados em Nova York.

Ebitda e dividendos da Petrobras

Na tarde desta sexta-feira, o JP Morgan publicou um relatório sobre a companhia prevendo Ebitda, lucro operacional,  de US$40,1 bilhões em 2022, além do pagamento de US$10,8 bilhões em dividendos no ano.

“Reiteramos recomendação de compra da Petrobras, dada a forte geração de caixa livre, valor descontado e aumento da relevância da produção do pré-sal de baixo custo em seu mix”, afirmou o time do banco, atribuindo preço-alvo das ações ordinárias e preferenciais em R$42,50.

Agentes do mercado corroboram a opinião do JP Morgan. O gestor de renda variável da AF Invest, Leandro Salida, disse à Mover que nunca viu a Petrobras negociar a um múltiplo tão barato.

“A companhia vale hoje cerca de 2,4 vezes Enterprise Value sobre Ebitda, isto é, a soma do valor de mercado e a dívida líquida da empresa em relação ao seu potencial de geração de caixa”, completou, lembrando, também, que a Petrobras vive um bom momento operacional.

Preços do petróleo

O atual preço do petróleo no patamar de US$85 por barril também torna o cenário favorável ao desempenho das ações. O contribuidor do TC André Almeida disse que as atuais condições permitem que a Petrobras mantenha o processo de desalavancagem, ao mesmo tempo em que paga dividendos.

O cenário, no entanto, também apresenta riscos. “O ano eleitoral e a recente discussão sobre o congelamento do ICMS podem mexer com a cotação do papel”, disse à Mover o contribuidor do TC, Israel Massa. Ele explica que, independentemente da alteração da política de preços da Petrobras, a alta nos combustíveis pode trazer ruídos que afetam negativamente as cotações da empresa na bolsa.

Desempenho das ações da Petrobras

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) sobem 11,60% na semana e 10,54% em janeiro. Desde a apresentação do plano estratégico 2022-2026 em Nova York, no final do ano passado, a empresa tem sido alvo de compra de investidores estrangeiros, segundo agentes consultados pela Mover.

Para acompanhar o desempenho das ações da estatal e de outras empresas listadas na bolsa brasileira, basta acessar o TC Matrix, ferramenta gratuita do TC.

ERRATA: Diferente do apontado no texto anterior, o valor de mercado da companhia alcançou R$433,4 bilhões, e não R$437,42 bilhões. A informação foi alterada no segundo parágrafo. 

Texto: Artur Horta
Edição: Gabriela Guedes e Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.