IBOV

107.945,25 pts

-1,06%

SP500

4.362,99 pts

-1,06%

DJIA

34.106,89 pts

-0,75%

NASDAQ

14.282,27 pts

-1,57%

IFIX

2.799,91 pts

-0,16%

BRENT

US$ 86,78

+0,59%

IO62

¥ 751,50

+0,00%

TRAD3

R$ 4,31

-3,14%

ABEV3

R$ 14,72

+1,58%

AMER3

R$ 34,30

+0,35%

ASAI3

R$ 12,08

+1,08%

AZUL4

R$ 26,50

-2,46%

B3SA3

R$ 13,10

-1,13%

BIDI11

R$ 23,56

-7,46%

BBSE3

R$ 20,96

+1,99%

BRML3

R$ 9,05

+0,55%

BBDC3

R$ 17,64

+0,57%

BBDC4

R$ 21,34

+1,23%

BRAP4

R$ 26,95

-4,83%

BBAS3

R$ 31,39

+0,60%

BRKM5

R$ 49,90

+1,44%

BRFS3

R$ 23,22

-0,59%

BPAC11

R$ 21,52

+0,84%

CRFB3

R$ 15,00

+2,38%

CCRO3

R$ 12,02

+0,75%

CMIG4

R$ 12,77

-1,84%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,06

-3,73%

COGN3

R$ 2,38

+1,27%

CPLE6

R$ 6,76

+1,50%

CSAN3

R$ 21,63

-3,43%

CPFE3

R$ 27,41

+2,04%

CVCB3

R$ 12,72

-0,39%

CYRE3

R$ 15,46

+1,51%

ECOR3

R$ 7,39

-2,76%

ELET3

R$ 33,37

-0,23%

ELET6

R$ 32,90

+0,70%

EMBR3

R$ 20,75

-1,28%

ENBR3

R$ 21,20

-0,93%

ENGI11

R$ 41,10

-0,29%

ENEV3

R$ 12,77

-1,31%

EGIE3

R$ 39,28

-0,30%

EQTL3

R$ 21,74

-2,33%

EZTC3

R$ 19,83

-0,25%

FLRY3

R$ 18,50

+0,05%

GGBR4

R$ 27,96

-2,34%

GOAU4

R$ 11,58

-2,68%

GOLL4

R$ 16,41

-3,52%

NTCO3

R$ 23,25

+4,63%

HAPV3

R$ 11,39

+1,69%

HYPE3

R$ 29,08

+0,20%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,80

+0,78%

IRBR3

R$ 3,18

-9,65%

ITSA4

R$ 9,49

-1,24%

ITUB4

R$ 23,27

-0,08%

JBSS3

R$ 35,93

-1,07%

JHSF3

R$ 5,46

+5,60%

KLBN11

R$ 24,28

-5,19%

RENT3

R$ 53,61

-0,96%

LCAM3

R$ 23,88

-1,80%

LWSA3

R$ 8,53

-1,27%

6,56

+0,30%

LREN3

R$ 26,03

-0,42%

MGLU3

R$ 6,42

-3,45%

MRFG3

R$ 23,55

+5,36%

BEEF3

R$ 9,75

-0,10%

MRVE3

R$ 11,99

+1,61%

MULT3

R$ 19,70

+0,56%

PCAR3

R$ 20,93

+5,01%

PETR3

R$ 34,62

+0,43%

PETR4

R$ 31,93

+0,66%

VBBR3

21,01

-1,31%

PRIO3

R$ 23,20

-4,13%

QUAL3

R$ 16,20

-4,36%

RADL3

R$ 20,96

+2,49%

RAIL3

R$ 16,61

-4,97%

SBSP3

R$ 35,53

-1,30%

SANB11

R$ 31,33

+0,51%

CSNA3

R$ 25,95

-1,51%

SULA11

R$ 23,09

-5,25%

SUZB3

R$ 58,11

-3,64%

TAEE11

R$ 38,10

+1,19%

VIVT3

R$ 48,22

-0,37%

TIMS3

R$ 12,79

-0,62%

TOTS3

R$ 25,86

-1,93%

UGPA3

R$ 13,53

-0,87%

USIM5

R$ 16,23

-2,05%

VALE3

R$ 83,82

-3,33%

VIIA3

R$ 4,21

+0,00%

WEGE3

R$ 29,94

-2,60%

YDUQ3

R$ 19,58

-2,10%

IBOV

107.945,25 pts

-1,06%

SP500

4.362,99 pts

-1,06%

DJIA

34.106,89 pts

-0,75%

NASDAQ

14.282,27 pts

-1,57%

IFIX

2.799,91 pts

-0,16%

BRENT

US$ 86,78

+0,59%

IO62

¥ 751,50

+0,00%

TRAD3

R$ 4,31

-3,14%

ABEV3

R$ 14,72

+1,58%

AMER3

R$ 34,30

+0,35%

ASAI3

R$ 12,08

+1,08%

AZUL4

R$ 26,50

-2,46%

B3SA3

R$ 13,10

-1,13%

BIDI11

R$ 23,56

-7,46%

BBSE3

R$ 20,96

+1,99%

BRML3

R$ 9,05

+0,55%

BBDC3

R$ 17,64

+0,57%

BBDC4

R$ 21,34

+1,23%

BRAP4

R$ 26,95

-4,83%

BBAS3

R$ 31,39

+0,60%

BRKM5

R$ 49,90

+1,44%

BRFS3

R$ 23,22

-0,59%

BPAC11

R$ 21,52

+0,84%

CRFB3

R$ 15,00

+2,38%

CCRO3

R$ 12,02

+0,75%

CMIG4

R$ 12,77

-1,84%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,06

-3,73%

COGN3

R$ 2,38

+1,27%

CPLE6

R$ 6,76

+1,50%

CSAN3

R$ 21,63

-3,43%

CPFE3

R$ 27,41

+2,04%

CVCB3

R$ 12,72

-0,39%

CYRE3

R$ 15,46

+1,51%

ECOR3

R$ 7,39

-2,76%

ELET3

R$ 33,37

-0,23%

ELET6

R$ 32,90

+0,70%

EMBR3

R$ 20,75

-1,28%

ENBR3

R$ 21,20

-0,93%

ENGI11

R$ 41,10

-0,29%

ENEV3

R$ 12,77

-1,31%

EGIE3

R$ 39,28

-0,30%

EQTL3

R$ 21,74

-2,33%

EZTC3

R$ 19,83

-0,25%

FLRY3

R$ 18,50

+0,05%

GGBR4

R$ 27,96

-2,34%

GOAU4

R$ 11,58

-2,68%

GOLL4

R$ 16,41

-3,52%

NTCO3

R$ 23,25

+4,63%

HAPV3

R$ 11,39

+1,69%

HYPE3

R$ 29,08

+0,20%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 65,80

+0,78%

IRBR3

R$ 3,18

-9,65%

ITSA4

R$ 9,49

-1,24%

ITUB4

R$ 23,27

-0,08%

JBSS3

R$ 35,93

-1,07%

JHSF3

R$ 5,46

+5,60%

KLBN11

R$ 24,28

-5,19%

RENT3

R$ 53,61

-0,96%

LCAM3

R$ 23,88

-1,80%

LWSA3

R$ 8,53

-1,27%

6,56

+0,30%

LREN3

R$ 26,03

-0,42%

MGLU3

R$ 6,42

-3,45%

MRFG3

R$ 23,55

+5,36%

BEEF3

R$ 9,75

-0,10%

MRVE3

R$ 11,99

+1,61%

MULT3

R$ 19,70

+0,56%

PCAR3

R$ 20,93

+5,01%

PETR3

R$ 34,62

+0,43%

PETR4

R$ 31,93

+0,66%

VBBR3

21,01

-1,31%

PRIO3

R$ 23,20

-4,13%

QUAL3

R$ 16,20

-4,36%

RADL3

R$ 20,96

+2,49%

RAIL3

R$ 16,61

-4,97%

SBSP3

R$ 35,53

-1,30%

SANB11

R$ 31,33

+0,51%

CSNA3

R$ 25,95

-1,51%

SULA11

R$ 23,09

-5,25%

SUZB3

R$ 58,11

-3,64%

TAEE11

R$ 38,10

+1,19%

VIVT3

R$ 48,22

-0,37%

TIMS3

R$ 12,79

-0,62%

TOTS3

R$ 25,86

-1,93%

UGPA3

R$ 13,53

-0,87%

USIM5

R$ 16,23

-2,05%

VALE3

R$ 83,82

-3,33%

VIIA3

R$ 4,21

+0,00%

WEGE3

R$ 29,94

-2,60%

YDUQ3

R$ 19,58

-2,10%

leticia-carreira

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 23 de dezembro – As altas sucessivas dos combustíveis, oriundas da valorização do petróleo no mercado internacional e da alta do dólar, além de desentendimentos com o presidente Jair Bolsonaro acerca dos preços, saíram caros para o então presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

Castello Branco foi demitido por Bolsonaro, que defendia segurar os preços dos combustíveis, na noite de 19 de fevereiro, uma sexta-feira. O impacto de sua saída não foi sentido apenas nas ações da Petrobras, mas também pelas de outras estatais, na bolsa e no dólar, que foram afetados já no dia útil seguinte.

Enquanto a ação preferencial da Petrobras fechou o pregão de 22 de fevereiro cotada a R$20,71, a ordinária caiu para R$19,64. Os papéis só viriam a recuperar o patamar de R$28 e R$26, respectivamente, em junho.

Entenda a demissão de Castello Branco

Castello Branco estava a quatro dias de estender por dois anos sua função como presidente da maior empresa de óleo e gás da América Latina, cargo que ocupava há quase dois anos, quando soube de sua demissão. A decisão de dispensá-lo contrariou o conselho de administração da Petrobras e acendeu preocupação do mercado para interferência do presidente da República na política da empresa.

No final de janeiro, Castello Branco havia afirmado que a Petrobras não podia ser culpada por uma eventual greve dos caminhoneiros se elevasse os preços dos combustíveis, evidenciando uma de suas desavenças com Bolsonaro, que se posicionava contra a política de preços da estatal.

Sobre o tema delicado, o conselheiro da Petrobras e sócio da gestora Leblon Equities, Marcelo Mesquita, afirmou em entrevista à Mover em 3 de outubro que temia que Bolsonaro interferisse novamente na gestão da companhia.

“Sempre há chances de o dono da empresa querer mudar o presidente da empresa. O dono tem a maioria dos votos da empresa. Ele pode chamar uma assembleia, trocar o conselho”, argumentou Mesquita à época.

Quem é o general Silva e Luna?

Para ocupar a posição de Castello Branco, Bolsonaro nomeou ainda em fevereiro um general do Exército de sua confiança: Joaquim Silva e Luna.

Logo após sua indicação, em 22 de fevereiro, um alto funcionário do governo afirmou à Mover que Luna desfrutou da “mais alta confiança do presidente” por conta do seu papel na greve dos caminhoneiros de maio de 2018, que ajudou Bolsonaro na eleição presidencial daquele ano.

Engenheiro militar, Luna trabalhou em dezenas de projetos Brasil afora durante 45 anos de carreira no Exército. Apesar de ter sido indicado já em fevereiro, a posse do novo presidente da Petrobras ocorreu em 19 de abril.

Desempenho das ações da Petrobras

Embora a mudança no comando da Petrobras tenha derrubado as ações por meses, a preferencial acumula ganho de 22% em 2021, enquanto a ordinária valoriza 28% no mesmo período. Por outro lado, o Ibovespa perde quase 12% no ano.

Texto: Letícia Matsuura
Edição: Gabriela Guedes
Imagem: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.