IBOV

106.774,79 pts

-0,14%

SP500

4.660,76 pts

-0,04%

DJIA

35.952,90 pts

+0,11%

NASDAQ

15.563,76 pts

-0,31%

IFIX

2.791,77 pts

+0,31%

BRENT

US$ 86,49

+0,50%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,49

-2,39%

ABEV3

R$ 14,89

-1,39%

AMER3

R$ 30,37

+0,19%

ASAI3

R$ 12,01

-0,98%

AZUL4

R$ 25,91

-1,59%

B3SA3

R$ 12,45

+1,88%

BIDI11

R$ 23,44

-1,71%

BBSE3

R$ 19,82

+1,90%

BRML3

R$ 8,43

+0,35%

BBDC3

R$ 17,51

+0,40%

BBDC4

R$ 21,02

+0,71%

BRAP4

R$ 27,68

+0,58%

BBAS3

R$ 30,51

+0,32%

BRKM5

R$ 49,57

-4,96%

BRFS3

R$ 24,17

-0,53%

BPAC11

R$ 19,85

+0,10%

CRFB3

R$ 14,42

+0,13%

CCRO3

R$ 11,32

-0,61%

CMIG4

R$ 12,83

+0,78%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,13

+5,44%

COGN3

R$ 2,15

+3,36%

CPLE6

R$ 6,43

+1,42%

CSAN3

R$ 21,27

+0,23%

CPFE3

R$ 26,16

+0,80%

CVCB3

R$ 11,58

-1,11%

CYRE3

R$ 14,21

+0,14%

ECOR3

R$ 7,25

+0,69%

ELET3

R$ 31,88

+0,85%

ELET6

R$ 31,56

+1,51%

EMBR3

R$ 21,54

-2,13%

ENBR3

R$ 21,01

+1,01%

ENGI11

R$ 41,18

+0,51%

ENEV3

R$ 12,75

+0,87%

EGIE3

R$ 38,60

+0,54%

EQTL3

R$ 22,41

-0,92%

EZTC3

R$ 18,54

-0,37%

FLRY3

R$ 17,89

-0,22%

GGBR4

R$ 27,95

-1,16%

GOAU4

R$ 11,68

-0,51%

GOLL4

R$ 16,67

-1,53%

NTCO3

R$ 21,44

-1,65%

HAPV3

R$ 10,65

+3,29%

HYPE3

R$ 28,06

+0,21%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 62,45

+3,27%

IRBR3

R$ 3,50

-1,12%

ITSA4

R$ 9,57

+0,14%

ITUB4

R$ 23,52

+0,08%

JBSS3

R$ 36,91

-1,28%

JHSF3

R$ 4,88

+0,61%

KLBN11

R$ 24,56

-3,00%

RENT3

R$ 50,41

-1,67%

LCAM3

R$ 22,54

-1,48%

LWSA3

R$ 8,60

+2,50%

LAME4

R$ 5,71

+0,52%

LREN3

R$ 23,79

-0,75%

MGLU3

R$ 6,16

-2,68%

MRFG3

R$ 23,29

-0,93%

BEEF3

R$ 10,10

-1,65%

MRVE3

R$ 11,15

+0,54%

MULT3

R$ 18,29

-1,08%

PCAR3

R$ 19,28

-3,16%

PETR3

R$ 34,55

-0,02%

PETR4

R$ 31,60

+0,47%

VBBR3

19,71

-0,60%

PRIO3

R$ 22,89

-0,04%

QUAL3

R$ 16,49

+3,51%

RADL3

R$ 20,48

-2,47%

RAIL3

R$ 16,43

+0,73%

SBSP3

R$ 35,45

+0,96%

SANB11

R$ 31,78

-0,25%

CSNA3

R$ 25,28

-1,71%

SULA11

R$ 23,26

+0,99%

SUZB3

R$ 62,39

-0,60%

TAEE11

R$ 36,26

+0,55%

VIVT3

R$ 48,15

+2,70%

TIMS3

R$ 12,88

+1,97%

TOTS3

R$ 25,34

+0,55%

UGPA3

R$ 12,89

-2,05%

USIM5

R$ 16,13

-1,94%

VALE3

R$ 84,50

-0,22%

VIIA3

R$ 3,90

-1,76%

WEGE3

R$ 30,44

-0,84%

YDUQ3

R$ 19,02

+0,63%

IBOV

106.774,79 pts

-0,14%

SP500

4.660,76 pts

-0,04%

DJIA

35.952,90 pts

+0,11%

NASDAQ

15.563,76 pts

-0,31%

IFIX

2.791,77 pts

+0,31%

BRENT

US$ 86,49

+0,50%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,49

-2,39%

ABEV3

R$ 14,89

-1,39%

AMER3

R$ 30,37

+0,19%

ASAI3

R$ 12,01

-0,98%

AZUL4

R$ 25,91

-1,59%

B3SA3

R$ 12,45

+1,88%

BIDI11

R$ 23,44

-1,71%

BBSE3

R$ 19,82

+1,90%

BRML3

R$ 8,43

+0,35%

BBDC3

R$ 17,51

+0,40%

BBDC4

R$ 21,02

+0,71%

BRAP4

R$ 27,68

+0,58%

BBAS3

R$ 30,51

+0,32%

BRKM5

R$ 49,57

-4,96%

BRFS3

R$ 24,17

-0,53%

BPAC11

R$ 19,85

+0,10%

CRFB3

R$ 14,42

+0,13%

CCRO3

R$ 11,32

-0,61%

CMIG4

R$ 12,83

+0,78%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,13

+5,44%

COGN3

R$ 2,15

+3,36%

CPLE6

R$ 6,43

+1,42%

CSAN3

R$ 21,27

+0,23%

CPFE3

R$ 26,16

+0,80%

CVCB3

R$ 11,58

-1,11%

CYRE3

R$ 14,21

+0,14%

ECOR3

R$ 7,25

+0,69%

ELET3

R$ 31,88

+0,85%

ELET6

R$ 31,56

+1,51%

EMBR3

R$ 21,54

-2,13%

ENBR3

R$ 21,01

+1,01%

ENGI11

R$ 41,18

+0,51%

ENEV3

R$ 12,75

+0,87%

EGIE3

R$ 38,60

+0,54%

EQTL3

R$ 22,41

-0,92%

EZTC3

R$ 18,54

-0,37%

FLRY3

R$ 17,89

-0,22%

GGBR4

R$ 27,95

-1,16%

GOAU4

R$ 11,68

-0,51%

GOLL4

R$ 16,67

-1,53%

NTCO3

R$ 21,44

-1,65%

HAPV3

R$ 10,65

+3,29%

HYPE3

R$ 28,06

+0,21%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 62,45

+3,27%

IRBR3

R$ 3,50

-1,12%

ITSA4

R$ 9,57

+0,14%

ITUB4

R$ 23,52

+0,08%

JBSS3

R$ 36,91

-1,28%

JHSF3

R$ 4,88

+0,61%

KLBN11

R$ 24,56

-3,00%

RENT3

R$ 50,41

-1,67%

LCAM3

R$ 22,54

-1,48%

LWSA3

R$ 8,60

+2,50%

LAME4

R$ 5,71

+0,52%

LREN3

R$ 23,79

-0,75%

MGLU3

R$ 6,16

-2,68%

MRFG3

R$ 23,29

-0,93%

BEEF3

R$ 10,10

-1,65%

MRVE3

R$ 11,15

+0,54%

MULT3

R$ 18,29

-1,08%

PCAR3

R$ 19,28

-3,16%

PETR3

R$ 34,55

-0,02%

PETR4

R$ 31,60

+0,47%

VBBR3

19,71

-0,60%

PRIO3

R$ 22,89

-0,04%

QUAL3

R$ 16,49

+3,51%

RADL3

R$ 20,48

-2,47%

RAIL3

R$ 16,43

+0,73%

SBSP3

R$ 35,45

+0,96%

SANB11

R$ 31,78

-0,25%

CSNA3

R$ 25,28

-1,71%

SULA11

R$ 23,26

+0,99%

SUZB3

R$ 62,39

-0,60%

TAEE11

R$ 36,26

+0,55%

VIVT3

R$ 48,15

+2,70%

TIMS3

R$ 12,88

+1,97%

TOTS3

R$ 25,34

+0,55%

UGPA3

R$ 12,89

-2,05%

USIM5

R$ 16,13

-1,94%

VALE3

R$ 84,50

-0,22%

VIIA3

R$ 3,90

-1,76%

WEGE3

R$ 30,44

-0,84%

YDUQ3

R$ 19,02

+0,63%

tcuser

Atualizado há 11 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 6 de janeiro – A Stone vai ficar com uma fatia maior no capital social da Reclame Aqui do que foi veiculado inicialmente, na operação que resultará em uma profunda reorganização societária na plataforma de relações de consumo e na ampliação do leque de serviços da companhia de meios de pagamento.

Documentos obtidos pelo Scoop by Mover revelam que a Stone fechou um acordo para adquirir 50% da Reclame Aqui Holdings Limited, que controla a Reclame Aqui e oferece serviços de atendimento de reclamações de consumidores, monitoramento de mídias sociais e serviço de solução extrajudicial de conflitos.

Os valores da aquisição não foram revelados.

A operação, sob análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Cade, prevê que a VLP Holding, principal acionista da Reclame Aqui, com 25,56% do capital social, fique com os demais 50%.

Atualmente, além da VLP, possuem participação relevante na plataforma o diretor-presidente, Eduardo Neves Neto, e o fundo de participação privada DGF Investimentos, com 24,96% e 22,72%, respectivamente. O restante, cerca de 26,73%, está pulverizado entre outros acionistas.

A operação será implementada por meio de uma reorganização societária da Reclame Aqui, seguida da aquisição pela Stone de ações não detidas pela VLP e de uma subscrição de novas ações da Reclame Aqui via aumento de capital.

Quando a aquisição foi revelada, em outubro, pelo site Brazil Journal, as informações eram de que a Stone ficaria com uma participação minoritária na Reclame Aqui. Na época, não foram revelados valores, nem o percentual que a Stone deteria na Reclame Aqui.

Estratégias

Em entrevista ao Brazil Journal, o diretor-presidente da Reclame Aqui disse na ocasião que conversou com investidores estratégicos e fundos de participações privadas, mas optou pela Stone por conta da penetração dela em companhias de pequeno e médio porte, além de sua presença em lojas físicas.

Para a Stone, a compra de 50% da Reclame Aqui se insere na estratégia de ampliar o leque de serviços ofertados, buscando oferecer uma série de serviços para o varejo e comércio eletrônico, indo para além da área de meios de pagamentos.

Nesse sentido, ela concluiu neste ano a compra da Linx, que desenvolve softwares de gestão para o varejo, após uma longa disputa com a Totvs.

Na entrevista, o diretor-presidente da Reclame Aqui disse que pretende integrar seu sistema aos softwares da Stone em lojas físicas, o que permitirá aos clientes realizar avaliações assim que finalizam uma compra, além de oferecer informações sobre produtos e descontos.

Fundada em 2000, a Reclame Aqui conta com mais de 30 milhões de usuários e 500 mil empresas cadastradas em sua base.

Procuradas pelo Scoop, a Stone não quis se manifestar, enquanto a Reclame Aqui informou que “continua em curso no processo de investimento e não há nenhuma informação adicional para divulgar”.

Desempenho da Stone

As ações da Stone, negociadas na bolsa americana Nasdaq, registram alta de 3,16%, a US$16,31. Ontem, os papéis recuaram 7,38%, a US$15,81.

*Esta notícia foi publicada antes exclusivamente para os assinantes. Quer receber notícias e furos em primeira mão? Então, assine um dos planos do TC.

Texto: Machado da Costa e Ivan Ryngelblum
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.