IBOV

114.667,22 pts

+0,01%

SP500

4.486,41 pts

+0,34%

DJIA

35.253,81 pts

-0,12%

NASDAQ

15.300,65 pts

+1,01%

IFIX

2.744,89 pts

+0,45%

BRENT

US$ 84,27

-0,70%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,30

+1,46%

ABEV3

R$ 15,67

+0,90%

AMER3

R$ 39,23

+4,72%

ASAI3

R$ 16,98

-3,19%

AZUL4

R$ 34,43

-3,34%

B3SA3

R$ 13,03

-0,91%

BIDI11

R$ 48,27

-3,99%

BBSE3

R$ 21,78

+0,46%

BRML3

R$ 8,62

+2,01%

BBDC3

R$ 18,54

+1,42%

BBDC4

R$ 21,69

+1,92%

BRAP4

R$ 54,40

-1,27%

BBAS3

R$ 32,21

+1,99%

BRKM5

R$ 58,86

+2,43%

BRFS3

R$ 25,06

-2,83%

BPAC11

R$ 25,53

-1,80%

CRFB3

R$ 18,78

+0,69%

CCRO3

R$ 12,75

+0,15%

CMIG4

R$ 15,17

+1,13%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,11

+0,97%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,31

+0,25%

CPFE3

R$ 26,52

+1,68%

CVCB3

R$ 19,94

-1,62%

CYRE3

R$ 18,30

+0,66%

ECOR3

R$ 10,03

+0,80%

ELET3

R$ 40,67

+3,59%

ELET6

R$ 40,61

+2,47%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,14

+0,52%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,68

+0,33%

EQTL3

R$ 24,87

+0,81%

EZTC3

R$ 23,63

-2,67%

FLRY3

R$ 21,64

+1,26%

GGBR4

R$ 28,25

+0,28%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,21

-1,89%

NTCO3

R$ 43,24

-2,03%

HAPV3

R$ 12,56

-3,45%

HYPE3

R$ 30,44

+1,53%

IGTA3

R$ 33,94

+1,73%

GNDI3

R$ 71,15

-2,46%

IRBR3

R$ 5,25

+1,35%

ITSA4

R$ 11,35

+0,88%

ITUB4

R$ 25,02

+1,05%

JBSS3

R$ 38,59

+1,57%

JHSF3

R$ 6,13

+3,02%

KLBN11

R$ 23,16

-0,08%

RENT3

R$ 56,44

-0,33%

LCAM3

R$ 25,16

+0,31%

LWSA3

R$ 22,48

+1,95%

LAME4

R$ 6,43

+21,09%

LREN3

R$ 36,20

+1,25%

MGLU3

R$ 14,38

-1,23%

MRFG3

R$ 26,48

-2,46%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,44

+0,98%

PCAR3

R$ 29,00

-6,33%

PETR3

R$ 30,25

+0,29%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,11

-2,27%

QUAL3

R$ 19,27

-0,82%

RADL3

R$ 22,83

-0,82%

RAIL3

R$ 18,23

-0,65%

SBSP3

R$ 38,90

-0,35%

SANB11

R$ 36,50

+0,35%

CSNA3

R$ 26,53

-3,84%

SULA11

R$ 26,29

-1,01%

SUZB3

R$ 49,82

-2,14%

TAEE11

R$ 37,89

+0,53%

VIVT3

R$ 46,46

+0,62%

TIMS3

R$ 12,45

-0,95%

TOTS3

R$ 35,84

+1,55%

UGPA3

R$ 15,47

+2,58%

USIM5

R$ 16,07

-3,07%

VALE3

R$ 80,23

-0,55%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,48

+0,89%

YDUQ3

R$ 27,20

+0,81%

IBOV

114.667,22 pts

+0,01%

SP500

4.486,41 pts

+0,34%

DJIA

35.253,81 pts

-0,12%

NASDAQ

15.300,65 pts

+1,01%

IFIX

2.744,89 pts

+0,45%

BRENT

US$ 84,27

-0,70%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,30

+1,46%

ABEV3

R$ 15,67

+0,90%

AMER3

R$ 39,23

+4,72%

ASAI3

R$ 16,98

-3,19%

AZUL4

R$ 34,43

-3,34%

B3SA3

R$ 13,03

-0,91%

BIDI11

R$ 48,27

-3,99%

BBSE3

R$ 21,78

+0,46%

BRML3

R$ 8,62

+2,01%

BBDC3

R$ 18,54

+1,42%

BBDC4

R$ 21,69

+1,92%

BRAP4

R$ 54,40

-1,27%

BBAS3

R$ 32,21

+1,99%

BRKM5

R$ 58,86

+2,43%

BRFS3

R$ 25,06

-2,83%

BPAC11

R$ 25,53

-1,80%

CRFB3

R$ 18,78

+0,69%

CCRO3

R$ 12,75

+0,15%

CMIG4

R$ 15,17

+1,13%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,11

+0,97%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,31

+0,25%

CPFE3

R$ 26,52

+1,68%

CVCB3

R$ 19,94

-1,62%

CYRE3

R$ 18,30

+0,66%

ECOR3

R$ 10,03

+0,80%

ELET3

R$ 40,67

+3,59%

ELET6

R$ 40,61

+2,47%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,14

+0,52%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,68

+0,33%

EQTL3

R$ 24,87

+0,81%

EZTC3

R$ 23,63

-2,67%

FLRY3

R$ 21,64

+1,26%

GGBR4

R$ 28,25

+0,28%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,21

-1,89%

NTCO3

R$ 43,24

-2,03%

HAPV3

R$ 12,56

-3,45%

HYPE3

R$ 30,44

+1,53%

IGTA3

R$ 33,94

+1,73%

GNDI3

R$ 71,15

-2,46%

IRBR3

R$ 5,25

+1,35%

ITSA4

R$ 11,35

+0,88%

ITUB4

R$ 25,02

+1,05%

JBSS3

R$ 38,59

+1,57%

JHSF3

R$ 6,13

+3,02%

KLBN11

R$ 23,16

-0,08%

RENT3

R$ 56,44

-0,33%

LCAM3

R$ 25,16

+0,31%

LWSA3

R$ 22,48

+1,95%

LAME4

R$ 6,43

+21,09%

LREN3

R$ 36,20

+1,25%

MGLU3

R$ 14,38

-1,23%

MRFG3

R$ 26,48

-2,46%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,44

+0,98%

PCAR3

R$ 29,00

-6,33%

PETR3

R$ 30,25

+0,29%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,11

-2,27%

QUAL3

R$ 19,27

-0,82%

RADL3

R$ 22,83

-0,82%

RAIL3

R$ 18,23

-0,65%

SBSP3

R$ 38,90

-0,35%

SANB11

R$ 36,50

+0,35%

CSNA3

R$ 26,53

-3,84%

SULA11

R$ 26,29

-1,01%

SUZB3

R$ 49,82

-2,14%

TAEE11

R$ 37,89

+0,53%

VIVT3

R$ 46,46

+0,62%

TIMS3

R$ 12,45

-0,95%

TOTS3

R$ 35,84

+1,55%

UGPA3

R$ 15,47

+2,58%

USIM5

R$ 16,07

-3,07%

VALE3

R$ 80,23

-0,55%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,48

+0,89%

YDUQ3

R$ 27,20

+0,81%

Atualizado há 6 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 28 de abril – O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, manteve o discurso suave e descartou, por ora, qualquer debate para pôr fim à recompra de ativos, mesmo se a inflação ficar acima da meta de 2,00% por algum tempo por conta da reativação da economia americana. Na coletiva após o Comitê Federal de Mercado Aberto, FOMC, manter a faixa de juros básicos entre zero e 0,25%, ele repetiu que qualquer mudança na estratégia será comunicado com uma “boa antecedência” ao mercado. Além disso, afirmou que a redução das recompras só ocorrerá após dados consistentes mostrarem controle da pandemia e de retomada da economia, especialmente no mercado de trabalho, e não apenas por projeções.


Jerome Powell apresentou avaliação mais pessimista sobre retomada econômica

Ele disse também que os membros do comitê não discutiram uma redução das recompras mensais de US$120 bilhões em títulos, que tiraria liquidez dos mercados. Mas deu um susto nas bolsas ao afirmar que considera os preços de alguns ativos muito altos. Os investidores estão cautelosos e acreditam que está chegando o momento de uma diminuição dessas recompras. A análise é feita diante de vários indicadores sinalizando uma retomada da economia americana.

Jerome Powell, porém, tem uma avaliação mais pessimista do que boa parte do mercado. Para ele, a economia cresce de forma desigual, ainda está em marcha lenta e sua recuperação longe de estar completa, principalmente com relação ao desemprego. O presidente do banco central americano afirmou ainda que vê a inflação como temporária e que não se espera uma taxa consistentemente acima da meta enquanto o mercado de trabalho não se recuperar totalmente.

O presidente do Fed também frisou que o FOMC não vê os salários subindo e que vai levar alguns meses para o reequilíbrio do mercado de trabalho. De acordo com ele, a autarquia apoiará a economia enquanto não forem atingidas as metas de emprego, que ele vê ainda longe de serem alcançadas.


Fala do presidente do Fed sobre preços de ativos mexeu com mercados

O presidente da autarquia mexeu com os mercados, porém, ao afirmar que alguns ativos estão com preços muito altos e que haveria “um pouco de espuma” nas valorizações das ações. A fala, que sugere bolhas em alguns mercados, fez as bolsas americanas fecharem o dia em queda.

Os juros longos também recuaram após a fala de Jerome Powell. O rendimento do Treasury de dez anos passou de 1,66% antes da entrevista para 1,61%, e o dólar perdeu força, com o índice DXY recuando 0,35%. Por volta das 17h45, o rendimento era de 1,609%, e o índice DXY caía 0,31%.


Ibovespa ampliou alta após falas de Jerome Powell, e DIs passaram a cair

No geral, as falas do presidente do banco central americano ampliaram o ânimo dos ativos brasileiros. O Ibovespa ampliou a alta e fechou aos 121,0 mil pontos, em alta de 1,39%. O valor foi próximo da máxima do dia de 121,2 mil pontos, alcançada durante o discurso do líder americano.

Já o dólar futuro elevou as quedas após a fala de Jerome Powell. Por volta das 17h45, estava em R$5,360, queda de 1,74%, enquanto os juros futuros, DIs, zeraram os ganhos e passaram a cair em até 5,5 pontos-base.

Texto: Bárbara Leite e Angelo Pavini
Edição: Angelo Pavini, Letícia Matsuura e João Pedro Malar
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Nogueira: O Brasil tem muito a ganhar com a blockchain na luta contra a burocracia

FOMC mantém taxa de juros dos EUA e recompras, e vê economia melhor

Especial: Renan Calheiros foca em núcleo tradicional de Jair Bolsonaro

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.