IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.673,29 pts

+0,22%

DJIA

35.974,97 pts

+0,18%

NASDAQ

15.636,31 pts

+0,16%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 85,69

-0,43%

IO62

¥ 705,00

-2,35%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

IBOV

106.927,79 pts

+1,32%

SP500

4.673,29 pts

+0,22%

DJIA

35.974,97 pts

+0,18%

NASDAQ

15.636,31 pts

+0,16%

IFIX

2.782,90 pts

+0,66%

BRENT

US$ 85,69

-0,43%

IO62

¥ 705,00

-2,35%

TRAD3

R$ 4,60

+3,37%

ABEV3

R$ 15,10

+0,73%

AMER3

R$ 30,31

+2,43%

ASAI3

R$ 12,13

+0,91%

AZUL4

R$ 26,33

+1,07%

B3SA3

R$ 12,22

+5,43%

BIDI11

R$ 23,85

+7,91%

BBSE3

R$ 19,45

+1,40%

BRML3

R$ 8,40

+7,00%

BBDC3

R$ 17,44

+1,51%

BBDC4

R$ 20,87

+1,60%

BRAP4

R$ 27,52

+0,51%

BBAS3

R$ 30,41

+2,56%

BRKM5

R$ 52,16

+0,21%

BRFS3

R$ 24,30

+1,20%

BPAC11

R$ 19,83

+2,95%

CRFB3

R$ 14,40

+1,40%

CCRO3

R$ 11,39

-0,08%

CMIG4

R$ 12,73

+0,23%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,01

-0,49%

COGN3

R$ 2,16

+3,84%

CPLE6

R$ 6,34

+1,76%

CSAN3

R$ 21,22

+0,80%

CPFE3

R$ 25,95

+0,38%

CVCB3

R$ 11,71

-2,00%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,18

-0,27%

ELET3

R$ 31,61

+0,60%

ELET6

R$ 31,09

+0,09%

EMBR3

R$ 22,01

-0,58%

ENBR3

R$ 20,80

+1,56%

ENGI11

R$ 40,97

+0,44%

ENEV3

R$ 12,64

+3,86%

EGIE3

R$ 38,39

+0,26%

EQTL3

R$ 22,62

+0,13%

EZTC3

R$ 18,61

+1,63%

FLRY3

R$ 17,93

+2,45%

GGBR4

R$ 28,28

+0,03%

GOAU4

R$ 11,73

-0,08%

GOLL4

R$ 16,93

+1,07%

NTCO3

R$ 21,80

-0,09%

HAPV3

R$ 10,31

+1,37%

HYPE3

R$ 28,00

+3,35%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 60,47

+1,59%

IRBR3

R$ 3,54

+0,28%

ITSA4

R$ 9,67

+1,15%

ITUB4

R$ 23,50

-0,76%

JBSS3

R$ 37,39

+0,89%

JHSF3

R$ 4,85

+2,32%

KLBN11

R$ 25,32

-0,66%

RENT3

R$ 51,27

+3,68%

LCAM3

R$ 22,88

+3,43%

LWSA3

R$ 8,39

-4,11%

LAME4

R$ 5,68

+1,97%

LREN3

R$ 23,97

-3,19%

MGLU3

R$ 6,33

+3,94%

MRFG3

R$ 23,51

+3,38%

BEEF3

R$ 10,27

+1,68%

MRVE3

R$ 11,09

+1,37%

MULT3

R$ 18,49

+2,04%

PCAR3

R$ 19,91

+1,47%

PETR3

R$ 34,56

+2,09%

PETR4

R$ 31,45

+3,72%

VBBR3

19,83

-1,49%

PRIO3

R$ 22,90

+3,99%

QUAL3

R$ 15,93

+2,64%

RADL3

R$ 21,04

+0,19%

RAIL3

R$ 16,31

+0,30%

SBSP3

R$ 35,11

-0,39%

SANB11

R$ 31,86

+1,14%

CSNA3

R$ 25,72

-1,75%

SULA11

R$ 23,03

-1,03%

SUZB3

R$ 62,77

+0,38%

TAEE11

R$ 36,06

+0,05%

VIVT3

R$ 46,88

-0,34%

TIMS3

R$ 12,63

-0,62%

TOTS3

R$ 25,20

-0,07%

UGPA3

R$ 13,16

-1,64%

USIM5

R$ 16,45

+0,48%

VALE3

R$ 84,69

+0,58%

VIIA3

R$ 3,97

-0,50%

WEGE3

R$ 30,70

+6,04%

YDUQ3

R$ 18,90

+1,66%

angelo-pavini

Atualizado há cerca de 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 1 de dezembro – O Federal Reserve vê espaço para discutir a antecipação da retirada dos estímulos via recompras de títulos do mercado, o chamado “tapering”, em sua próxima reunião de política monetária, reforçou hoje o presidente da instituição, Jerome Powell.

Em seu segundo dia de depoimento no Congresso americano, hoje na Câmara dos Representantes, Powell afirmou que, diante da persistência da inflação acima dos níveis desejados pelo Fed e da política monetária altamente acomodatícia, seria apropriado o Comitê de Política Monetária discutir antecipar o “tapering” em sua reunião de dezembro.

Na terça-feira, 30, em depoimento no Senado, Powell afirmou que o Federal Reserve deverá discutir a antecipação do “tapering” em sua próxima reunião, que ocorre nos dias 14 e 15 de dezembro.

Segundo Powell, a antecipação não deve ser disruptiva para os mercados e para a economia, diante das indicações que o Fed tem dado nas últimas semanas. “E não espere que seja”, afirmou, em resposta a questionamentos de deputados.

Expectativa de Powell sobre inflação

O presidente do Federal Reserve destacou que a inflação alta tem se mostrado mais persistente do que o esperado pelo banco central americano e que, por isso, o termo “transitório” para classificar a aceleração dos preços deveria ser abandonada.

Ele acrescentou que o Federal Reserve usará todas suas ferramentas para evitar que a inflação fique “entrincheirada”, ou seja, estagnada, em um nível muito alto.

Powell observou, porém, que “é provável” que a inflação recue no segundo semestre do ano que vem, mas que não é possível ter certeza de que isso ocorrerá. Por isso, o Federal Reserve tem de estar preparado com suas políticas para os diversos cenários. Mas reforçou que as decisões não podem ser tomadas com base em projeções, mas em eventos confirmados.

Ele reconheceu também que há uma recuperação dos salários na economia americana, mas que isso não é o principal motivo da aceleração da inflação. Segundo ele, a pandemia continua sendo o principal fator de pressão inflacionária ao provocar os gargalos nas cadeias de produção e as dificuldades de recuperação do mercado de trabalho.

Texto: Angelo Pavini
Edição: Guilherme Dogo e Letícia Matsuura
Imagem: Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.