IBOV

114.620,40 pts

-0,02%

SP500

4.487,16 pts

+0,35%

DJIA

35.264,85 pts

-0,08%

NASDAQ

15.303,15 pts

+1,03%

IFIX

2.746,58 pts

+0,09%

BRENT

US$ 84,22

-0,75%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,40

+2,68%

ABEV3

R$ 15,65

+0,77%

AMER3

R$ 39,25

+4,80%

ASAI3

R$ 17,01

-3,02%

AZUL4

R$ 34,42

-3,36%

B3SA3

R$ 12,93

-1,67%

BIDI11

R$ 48,36

-3,89%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,77%

BBDC3

R$ 18,53

+1,36%

BBDC4

R$ 21,67

+1,83%

BRAP4

R$ 54,41

-1,25%

BBAS3

R$ 32,25

+2,12%

BRKM5

R$ 58,95

+0,03%

BRFS3

R$ 25,02

-2,98%

BPAC11

R$ 25,50

-1,92%

CRFB3

R$ 18,82

+0,91%

CCRO3

R$ 12,76

+0,23%

CMIG4

R$ 15,13

+0,86%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,33

+0,34%

CPFE3

R$ 26,53

+1,72%

CVCB3

R$ 19,95

-1,57%

CYRE3

R$ 18,26

+0,44%

ECOR3

R$ 10,04

+0,90%

ELET3

R$ 40,65

+3,54%

ELET6

R$ 40,67

+2,62%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,05

+0,32%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,70

+0,38%

EQTL3

R$ 24,79

+0,48%

EZTC3

R$ 23,58

-2,88%

FLRY3

R$ 21,62

+1,17%

GGBR4

R$ 28,27

+0,35%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,74%

NTCO3

R$ 43,20

-2,13%

HAPV3

R$ 12,62

-2,99%

HYPE3

R$ 30,45

+1,56%

IGTA3

R$ 33,92

+1,67%

GNDI3

R$ 71,02

-2,64%

IRBR3

R$ 5,24

+1,15%

ITSA4

R$ 11,33

+0,71%

ITUB4

R$ 24,98

+0,88%

JBSS3

R$ 38,61

+1,63%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,64%

RENT3

R$ 56,33

-0,53%

LCAM3

R$ 25,15

+0,27%

LWSA3

R$ 23,25

+5,44%

LAME4

R$ 6,44

+21,28%

LREN3

R$ 36,16

+1,14%

MGLU3

R$ 14,33

-1,58%

MRFG3

R$ 26,50

-2,39%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,40

+0,74%

PCAR3

R$ 28,96

-6,46%

PETR3

R$ 30,22

+0,19%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-2,16%

QUAL3

R$ 19,33

-0,51%

RADL3

R$ 22,76

-1,12%

RAIL3

R$ 18,21

-0,76%

SBSP3

R$ 38,97

-0,34%

SANB11

R$ 36,56

+0,52%

CSNA3

R$ 26,51

-3,91%

SULA11

R$ 26,35

-0,79%

SUZB3

R$ 49,78

-2,22%

TAEE11

R$ 37,86

+0,45%

VIVT3

R$ 46,51

+0,73%

TIMS3

R$ 12,44

-1,03%

TOTS3

R$ 35,87

+1,64%

UGPA3

R$ 15,48

+2,65%

USIM5

R$ 16,08

-3,01%

VALE3

R$ 80,30

-0,47%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,46

+0,84%

YDUQ3

R$ 27,08

+0,37%

IBOV

114.620,40 pts

-0,02%

SP500

4.487,16 pts

+0,35%

DJIA

35.264,85 pts

-0,08%

NASDAQ

15.303,15 pts

+1,03%

IFIX

2.746,58 pts

+0,09%

BRENT

US$ 84,22

-0,75%

IO62

¥ 696,50

-1,42%

TRAD3

R$ 8,40

+2,68%

ABEV3

R$ 15,65

+0,77%

AMER3

R$ 39,25

+4,80%

ASAI3

R$ 17,01

-3,02%

AZUL4

R$ 34,42

-3,36%

B3SA3

R$ 12,93

-1,67%

BIDI11

R$ 48,36

-3,89%

BBSE3

R$ 21,76

+0,36%

BRML3

R$ 8,60

+1,77%

BBDC3

R$ 18,53

+1,36%

BBDC4

R$ 21,67

+1,83%

BRAP4

R$ 54,41

-1,25%

BBAS3

R$ 32,25

+2,12%

BRKM5

R$ 58,95

+0,03%

BRFS3

R$ 25,02

-2,98%

BPAC11

R$ 25,50

-1,92%

CRFB3

R$ 18,82

+0,91%

CCRO3

R$ 12,76

+0,23%

CMIG4

R$ 15,13

+0,86%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,63

+0,38%

COGN3

R$ 3,12

+1,29%

CPLE6

R$ 6,79

+2,56%

CSAN3

R$ 23,33

+0,34%

CPFE3

R$ 26,53

+1,72%

CVCB3

R$ 19,95

-1,57%

CYRE3

R$ 18,26

+0,44%

ECOR3

R$ 10,04

+0,90%

ELET3

R$ 40,65

+3,54%

ELET6

R$ 40,67

+2,62%

EMBR3

R$ 25,66

-0,07%

ENBR3

R$ 19,27

+0,62%

ENGI11

R$ 46,05

+0,32%

ENEV3

R$ 15,33

-0,51%

EGIE3

R$ 38,70

+0,38%

EQTL3

R$ 24,79

+0,48%

EZTC3

R$ 23,58

-2,88%

FLRY3

R$ 21,62

+1,17%

GGBR4

R$ 28,27

+0,35%

GOAU4

R$ 12,81

-0,15%

GOLL4

R$ 20,25

-1,74%

NTCO3

R$ 43,20

-2,13%

HAPV3

R$ 12,62

-2,99%

HYPE3

R$ 30,45

+1,56%

IGTA3

R$ 33,92

+1,67%

GNDI3

R$ 71,02

-2,64%

IRBR3

R$ 5,24

+1,15%

ITSA4

R$ 11,33

+0,71%

ITUB4

R$ 24,98

+0,88%

JBSS3

R$ 38,61

+1,63%

JHSF3

R$ 6,12

+2,85%

KLBN11

R$ 23,03

-0,64%

RENT3

R$ 56,33

-0,53%

LCAM3

R$ 25,15

+0,27%

LWSA3

R$ 23,25

+5,44%

LAME4

R$ 6,44

+21,28%

LREN3

R$ 36,16

+1,14%

MGLU3

R$ 14,33

-1,58%

MRFG3

R$ 26,50

-2,39%

BEEF3

R$ 10,37

-3,08%

MRVE3

R$ 12,53

+1,12%

MULT3

R$ 20,40

+0,74%

PCAR3

R$ 28,96

-6,46%

PETR3

R$ 30,22

+0,19%

PETR4

R$ 29,46

-0,47%

BRDT3

R$ 24,80

+1,01%

PRIO3

R$ 27,14

-2,16%

QUAL3

R$ 19,33

-0,51%

RADL3

R$ 22,76

-1,12%

RAIL3

R$ 18,21

-0,76%

SBSP3

R$ 38,97

-0,34%

SANB11

R$ 36,56

+0,52%

CSNA3

R$ 26,51

-3,91%

SULA11

R$ 26,35

-0,79%

SUZB3

R$ 49,78

-2,22%

TAEE11

R$ 37,86

+0,45%

VIVT3

R$ 46,51

+0,73%

TIMS3

R$ 12,44

-1,03%

TOTS3

R$ 35,87

+1,64%

UGPA3

R$ 15,48

+2,65%

USIM5

R$ 16,08

-3,01%

VALE3

R$ 80,30

-0,47%

VIIA3

R$ 8,17

+0,36%

WEGE3

R$ 40,46

+0,84%

YDUQ3

R$ 27,08

+0,37%

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 16 de junho – O Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve deve manter nesta quarta-feira, 16, sua política monetária estimulativa de juro básico perto de zero e compra mensal de US$120 bilhões em títulos. Contudo, o mercado quer saber qual vai ser a reação da autarquia aos sinais recentes de alta da inflação e retomada da atividade.


Diretores do Federal Reserve podem projetar aumento dos juros

A decisão monetária será mais um teste para o discurso de tolerância do banco central americano em relação à aceleração dos preços. Além disso, está na balança a manutenção dos estímulos até o fim do ano. Outro termômetro virá das projeções dos diretores conhecidas como Dot Plot. A expectativa é de que elas confirmem uma melhora na atividade e no emprego, um aumento da inflação e, talvez, dos juros.

As atenções dos investidores estarão, portanto, no texto do comunicado, que sai às 15h00. Meia hora depois sai a entrevista do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell. A busca será por pistas sobre a mudança no discurso sobre a inflação e sobre o início da redução da compra de títulos, o chamado tapering. Isto tira o sono dos mercados. Algum voto contrário ou declaração de integrante do FOMC sobre a retirada dos estímulos também deve assustar os mercados.

Se confirmada essa estratégia, os mercados de ações e as commodities devem reagir bem. Afinal, entenderiam que eles ainda têm tempo para desfrutar da retomada da economia com juro perto de zero e as compras mensais pelo menos até o fim deste ano. Mas, apesar do clima de piquenique à beira do vulcão continuar, a volatilidade deve aumentar, pois ficará claro que cada vez mais se aproxima a hora em que o Fed vai tirar o ponche da festa.


Jerome Powell deve manter discurso tranquilizador, estimam analistas

Pesquisa feita pela CNBC mostra que a projeção para a inflação americana neste ano subiu de 2,76% na última reunião para 3,88% nesta, chegando a 5,3% em novembro. Já as projeções para o crescimento do PIB americano em 2021 ficaram praticamente estáveis, passando de 6,5% para 6,4%.

A maioria dos analistas acredita, porém, que Jerome Powell deve manter o discurso tranquilizador. O presidente do Federal Reserve deve apontar novamente que a alta da inflação é temporária e amplificada por problemas nas cadeias de suprimento e no mercado de trabalho, que ficaram desorganizados pela pandemia. Outro argumento que deve ser reforçado é o de que a retomada ainda é desigual e não surtiu o efeito necessário no mercado de trabalho.


Federal Reserve tentará acalmar os mercados no discurso

Na prática, o Federal Reserve vai tentar acalmar os mercados no discurso. Assim, o banco central americano deve jogar a discussão da redução dos estímulos para agosto, em sua reunião anual de Jackson Hole, que reúne dirigentes e especialistas de vários países.

Até lá, a autarquia americana terá também uma ideia melhor do avanço da recuperação econômica e se há o risco de volta da pandemia com novos vírus. A lógica do Fed deve ser que é melhor errar pelo excesso neste momento. O banco central considera que é mais fácil controlar uma disparada da inflação do que recuperar uma economia.

Texto: Angelo Pavini
Edição: Guillermo Parra-Bernal e Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins / TC Mover


Leia também

Cautela domina à espera de Federal Reserve, Copom; vencimentos, fiscal no radar: Espresso

Calendário Econômico: Superquarta, Jerome Powell, vencimento de opções

Bolsas caem à espera do FOMC; no radar, Copom, vencimentos, reformas, Eletrobras: Espresso

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.