0

Acionistas da brMalls tendem a aceitar proposta da Aliansce Sonae, dizem fontes

mercados

Acionistas da brMalls tendem a aceitar proposta da Aliansce Sonae, dizem fontes

Em comunicado divulgado hoje, a Aliansce Sonae informou que apresentou à brMalls uma nova proposta não-vinculante de fusão com a empresa

Acionistas da brMalls tendem a aceitar proposta da Aliansce Sonae, dizem fontes
tcuser

Atualizado há cerca de 1 mês

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 19 de abril – As gestoras Squadra Investimentos e Velt Partners, que são dois dos maiores acionistas da brMalls, tendem a aceitar a nova proposta de combinação de negócios feita pela concorrente Aliansce Sonae e comunicada nesta terça-feira ao mercado, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

A nova proposta representa um acréscimo financeiro de 18% em relação à primeira oferta, considerando valores totais, e deixa a brMalls com 55,2% do capital social da eventual empresa.

Por volta das 13h, a ação ordinária da brMalls (BRML3) avançava 6,40%, para R$9,31, enquanto o papel da Aliansce Sonae (ALSO3) subia 0,80%, negociado na B3 a R$21,37.

A posição das gestoras forçou o Conselho de Administração da brMalls a permitir que a diretoria negocie a proposta. Até então, o Conselho se opunha às investidas da Aliansce Sonae. “A deliberação tomada nesta data não deve ser entendida como apoio ou recomendação em relação aos termos da nova proposta”, disse a brMalls em comunicado ao mercado.

Com a anuência da Squadra e da Velt, os executivos da Aliansce Sonae acreditam ter mais de 40% do capital social da companhia favorável ao negócio. A Squadra é o segundo maior acionista, com 9,48%, enquanto a Velt detém 4,29%, de acordo com relatório da Refnitiv.

Segundo uma das fontes, “Squadra e Velt veem de forma favorável os termos iniciais propostos pela Aliansce Sonae”, o que indica que os detalhes ainda não estão fechados. A fonte não revelou quais seriam esses detalhes.

Procuradas pelo Scoop by Mover, brMalls, Squadra e Velt não se pronunciaram até o momento. Aliansce Sonae disse que não irá comentar.

Persistência

Após duas recusas, a Aliansce Sonae enviou uma terceira proposta de combinação de negócios com a brMalls, elevando em 23% a parcela de ações oferecidas à rival na operação que pode criar a maior empresa de shopping centers do Brasil.

Em comunicado divulgado hoje, a Aliansce disse que apresentou ao Conselho de Administração da brMalls uma nova proposta não-vinculante de fusão, com pagamento de R$1,25 bilhão em dinheiro, além da entrega de 326.339.911 ações da companhia, o que corresponde a uma ação de emissão da brMalls para 0,3940 ação de emissão da Aliansce.

A nova proposta aumenta em 23% o número de papéis ordinários oferecidos – a oferta anterior previa relação de troca de 0,31769690 e 265 milhões de ações. Com isso, a brMalls deteria 55,2% do capital social da empresa combinada, ante os 50% da proposta anterior.

*Esta reportagem foi publicada mais cedos, às 12h08, exclusivamente aos assinantes. Quer receber notícias e furos em primeira mão? Assine um dos planos do TC.

Texto: Gustavo Machado, Felipe Corleta e Stéfanie Rigamonti
Colaboração: Bruna Chieco
Edição: Allan Ravagnani e Gustavo Boldrini
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

BRML3

BR MALLS PARTICIPACOES S....

8,59

0,00

+0,00%

Relacionadas

ALSO3

ALIANSCE SONAE SHOPPING C...

19,18

-0,09

-0,47%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.