IBOV

105.069,69 pts

+0,57%

SP500

4.533,93 pts

-0,94%

DJIA

34.576,46 pts

-0,18%

NASDAQ

15.689,07 pts

-1,88%

IFIX

2.610,67 pts

+1,07%

BRENT

US$ 69,81

+0,20%

IO62

¥ 628,00

+3,63%

TRAD3

R$ 6,70

-0,29%

ABEV3

R$ 16,00

-0,06%

AMER3

R$ 27,81

+1,34%

ASAI3

R$ 13,30

+6,82%

AZUL4

R$ 22,43

+0,53%

B3SA3

R$ 11,63

+1,48%

BIDI11

R$ 32,90

-2,87%

BBSE3

R$ 21,18

+0,61%

BRML3

R$ 7,94

+1,14%

BBDC3

R$ 17,81

+0,28%

BBDC4

R$ 20,76

-0,28%

BRAP4

R$ 51,70

-1,37%

BBAS3

R$ 32,20

+0,12%

BRKM5

R$ 60,50

+4,67%

BRFS3

R$ 19,62

-0,75%

BPAC11

R$ 21,25

+0,75%

CRFB3

R$ 14,78

-1,26%

CCRO3

R$ 12,56

+4,05%

CMIG4

R$ 13,80

+2,98%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,20

+2,80%

COGN3

R$ 2,48

+0,81%

CPLE6

R$ 6,21

-0,95%

CSAN3

R$ 22,37

+1,96%

CPFE3

R$ 27,89

+1,16%

CVCB3

R$ 14,15

+7,03%

CYRE3

R$ 14,93

+7,41%

ECOR3

R$ 8,82

+5,37%

ELET3

R$ 35,39

+2,58%

ELET6

R$ 34,40

+2,13%

EMBR3

R$ 19,15

-1,08%

ENBR3

R$ 21,43

+0,04%

ENGI11

R$ 46,66

+0,58%

ENEV3

R$ 14,53

+3,63%

EGIE3

R$ 39,47

+0,53%

EQTL3

R$ 23,56

+1,42%

EZTC3

R$ 19,81

+5,26%

FLRY3

R$ 18,56

+3,51%

GGBR4

R$ 27,85

+0,68%

GOAU4

R$ 11,37

+4,88%

GOLL4

R$ 15,17

+0,86%

NTCO3

R$ 25,75

-1,15%

HAPV3

R$ 11,43

+3,72%

HYPE3

R$ 28,28

+2,61%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,54

+4,09%

IRBR3

R$ 4,18

-1,64%

ITSA4

R$ 9,85

-0,50%

ITUB4

R$ 22,98

-0,34%

JBSS3

R$ 33,41

-4,84%

JHSF3

R$ 5,19

+3,38%

KLBN11

R$ 24,20

-1,22%

RENT3

R$ 54,86

+2,12%

LCAM3

R$ 24,40

+1,83%

LWSA3

R$ 12,75

+8,60%

LAME4

R$ 5,13

+3,21%

LREN3

R$ 29,25

+2,23%

MGLU3

R$ 7,05

+4,29%

MRFG3

R$ 20,87

-5,73%

BEEF3

R$ 8,62

+1,41%

MRVE3

R$ 11,97

+5,27%

MULT3

R$ 20,70

+3,29%

PCAR3

R$ 22,50

+1,26%

PETR3

R$ 30,07

+1,86%

PETR4

R$ 28,76

+1,41%

VBBR3

21,90

+1,90%

PRIO3

R$ 21,21

+1,19%

QUAL3

R$ 16,22

+2,27%

RADL3

R$ 22,82

+2,65%

RAIL3

R$ 18,10

+2,78%

SBSP3

R$ 37,32

+1,68%

SANB11

R$ 33,66

-0,44%

CSNA3

R$ 23,28

-1,23%

SULA11

R$ 26,47

+1,61%

SUZB3

R$ 57,10

-1,55%

TAEE11

R$ 37,66

+1,18%

VIVT3

R$ 50,85

+1,21%

TIMS3

R$ 13,77

+0,36%

TOTS3

R$ 30,50

+0,76%

UGPA3

R$ 14,74

+3,43%

USIM5

R$ 14,23

-1,38%

VALE3

R$ 71,87

-2,20%

VIIA3

R$ 5,36

+4,07%

WEGE3

R$ 32,78

+0,18%

YDUQ3

R$ 23,76

+2,59%

IBOV

105.069,69 pts

+0,57%

SP500

4.533,93 pts

-0,94%

DJIA

34.576,46 pts

-0,18%

NASDAQ

15.689,07 pts

-1,88%

IFIX

2.610,67 pts

+1,07%

BRENT

US$ 69,81

+0,20%

IO62

¥ 628,00

+3,63%

TRAD3

R$ 6,70

-0,29%

ABEV3

R$ 16,00

-0,06%

AMER3

R$ 27,81

+1,34%

ASAI3

R$ 13,30

+6,82%

AZUL4

R$ 22,43

+0,53%

B3SA3

R$ 11,63

+1,48%

BIDI11

R$ 32,90

-2,87%

BBSE3

R$ 21,18

+0,61%

BRML3

R$ 7,94

+1,14%

BBDC3

R$ 17,81

+0,28%

BBDC4

R$ 20,76

-0,28%

BRAP4

R$ 51,70

-1,37%

BBAS3

R$ 32,20

+0,12%

BRKM5

R$ 60,50

+4,67%

BRFS3

R$ 19,62

-0,75%

BPAC11

R$ 21,25

+0,75%

CRFB3

R$ 14,78

-1,26%

CCRO3

R$ 12,56

+4,05%

CMIG4

R$ 13,80

+2,98%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,20

+2,80%

COGN3

R$ 2,48

+0,81%

CPLE6

R$ 6,21

-0,95%

CSAN3

R$ 22,37

+1,96%

CPFE3

R$ 27,89

+1,16%

CVCB3

R$ 14,15

+7,03%

CYRE3

R$ 14,93

+7,41%

ECOR3

R$ 8,82

+5,37%

ELET3

R$ 35,39

+2,58%

ELET6

R$ 34,40

+2,13%

EMBR3

R$ 19,15

-1,08%

ENBR3

R$ 21,43

+0,04%

ENGI11

R$ 46,66

+0,58%

ENEV3

R$ 14,53

+3,63%

EGIE3

R$ 39,47

+0,53%

EQTL3

R$ 23,56

+1,42%

EZTC3

R$ 19,81

+5,26%

FLRY3

R$ 18,56

+3,51%

GGBR4

R$ 27,85

+0,68%

GOAU4

R$ 11,37

+4,88%

GOLL4

R$ 15,17

+0,86%

NTCO3

R$ 25,75

-1,15%

HAPV3

R$ 11,43

+3,72%

HYPE3

R$ 28,28

+2,61%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 64,54

+4,09%

IRBR3

R$ 4,18

-1,64%

ITSA4

R$ 9,85

-0,50%

ITUB4

R$ 22,98

-0,34%

JBSS3

R$ 33,41

-4,84%

JHSF3

R$ 5,19

+3,38%

KLBN11

R$ 24,20

-1,22%

RENT3

R$ 54,86

+2,12%

LCAM3

R$ 24,40

+1,83%

LWSA3

R$ 12,75

+8,60%

LAME4

R$ 5,13

+3,21%

LREN3

R$ 29,25

+2,23%

MGLU3

R$ 7,05

+4,29%

MRFG3

R$ 20,87

-5,73%

BEEF3

R$ 8,62

+1,41%

MRVE3

R$ 11,97

+5,27%

MULT3

R$ 20,70

+3,29%

PCAR3

R$ 22,50

+1,26%

PETR3

R$ 30,07

+1,86%

PETR4

R$ 28,76

+1,41%

VBBR3

21,90

+1,90%

PRIO3

R$ 21,21

+1,19%

QUAL3

R$ 16,22

+2,27%

RADL3

R$ 22,82

+2,65%

RAIL3

R$ 18,10

+2,78%

SBSP3

R$ 37,32

+1,68%

SANB11

R$ 33,66

-0,44%

CSNA3

R$ 23,28

-1,23%

SULA11

R$ 26,47

+1,61%

SUZB3

R$ 57,10

-1,55%

TAEE11

R$ 37,66

+1,18%

VIVT3

R$ 50,85

+1,21%

TIMS3

R$ 13,77

+0,36%

TOTS3

R$ 30,50

+0,76%

UGPA3

R$ 14,74

+3,43%

USIM5

R$ 14,23

-1,38%

VALE3

R$ 71,87

-2,20%

VIIA3

R$ 5,36

+4,07%

WEGE3

R$ 32,78

+0,18%

YDUQ3

R$ 23,76

+2,59%

Atualizado há mais de 2 anos

Ícone de compartilhamento
Ícone de compartilhamento

A bolsa subia no início da tarde desta terça-feira, refletindo uma releitura do investidor quanto aos vazamentos da Operação Lava Jato: após maior receio ontem, o mercado agora avalia se haverá, de fato, danos significativos à tramitação da pauta econômica no Congresso, especialmente no que diz respeito à PEC da Previdência. Ao mesmo tempo, dólar e juros recuavam, ajudados também pelo exterior calmo.

 

No início da tarde, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tuitou que vai blindar a Casa de qualquer crise e que focará na aprovação de reformas e de projetos essenciais para o Brasil. A declaração, após o silêncio de ontem, ajudou o índice Bovespa a acelerar alta. Além desta declaração, ajudou a fala do presidente da Comissão Especial da Câmara, Marcelo Ramos, de que os parlamentares devem se reunir na quinta-feira para discutir o relatório da Previdência.

 

Também favorece o cenário interno a provável aprovação do pedido, por parte do governo, de crédito suplementar de R$249 bilhões: o relator da solicitação, deputado Hildo Rocha, declarou no começo desta tarde que houve acordo para aprovação. Segundo informações de agências, ficou acertado que serão descontingenciados R$2 bilhões, sendo R$1 bilhão da verba para educação e outro R$1 bilhão para o Minha Casa Minha Vida. O descontingenciamento nessas áreas foi a condição imposta pela oposição e por parte do Centrão para aprovação do pedido.

 

No exterior, o clima era ameno com menor apreensão quanto à resolução dos conflitos comerciais entre os Estados Unidos e a China.

 

BOLSAS: Às 13h00, o índice da Bovespa subia 0,84% a 98.283 pontos, após atingir a máxima em 98.542 pontos, com o investidor reagindo ao noticiário menos tenso de Brasília em relação à pauta econômica. Liderando as altas, CSN ON e Vale ON sobem 5,22% e 4,84%, respectivamente, refletindo a disparada nos preços do minério de ferro na China, após anúncio do governo chinês de relaxar as regras para captação de recursos para infraestrutura. Liderando as perdas estão Azul PN e Gol PN, que caem 3,99% e 2,95%, respectivamente, após o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo adiar a decisão sobre o leilão de ativos da Avianca – a expectativa é que após decretada a falência da companhia, os horários de pousos e decolagens devem ser redistribuídos entre as demais empresas. O volume projetado para o Ibovespa é de R$12,6 bilhões, na média de negociação diária.

 

MOEDAS: O dólar futuro negociado na B3 recuava 0,80% a R$3,860, maior queda diária em cinco pregões, refletindo o cenário de menor percepção de risco pelos investidores no plano local e o exterior ameno. Mais cedo, uma declaração do presidente americano, Donald Trump, de que a moeda americana está em desvantagem ante o euro e outras divisas em parte pela política de juros do Federal Reserve, ajudou o dólar a aprofundar perdas ante pares.

 

JUROS: A curva de juros segue em tendência de queda, acompanhando o movimento do dólar futuro. Os contratos longos, com vencimento a partir de janeiro de 2025, mostravam fortes quedas de mais de 10 pontos base – o contrato do DI com vencimento em janeiro de 2029, por exemplo, cedia 19 pontos base a 8,210%. A percepção dos investidores é que com a reforma da previdência aprovada e com a expectativa de inflação baixa, o Banco Central possa vir cortar os juros ainda neste ano.

 

EUA: Os índices Dow Jones Industrials e S&P500 operavam em queda de 0,10% e 0,13%, respectivamente, em um movimento de realização de lucros após subirem por cinco pregões seguidos, depois do desfecho positivo da disputa comercial com o México na semana passada.

 

(Foto: Congresso Nacional/Wilson Dias – Agência Brasil)

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.