0

Bolsas americanas ignoram fala de Mnuchin sobre a China e recuam

mercados

Bolsas americanas ignoram fala de Mnuchin sobre a China e recuam

Bolsas americanas ignoram fala de Mnuchin sobre a China e recuam
tcuser

Atualizado há mais de 3 anos

Ícone de compartilhamento

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, se mostrou confiante na evolução das conversas comerciais com a China e confirmou que visitará o país asiático na próxima semana com a intenção de acelerar a confecção de um acordo antes do prazo final de março – mas as bolsas continuaram em queda hoje em meio a uma crescente pressão vendedora.

 

Em entrevista à CNBC mais cedo, Mnuchin disse que o governo americano está “fazendo um enorme esforço para atingir esse prazo e fazer um acordo. Esse é o nosso objetivo.” As recentes reuniões com uma delegação chinesa, lideradas pelo vice premiê chinês, Liu He, foram ” muito produtivas”, disse. O prazo para chegar a um acordo vence em 2 de março.

 

As declarações pouco ajudaram a mitigar a queda nos índices referência nos EUA, que operavam desde cedo no vermelho em meio às dúvidas sobre o avanço das conversas, o discurso pouco assertivo do presidente Donald Trump no Congresso ontem à noite e temores de resultados trimestrais fracos.

 

O Dow Jones Industrials perdia 0,12% às 15h10; já o S&P500 recuava 0,30% em dia volátil. O Nasdaq, que precisava de um aumento de 0,5% para sair do território de correção, cedia 0,45%. O investidor está de olho nas concessões que os EUA buscam da China quanto às vendas de produtos e serviços à China, o fim do roubo de propriedade intelectual e outras questões estruturais.

 

(Foto: Steven Mnuchin/ AP Photo/Manuel Balce Ceneta)

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.