IBOV

111.721,12 pts

-2,36%

SP500

4.514,33 pts

+0,63%

DJIA

35.423,69 pts

+0,47%

NASDAQ

15.387,39 pts

+0,56%

IFIX

2.746,01 pts

-0,05%

BRENT

US$ 84,99

+0,78%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,34

-1,88%

ABEV3

R$ 15,29

-2,11%

AMER3

R$ 38,61

-1,17%

ASAI3

R$ 16,66

-1,76%

AZUL4

R$ 32,30

-5,99%

B3SA3

R$ 12,85

-0,54%

BIDI11

R$ 45,94

-4,88%

BBSE3

R$ 21,35

-1,52%

BRML3

R$ 8,29

-3,38%

BBDC3

R$ 18,01

-2,54%

BBDC4

R$ 21,17

-2,21%

BRAP4

R$ 53,45

-1,40%

BBAS3

R$ 31,21

-3,10%

BRKM5

R$ 57,93

-2,07%

BRFS3

R$ 24,43

-2,63%

BPAC11

R$ 24,51

-4,25%

CRFB3

R$ 18,14

-3,15%

CCRO3

R$ 12,33

-3,06%

CMIG4

R$ 14,81

-1,98%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,45

-6,13%

COGN3

R$ 3,00

-3,53%

CPLE6

R$ 6,72

-0,59%

CSAN3

R$ 22,99

-1,16%

CPFE3

R$ 26,29

-1,20%

CVCB3

R$ 19,38

-2,95%

CYRE3

R$ 17,25

-5,27%

ECOR3

R$ 9,57

-4,58%

ELET3

R$ 39,82

-1,94%

ELET6

R$ 39,82

-1,80%

EMBR3

R$ 25,09

-2,22%

ENBR3

R$ 19,10

-1,08%

ENGI11

R$ 44,71

-2,91%

ENEV3

R$ 15,01

-1,89%

EGIE3

R$ 38,60

-0,10%

EQTL3

R$ 24,40

-1,49%

EZTC3

R$ 22,37

-5,05%

FLRY3

R$ 20,88

-3,19%

GGBR4

R$ 27,96

-0,78%

GOAU4

R$ 12,64

-1,40%

GOLL4

R$ 19,50

-3,94%

NTCO3

R$ 40,75

-5,47%

HAPV3

R$ 12,22

-3,01%

HYPE3

R$ 29,51

-3,18%

IGTA3

R$ 32,71

-3,45%

GNDI3

R$ 68,53

-3,96%

IRBR3

R$ 5,23

+0,19%

ITSA4

R$ 10,99

-3,00%

ITUB4

R$ 24,43

-2,00%

JBSS3

R$ 37,78

-1,89%

JHSF3

R$ 5,88

-3,76%

KLBN11

R$ 22,64

-1,56%

RENT3

R$ 54,34

-3,39%

LCAM3

R$ 24,20

-3,70%

LWSA3

R$ 22,05

-4,08%

LAME4

R$ 6,17

-3,74%

LREN3

R$ 34,34

-4,58%

MGLU3

R$ 13,90

-2,66%

MRFG3

R$ 26,09

-1,51%

BEEF3

R$ 10,08

-2,79%

MRVE3

R$ 11,89

-4,72%

MULT3

R$ 19,76

-3,42%

PCAR3

R$ 28,60

-1,24%

PETR3

R$ 29,27

-3,07%

PETR4

R$ 28,50

-3,22%

BRDT3

R$ 23,80

-3,76%

PRIO3

R$ 27,44

+1,03%

QUAL3

R$ 18,73

-2,90%

RADL3

R$ 22,34

-1,62%

RAIL3

R$ 17,59

-3,40%

SBSP3

R$ 38,43

-1,10%

SANB11

R$ 35,50

-2,74%

CSNA3

R$ 25,93

-1,96%

SULA11

R$ 25,83

-1,93%

SUZB3

R$ 49,10

-1,40%

TAEE11

R$ 37,93

-0,10%

VIVT3

R$ 45,77

-1,46%

TIMS3

R$ 12,25

-1,84%

TOTS3

R$ 34,66

-3,18%

UGPA3

R$ 14,99

-2,78%

USIM5

R$ 15,77

-1,92%

VALE3

R$ 78,97

-1,18%

VIIA3

R$ 7,80

-4,64%

WEGE3

R$ 39,65

-1,75%

YDUQ3

R$ 25,59

-5,25%

IBOV

111.721,12 pts

-2,36%

SP500

4.514,33 pts

+0,63%

DJIA

35.423,69 pts

+0,47%

NASDAQ

15.387,39 pts

+0,56%

IFIX

2.746,01 pts

-0,05%

BRENT

US$ 84,99

+0,78%

IO62

¥ 709,50

+0,42%

TRAD3

R$ 8,34

-1,88%

ABEV3

R$ 15,29

-2,11%

AMER3

R$ 38,61

-1,17%

ASAI3

R$ 16,66

-1,76%

AZUL4

R$ 32,30

-5,99%

B3SA3

R$ 12,85

-0,54%

BIDI11

R$ 45,94

-4,88%

BBSE3

R$ 21,35

-1,52%

BRML3

R$ 8,29

-3,38%

BBDC3

R$ 18,01

-2,54%

BBDC4

R$ 21,17

-2,21%

BRAP4

R$ 53,45

-1,40%

BBAS3

R$ 31,21

-3,10%

BRKM5

R$ 57,93

-2,07%

BRFS3

R$ 24,43

-2,63%

BPAC11

R$ 24,51

-4,25%

CRFB3

R$ 18,14

-3,15%

CCRO3

R$ 12,33

-3,06%

CMIG4

R$ 14,81

-1,98%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,45

-6,13%

COGN3

R$ 3,00

-3,53%

CPLE6

R$ 6,72

-0,59%

CSAN3

R$ 22,99

-1,16%

CPFE3

R$ 26,29

-1,20%

CVCB3

R$ 19,38

-2,95%

CYRE3

R$ 17,25

-5,27%

ECOR3

R$ 9,57

-4,58%

ELET3

R$ 39,82

-1,94%

ELET6

R$ 39,82

-1,80%

EMBR3

R$ 25,09

-2,22%

ENBR3

R$ 19,10

-1,08%

ENGI11

R$ 44,71

-2,91%

ENEV3

R$ 15,01

-1,89%

EGIE3

R$ 38,60

-0,10%

EQTL3

R$ 24,40

-1,49%

EZTC3

R$ 22,37

-5,05%

FLRY3

R$ 20,88

-3,19%

GGBR4

R$ 27,96

-0,78%

GOAU4

R$ 12,64

-1,40%

GOLL4

R$ 19,50

-3,94%

NTCO3

R$ 40,75

-5,47%

HAPV3

R$ 12,22

-3,01%

HYPE3

R$ 29,51

-3,18%

IGTA3

R$ 32,71

-3,45%

GNDI3

R$ 68,53

-3,96%

IRBR3

R$ 5,23

+0,19%

ITSA4

R$ 10,99

-3,00%

ITUB4

R$ 24,43

-2,00%

JBSS3

R$ 37,78

-1,89%

JHSF3

R$ 5,88

-3,76%

KLBN11

R$ 22,64

-1,56%

RENT3

R$ 54,34

-3,39%

LCAM3

R$ 24,20

-3,70%

LWSA3

R$ 22,05

-4,08%

LAME4

R$ 6,17

-3,74%

LREN3

R$ 34,34

-4,58%

MGLU3

R$ 13,90

-2,66%

MRFG3

R$ 26,09

-1,51%

BEEF3

R$ 10,08

-2,79%

MRVE3

R$ 11,89

-4,72%

MULT3

R$ 19,76

-3,42%

PCAR3

R$ 28,60

-1,24%

PETR3

R$ 29,27

-3,07%

PETR4

R$ 28,50

-3,22%

BRDT3

R$ 23,80

-3,76%

PRIO3

R$ 27,44

+1,03%

QUAL3

R$ 18,73

-2,90%

RADL3

R$ 22,34

-1,62%

RAIL3

R$ 17,59

-3,40%

SBSP3

R$ 38,43

-1,10%

SANB11

R$ 35,50

-2,74%

CSNA3

R$ 25,93

-1,96%

SULA11

R$ 25,83

-1,93%

SUZB3

R$ 49,10

-1,40%

TAEE11

R$ 37,93

-0,10%

VIVT3

R$ 45,77

-1,46%

TIMS3

R$ 12,25

-1,84%

TOTS3

R$ 34,66

-3,18%

UGPA3

R$ 14,99

-2,78%

USIM5

R$ 15,77

-1,92%

VALE3

R$ 78,97

-1,18%

VIIA3

R$ 7,80

-4,64%

WEGE3

R$ 39,65

-1,75%

YDUQ3

R$ 25,59

-5,25%

Atualizado há 10 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 5 de janeiro – As bolsas tiveram mais um dia de fortes oscilações, em meio à expectativa com a eleição para o Senado na Geórgia, nos Estados Unidos, que pode abrir caminho para mais impostos, mas também mais incentivos. Em Nova Iorque, os índices recuperaram parte das perdas do dia anterior e voltaram para perto dos níveis recordes do fim de 2020.

 

Os investidores se animaram com a decisão da Opep+ e seus aliados de manter os limites de produção até fevereiro, o que puxou o petróleo em quase 5% e, com ele, as ações do setor de energia e as bolsas e moedas de países emergentes, como o Brasil.

 

Os dados de atividade nos Estados Unidos também ajudaram, com o índice de manufatura dos gerentes de suprimento, o ISM, subindo para 60,7 em dezembro, acima dos 57,0 esperados e dos 57,5 de novembro. A expectativa agora é com os números do setor de serviços, que saem amanhã nos EUA e na Zona do Euro.

 

A lentidão nos programas de vacinação em massa levanta agora a discussão entre autoridades americanas e laboratórios, como a Moderna, de dividir as doses para atingir um número maior de pessoas.

 

O clima também melhorou após a Bolsa de Nova Iorque rever a decisão divulgada no fim de semana, de suspender as negociações com ações de três empresas de telecomunicação da China a partir do dia 11, como determinou o governo.

 

Investidores devem acompanhar votação para Senado americano em Geórgia

 

A instabilidade dos mercados deve continuar amanhã, com a expectativa com dados de emprego, ata do FOMC e os resultados da votação na Geórgia, que devem definir o controle do Senado americano. A apuração começa hoje após as 21h00 do Brasil, e deve se prolongar até amanhã.

 

Se os democratas conseguirem as duas vagas em disputa, o presidente eleito, Joe Biden, poderá aprovar com mais facilidade medidas que desagradam o mercado no curto prazo, como aumento de impostos e maior regulação de setores como financeiro, farmacêutico e de tecnologia.

 

Já a ata do FOMC, que sai às 16h00 do Brasil, dará mais detalhes da visão do banco central americano sobre a retomada da economia americana em dezembro em meio ao avanço das vacinas. O relatório, porém, trará o clima antes da aprovação da nova ajuda de US$900 bilhões pelo Congresso americano.

 

Amanhã também saem os dados dos gerentes de compras, os PMIs, do setor de serviços dos Estados Unidos e da União Europeia relativos a dezembro, que sofrerão o impacto do avanço da segunda onda do coronavírus e das novas restrições de atividades, especialmente na Europa.

 

Texto: TC Mover
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: TC Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.