0

Bolsas têm semana de ganhos; no radar, inflação, atividade, ata, bancos: Espresso

mercados

Bolsas têm semana de ganhos; no radar, inflação, atividade, ata, bancos: Espresso

As bolsas nos EUA e no Brasil garantiram os ganhos em semana marcada por dados de empregos americanos, balanços e decisão monetária do Copom

Bolsas têm semana de ganhos; no radar, inflação, atividade, ata, bancos: Espresso
tcuser

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 4 de fevereiro– As bolsas americanas fecharam a sessão sem uma tendência definida, em um dia agitado pelos dados de emprego nos Estados Unidos acima do esperado e pela alta dos juros para o maior nível desde 2019. Mas garantiram a segunda semana de ganhos no ano, graças aos bons resultados de empresas, que compensaram a frustração com o Facebook.

No Brasil, o Ibovespa reagiu após duas quedas e garantiu a quarta semana de alta, sustentado pelos estrangeiros. O dólar futuro subiu pelo segundo dia, mas teve a quarta semana de perdas, enquanto os juros aceleraram.

Desempenho das bolsas

Os principais índices acionários americanos conseguiram fechar a segunda semana positiva de 2022, em meio à recuperação das ações de tecnologia, impulsionadas por balanço positivos da Amazon, mesmo com o rendimento dos Treasuries de dez anos acima de 1,9%. Nessa sexta, o Dow Jones fechou praticamente estável, caindo 0,06%, enquanto o S&P500 subiu 0,52% e o Nasdaq 100, 1,33%. Na semana, subiram 1,05%, 1,55% e 1,66%, respectivamente.

O petróleo Brent avançou 2,37% hoje e 5,37% na semana, e o WTI ganhou 2,26% e 6,32%, respectivamente, ambos fechando acima de US$90, com pressão sobre a oferta pelas tensões geopolíticas e economia americana aquecida.

Acompanhando o exterior, o Ibovespa reverteu a queda e encerrou com ganho de 0,49% a 112.244 pontos, acumulando alta de 0,30% na semana. Já curva de juros disparou em até 30 pontos-base, refletindo a pressão sobre as taxas longas americanas, após dados aquecidos do Payroll, e riscos fiscais locais, enquanto o dólar futuro subiu 0,75% a R$5,359, de olho também na discussão sobre subsídios para combustíveis no Congresso e nas pressões por gastos. Na semana, porém, perdeu 0,86%.

* Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Vinícius Martins/ Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.