0

CM Capital vê inflação menor em abril; pressão virá de combustíveis, remédios

mercados

CM Capital vê inflação menor em abril; pressão virá de combustíveis, remédios

CM Capital vê inflação menor em abril; pressão virá de combustíveis, remédios
tcuser

Atualizado há cerca de 3 anos

Ícone de compartilhamento

Os combustíveis devem pressionar a inflação em abril, que deve desacelerar perante março graças a um menor custo de alimentos e bebidas – mostrando que o salto visto no mês passado tem caráter transitório, de acordo com economistas da CM Capital Markets.

 

“Um ponto que vale a pena destacar para a inflação de abril é a pressão inflacionária de medicamentos, que, sazonalmente, são reajustados no mês em questão. Portanto, prevemos uma pressão de 1,96%,” disse a economista Camila Abdelmalack em nota a clientes. Na contramão, a inflação de energia elétrica deve permanecer baixa em abril, sobretudo por conta dos descontos dos reajustes de concessionárias importantes, especialmente no Rio de Janeiro.

 

Em março, a inflação anual ultrapassou a meta oficial para o ano após o custo dos alimentos e dos transportes saltar bem acima do esperado. O indicador teve sua maior leitura em dois anos. Segundo o IBGE, o índice IPCA acelerou 0,75% no mês passado, ante consenso de 0,61%, a pior leitura mensal desde junho do ano passado e em quatro anos para um mês de março. O IPCA em 12 meses acelerou para 4,58%, ultrapassando o consenso de 4,41% e bem acima da meta oficial de 4,25%.

 

(Foto: Posto de combustíveis/Marcelo Camargo-Agência Brasil)

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.