0

Controladores da Alliar sinalizam vender maioria das ações a Tanure

mercados

Controladores da Alliar sinalizam vender maioria das ações a Tanure

Pesquisa feita com integrantes do bloco de controle da Alliar indicou que acionistas pretendem vender, somados, 57 milhões de ações

Controladores da Alliar sinalizam vender maioria das ações a Tanure
tcuser

Atualizado há 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 14 de março – A rede de medicina diagnóstica por imagens Alliar informou nesta segunda-feira que a maioria dos acionistas do bloco de controle deve vender suas participações ao empresário Nelson Tanure, abrindo caminho para a realização de uma oferta pública pelas ações nas mãos dos minoritários.

Em fato relevante divulgado nesta manhã, a Alliar informou que uma pesquisa feita com os integrantes do bloco de controle indicou que esses acionistas pretendem vender, somados, 57 milhões de papéis ordinários (AALR3), o equivalente a 48,2% do capital social da empresa.

No final do ano passado, o grupo firmou contrato para vender ao empresário até 62,4 milhões de ações, equivalente a 52,7% do capital social da Alliar, pelo valor de R$20,50 a unidade.

Tanure detém, atualmente, uma fatia de 27,6% na Alliar. Caso o grupo venda o equivalente a 48,2% do capital social, conforme indica a pesquisa, o empresário terá de estender a proposta de R$20,50 aos acionistas que estão fora do bloco de controle, numa OPA, por ele ter obtido o controle da empresa.

Opção de venda

A pesquisa divulgada pela Alliar mostrou ainda que apenas uma minoria planeja vincular suas ações à opção de venda. O número de ações que podem ser objeto da opção de venda, segundo a pesquisa, soma 5,4 milhões de papéis, representativos de 4,56% das ações emitidas pela Alliar.

A opção de venda dá aos integrantes do bloco de controle o direito de se desfazerem das ações no segundo aniversário da data em que o acordo for fechado, pelos mesmos R$20,50 oferecidos inicialmente, mais correção monetária.

Esse mecanismo reverberou negativamente entre os minoritários, que viram nisso uma forma de Tanure tentar se esquivar de realizar a OPA e uma vantagem indevida aos membros do bloco de controle. O empresário e os acionistas controladores negam que o mecanismo seja um abuso de poder de controlador e uma forma de evitar estender a oferta aos minoritários.

Transação

O empresário e os integrantes do bloco de controle estabeleceram o dia 31 de março para finalizar a transação, mas as partes negociam formas de acelerar o processo, segundo informou o Scoop by Mover em 22 de fevereiro.

Ainda faltam algumas questões para serem resolvidas, entre elas a liberação das ações dadas em garantias. A pesquisa divulgada pela Alliar mostra que o número total de ações livres e desoneradas neste momento e que deverão ser vendidas é de 50,1 milhões, equivalente a 42,4% das ações emitidas pela Alliar e de 87,9% dos papéis que serão repassados a Tanure.

Já o número de ações que ainda estão oneradas e que para serem vendidas precisam estar livres e desoneradas alcança 6,8 milhões, 5,8% do capital social da empresa e 12% do total previsto para ser vendido.

Por volta das 14h, as ações da Alliar (AALR3) operavam na estabilidade, valendo R$17,44.

Texto: Gustavo Boldrini e Ivan Ryngleblum
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

AALR3

CENTRO DE IMAGEM DIAGNOST...

19,58

-0,05

-0,25%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.