IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

IBOV

108.941,68 pts

-0,14%

SP500

4.389,62 pts

-2,06%

DJIA

34.213,89 pts

-1,43%

NASDAQ

14.422,54 pts

-2,85%

IFIX

2.810,25 pts

+0,20%

BRENT

US$ 87,62

-0,68%

IO62

¥ 752,50

+1,96%

TRAD3

R$ 4,55

+2,24%

ABEV3

R$ 14,69

+1,38%

AMER3

R$ 34,97

+2,31%

ASAI3

R$ 12,02

+0,58%

AZUL4

R$ 27,61

+1,61%

B3SA3

R$ 13,64

+2,94%

BIDI11

R$ 25,29

-0,66%

BBSE3

R$ 20,62

+0,34%

BRML3

R$ 9,20

+2,22%

BBDC3

R$ 17,45

-0,51%

BBDC4

R$ 20,86

-1,04%

BRAP4

R$ 27,65

-2,36%

BBAS3

R$ 31,14

+0,41%

BRKM5

R$ 48,20

-2,01%

BRFS3

R$ 22,69

-2,86%

BPAC11

R$ 21,29

+6,98%

CRFB3

R$ 14,87

+1,50%

CCRO3

R$ 12,10

+1,42%

CMIG4

R$ 12,99

-0,15%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,07

-3,27%

COGN3

R$ 2,39

+1,70%

CPLE6

R$ 6,70

+0,60%

CSAN3

R$ 21,98

-1,87%

CPFE3

R$ 27,07

+0,78%

CVCB3

R$ 12,76

-0,07%

CYRE3

R$ 15,72

+3,21%

ECOR3

R$ 7,62

+0,26%

ELET3

R$ 33,99

+1,61%

ELET6

R$ 33,45

+2,38%

EMBR3

R$ 20,53

-2,33%

ENBR3

R$ 21,28

-0,56%

ENGI11

R$ 41,24

+0,04%

ENEV3

R$ 12,93

-0,07%

EGIE3

R$ 39,18

-0,55%

EQTL3

R$ 22,14

-0,53%

EZTC3

R$ 20,51

+3,16%

FLRY3

R$ 19,13

+3,46%

GGBR4

R$ 27,46

-4,08%

GOAU4

R$ 11,47

-3,61%

GOLL4

R$ 17,06

+0,29%

NTCO3

R$ 23,17

+4,27%

HAPV3

R$ 11,62

+3,75%

HYPE3

R$ 29,46

+1,51%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 67,53

+3,43%

IRBR3

R$ 3,34

-5,11%

ITSA4

R$ 9,55

-0,62%

ITUB4

R$ 23,30

+0,04%

JBSS3

R$ 36,31

-0,02%

JHSF3

R$ 5,47

+5,80%

KLBN11

R$ 24,75

-3,35%

RENT3

R$ 54,90

+1,42%

LCAM3

R$ 24,46

+0,57%

LWSA3

R$ 9,00

+4,16%

LAME4

R$ 6,55

+2,02%

LREN3

R$ 26,44

+1,14%

MGLU3

R$ 6,90

+3,75%

MRFG3

R$ 22,44

+0,40%

BEEF3

R$ 9,86

+1,02%

MRVE3

R$ 12,04

+2,03%

MULT3

R$ 19,94

+1,78%

PCAR3

R$ 19,50

-2,15%

PETR3

R$ 34,59

+0,34%

PETR4

R$ 31,77

+0,15%

VBBR3

21,40

+0,51%

PRIO3

R$ 23,60

-2,47%

QUAL3

R$ 17,01

+0,41%

RADL3

R$ 21,00

+2,68%

RAIL3

R$ 16,98

-2,86%

SBSP3

R$ 35,98

+0,81%

SANB11

R$ 31,43

+0,83%

CSNA3

R$ 25,75

-2,27%

SULA11

R$ 24,01

-1,47%

SUZB3

R$ 59,59

-1,19%

TAEE11

R$ 37,98

+0,87%

VIVT3

R$ 48,36

-0,08%

TIMS3

R$ 12,92

+0,38%

TOTS3

R$ 26,63

+0,98%

UGPA3

R$ 13,85

+1,46%

USIM5

R$ 15,86

-4,28%

VALE3

R$ 84,91

-2,07%

VIIA3

R$ 4,35

+3,32%

WEGE3

R$ 30,61

-0,42%

YDUQ3

R$ 20,42

+2,10%

fernanda-almeida

Atualizado há 7 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 15 de janeiro – O ano não começou bem para o Bitcoin. A criptomoeda foi o destaque da semana por estar à beira de atingir a “cruz da morte”, indicador que demonstra um desinteresse pelo ativo. Os investidores observam a movimentação da moeda digital com cautela, já que esse padrão pode tanto confirmar o momento de baixa quanto ser seguido por altas.

Além disso, também chamou a atenção nesta semana o fato de a rede varejista do setor de supermercados GPA não conseguir destravar o valor relacionado à sua participação nos bem-sucedidos Grupo Éxito e Cnova, devido ao receio de investidores de que esses ativos sirvam para solucionar problemas financeiros.

Também esteve no radar a disparada dos papéis da elétrica Cesp na última segunda-feira, 10, com a revisão de uma proposta dos controladores para reestruturar a companhia. Veja abaixo as notícias mais lidas no portal da Mover nesta semana.

“Cruz da morte”

Depois de abrir 2022 com a pior cotação em nove meses, perto dos U$40 mil, o Bitcoin está prestes a atravessar a “cruz da morte”. Isso se concretiza quando a média móvel de 50 dias do preço do ativo cai em relação à de 200 dias. O indicador demonstra, portanto, um desinteresse no mercado pela moeda virtual.

Esse padrão foi visto pela última vez em junho do último ano, quando a criptomoeda caiu 22% em três dias. Segundo um levantamento do Rekt Capital desse mesmo mês, depois de atravessar a “cruz da morte”, o Bitcoin pode confirmar o momento de baixa. No entanto, isso não é regra, uma vez que o padrão já foi sucedido por altas em outras ocasiões.

Relatório sobre cripto nos EUA

Apesar do atual momento de baixa, a cotação do Bitcoin subiu nessa terça-feira, 11, após o presidente do Federal Reserve, o banco central americano, Jerome Powell, afirmar perante o Congresso dos Estados Unidos que a autarquia vai publicar um relatório sobre criptomoedas nas próximas semanas.

Agora, o mercado fica na expectativa do lançamento do relatório. Possivelmente, o Fed pode elucidar sua posição sobre as stablecoins, ativos comumente lastreados ao dólar americano, e as plataformas de finanças descentralizadas, DeFi, que oferecem serviços sem intermédio de instituições financeiras.

Previsões para o Bitcoin

E o Bitcoin deve renovar a máxima no ano, na avaliação do diretor-presidente do banco SEBA, Guido Buehler.

Em uma conferência em Saint Moritz, na Suíça, ele disse que a moeda deve atingir até U$75 mil em 2022, ultrapassando o recorde de US$69 mil imposto em novembro do ano passado.

Na visão de Buehler, a renovação do recorde será possível devido ao aumento do interesse dos investidores institucionais no Bitcoin.

GPA tem valor barrado

O GPA, grupo varejista dono de algumas das redes de supermercados mais conhecidas do Brasil, como Extra e Pão de Açúcar, detém 34% de participação na Cnova, vice-líder de mercado na França, abaixo da Amazon, com aproximadamente R$5,1 bilhões, e 96,6% do Grupo Éxito, maior rede varejista da Colômbia, com R$6,95 bilhões.

No entanto, o grupo não precifica sua participação nas empresas por um receio dos investidores de que as controladoras endividadas usem esses ativos para solucionar seus próprios problemas financeiros, segundo analistas ouvidos pela Mover.

Reestruturação da Cesp

As ações preferenciais classe B da elétrica paulista Cesp (CESP6) dispararam no pregão da última segunda-feira, 10, chegando a subir mais de 6%. Isso por conta da revisão de uma proposta dos controladores para reestruturar a companhia e pelas fortes chuvas no país.

A Votorantim Energia e a canadense CPPIB, que controlam a Cesp, propuseram no final de 2021 a incorporação da empresa por uma nova companhia que será listada e reunirá seus ativos de energia, a VTRM.

Um comitê criado para analisar a proposta decidiu revisar as premissas do negócio, prevendo valor econômico atribuído à companhia de R$9,1 bilhões, ou R$27,93 por ação, “independentemente da classe ou espécie e desconsideradas as ações em tesouraria”.

Texto: Fernanda de Almeida
Edição: Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.