0

Decisão ousada da Vale pode acelerar retomada do papel; Fed, PIB EUA definirão tom do pregão

mercados

Decisão ousada da Vale pode acelerar retomada do papel; Fed, PIB EUA definirão tom do pregão

Os preços do minério de ferro dispararam na China na madrugada de hoje, na esteira do anúncio da Vale.

Decisão ousada da Vale pode acelerar retomada do papel; Fed, PIB EUA definirão tom do pregão
tcuser

Atualizado há mais de 3 anos

Ícone de compartilhamento

Os preços do minério de ferro dispararam na China na madrugada de hoje, na esteira do anúncio da Vale de desativar todas as barragens a montante e reduzir 10% da produção, o equivalente a 40 milhões de toneladas. A decisão, vista por analistas e gestores como ousada e na direção correta, remove algumas das incertezas em relação ao futuro dos papéis da companhia, mas não tira o peso do fundamental: até que ponto tudo isso, especialmente o acidente fatal da semana passada na mina de Brumadinho, poderia ter sido evitado com a paralisação dessas barragens? A diretoria da Vale ganhou mais um tempo0 para se manter no comando da companhia com a decisão de ontem – que explicaremos em detalhes abaixo -, mas será difícil remover o lastro reputacional da mineradora por anos.

 

Mas não será a Vale que irá movimentar o pregão de hoje: essa quarta-feira será um dia cheio de eventos e divulgações mundo afora, especialmente nos Estados Unidos, onde teremos, no final da tarde, decisão do comitê de política monetária do Federal Reserve e fala do presidente da autarquia, Jerome Powell. Qual a mensagem? Nossos editores e contribuidores esperam mais um apelo à paciência, já que  Powell deve fugir de falar sobre o ritmo de redução do balanço do Fed. Há prévia de crescimento econômico nos Estados Unidos, pela manhã. Hoje também se inicia o ciclo de dois dias de negociações entre os emissários comerciais dos EUA e da China; a votação de emendas ao acordo do Brexit de ontem também impacta na Europa. Hoje, os resultados corporativos nos EUA podem impactar o sentimento – veja como os números da Apple reanimaram os investidores no after-market em Nova Iorque.

 

Aqui no Brasil, Santander Brasil voltou a surpreender positivamente, com lucro e ROE acima do consenso e nas máximas históricas para um quarto trimestre. A Petrobras ganhou uma difícil batalha legal no Carf, onde recebeu a notícia de que uma multa de R$11,9 bilhões era improcedente. A Braskem pode ser alvo de uma oferta firme nas próximas semanas, enquanto o diretor-presidente da Via Varejo promete se esforçar para recuperar a companhia antes de que o controle dela seja alienado

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

Os mercados globais operavam de lado à espera da decisão de juros do Fed e da chegada do vice premiê chinês Liu He aos Estados Unidos para mais uma rodada de negociações envolvendo a disputa comercial entre os dois países.

 

Enquanto a maioria das bolsas e dos futuros dos índices americanos operavam com comportamento misto, o contrato do ouro chegava ao maior patamar dos últimos oito meses, um sinal da maior aversão ao risco entre os investidores. O rendimento dos títulos da dívida americana de dez anos subia com a expectativa pelo anúncio do Fed e pelo discurso do presidente da autarquia, Jerome Powell, às 17h00, horário de Brasília. A fala do dirigente acontece após a divulgação dos dados do PIB americano do quarto trimestre e a prévia dos números de 2018, todos nesta quarta-feira; nas últimas comunicações, o banco central americano tem defendido que suas decisões estão sendo baseadas nos dados da economia americana. A expectativa é que o PIB do país tenha crescido 2,8% no trimestre passado.

 

Na Europa, os índices acionários também operavam sem direção, um dia após o Parlamento britânico aprovar a emenda que dá poder à May de renegociar os termos do Brexit com a União Europeia – o índice FTSE de Londres subia quase 1% no início desta manhã. Fique de olho na divulgação de dados da economia europeia a partir das 08h00, horário de Brasília, e também no desempenho do petróleo, que ontem disparou com receios pela oferta venezuelana, e do minério de ferro, que disparou com a notícia de que a Vale irá cortar 10% da produção em resposta ao desastre de Brumadinho.


Principais notícias corporativas

 

Multiplus: Multiplus diz que novo laudo de avaliação coloca preço da ação entre R$15,23 e R$16,75.

 

Gafisa: Gafisa diz que GWI reduziu participação na companhia para 49,94%.

 

Eletrobras: A 3G radar informou que passou a deter 14,65% das ações PNB da Eletrobras.

 

Captações: Companhias do país retomam emissão externa (Valor)

 

Petrobras: Partes de bancos e da Petrobras serão vendidas (Valor)

 

Braskem: Negociação da Braskem ganha força (Valor)

 

Eletrobras: Privatização da Eletrobras é uma necessidade, diz presidente da estatal (Folha)

 

Estatais: Governo quer ficar só com Petrobras, Caixa e Banco do Brasil, afirma secretário (Folha)

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

08h00 Índice IGP-M mensal (janeiro)

09h00 Índice de Preços ao Produtor (dezembro) – IBGE

 

Indicadores internacionais

05h00 Alemanha – Preço de bens importados mensal (dezembro); consenso -0,90%

05h00 Alemanha – Clima do consumidor (fevereiro); consenso 10,3

07h30 Reino Unido – Crédito ao consumidor (dezembro)

08h00 UE – Confiança do consumidor (janeiro); consenso -7,9

08h00 UE – Confiança de empresas e consumidores (janeiro); consenso 106,6

08h00 UE – Confiança da indústria (janeiro); consenso 0,4

11h00 Alemanha – IPC mensal (janeiro); consenso -0,70%

11h15 EUA – Empregos ADP (janeiro); consenso 175 mil

11h30 EUA – Prévia PIB trimestral (4T); consenso 2,80%

11h30 EUA – Deflator do PIB trimestral (4T)

11h30 EUA – Núcleo preços PCE

11h30 EUA – Preços PCE

11h30 EUA – Gastos dos consumidores

13h00 EUA – Vendas mensais de moradias pendentes (dezembro)

13h30 EUA – Estoques de petróleo

17h00 EUA – Decisão taxa-alvo Fed; consenso 2,50%

21h50 Japão – Produção industrial mensal (dezembro); consenso -1,90%

22h00 Reino Unido – Confiança do consumidor

23h00 China – PMI manufatura (janeiro); consenso 49,3

23h00 China – PMI não manufatura (janeiro)

 

Resultados trimestrais

A.A. Santander Brasil; consenso R$3,3 bi

A.A. Alibaba; consenso US$1,67/s

A.A. AT&T; consenso US$0,86/s

A.A. Boeing; consenso US$4,58/s

A.A. Goldman Sachs

D.F. Microsoft; consenso US$1,09/s

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.