IBOV

106.373,87 pts

-0,51%

SP500

4.662,27 pts

-0,01%

DJIA

35.952,90 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,26%

IFIX

2.795,85 pts

+0,46%

BRENT

US$ 86,55

+0,55%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,41

-4,13%

ABEV3

R$ 14,80

-1,98%

AMER3

R$ 30,47

+0,52%

ASAI3

R$ 12,01

-0,98%

AZUL4

R$ 25,82

-1,93%

B3SA3

R$ 12,36

+1,14%

BIDI11

R$ 23,11

-3,10%

BBSE3

R$ 19,67

+1,13%

BRML3

R$ 8,41

+0,11%

BBDC3

R$ 17,54

+0,57%

BBDC4

R$ 20,99

+0,57%

BRAP4

R$ 27,37

-0,54%

BBAS3

R$ 30,47

+0,19%

BRKM5

R$ 48,65

-6,72%

BRFS3

R$ 24,75

+1,85%

BPAC11

R$ 19,73

-0,50%

CRFB3

R$ 14,49

+0,62%

CCRO3

R$ 11,24

-1,31%

CMIG4

R$ 12,74

+0,07%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+4,95%

COGN3

R$ 2,17

+0,46%

CPLE6

R$ 6,40

+0,94%

CSAN3

R$ 21,08

-0,66%

CPFE3

R$ 26,00

+0,19%

CVCB3

R$ 11,58

-1,11%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,22

+0,27%

ELET3

R$ 31,69

+0,25%

ELET6

R$ 31,25

+0,51%

EMBR3

R$ 21,55

-2,09%

ENBR3

R$ 21,08

+1,34%

ENGI11

R$ 41,00

+0,07%

ENEV3

R$ 12,61

-0,23%

EGIE3

R$ 38,42

+0,07%

EQTL3

R$ 22,29

-1,45%

EZTC3

R$ 18,50

-0,59%

FLRY3

R$ 17,79

-0,78%

GGBR4

R$ 27,66

-2,19%

GOAU4

R$ 11,55

-1,61%

GOLL4

R$ 16,77

-0,94%

NTCO3

R$ 21,23

-2,61%

HAPV3

R$ 10,50

+1,84%

HYPE3

R$ 27,82

-0,64%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,48

+1,67%

IRBR3

R$ 3,48

-1,69%

ITSA4

R$ 9,54

-0,17%

ITUB4

R$ 23,64

-0,17%

JBSS3

R$ 36,98

-1,09%

JHSF3

R$ 4,81

-0,82%

KLBN11

R$ 24,61

-2,80%

RENT3

R$ 50,48

-1,54%

LCAM3

R$ 22,62

-1,13%

LWSA3

R$ 8,58

+2,26%

LAME4

R$ 5,76

+1,40%

LREN3

R$ 23,49

-2,00%

MGLU3

R$ 6,12

-3,31%

MRFG3

R$ 23,25

-1,10%

BEEF3

R$ 10,07

-1,94%

MRVE3

R$ 11,00

-0,81%

MULT3

R$ 18,21

-1,51%

PCAR3

R$ 19,25

-3,31%

PETR3

R$ 34,45

-0,31%

PETR4

R$ 31,50

+0,15%

VBBR3

19,53

-1,51%

PRIO3

R$ 22,82

-0,34%

QUAL3

R$ 16,37

+2,76%

RADL3

R$ 20,54

-2,19%

RAIL3

R$ 16,35

+0,24%

SBSP3

R$ 35,41

+0,85%

SANB11

R$ 31,69

-0,53%

CSNA3

R$ 25,14

-2,25%

SULA11

R$ 23,15

+0,52%

SUZB3

R$ 62,03

-1,17%

TAEE11

R$ 36,07

+0,02%

VIVT3

R$ 47,51

+1,34%

TIMS3

R$ 12,94

+2,45%

TOTS3

R$ 25,29

+0,35%

UGPA3

R$ 12,86

-2,27%

USIM5

R$ 16,23

-1,33%

VALE3

R$ 84,25

-0,52%

VIIA3

R$ 3,90

-1,76%

WEGE3

R$ 30,35

-1,13%

YDUQ3

R$ 19,07

+0,89%

IBOV

106.373,87 pts

-0,51%

SP500

4.662,27 pts

-0,01%

DJIA

35.952,90 pts

+0,12%

NASDAQ

15.567,51 pts

-0,26%

IFIX

2.795,85 pts

+0,46%

BRENT

US$ 86,55

+0,55%

IO62

¥ 709,50

+0,28%

TRAD3

R$ 4,41

-4,13%

ABEV3

R$ 14,80

-1,98%

AMER3

R$ 30,47

+0,52%

ASAI3

R$ 12,01

-0,98%

AZUL4

R$ 25,82

-1,93%

B3SA3

R$ 12,36

+1,14%

BIDI11

R$ 23,11

-3,10%

BBSE3

R$ 19,67

+1,13%

BRML3

R$ 8,41

+0,11%

BBDC3

R$ 17,54

+0,57%

BBDC4

R$ 20,99

+0,57%

BRAP4

R$ 27,37

-0,54%

BBAS3

R$ 30,47

+0,19%

BRKM5

R$ 48,65

-6,72%

BRFS3

R$ 24,75

+1,85%

BPAC11

R$ 19,73

-0,50%

CRFB3

R$ 14,49

+0,62%

CCRO3

R$ 11,24

-1,31%

CMIG4

R$ 12,74

+0,07%

HGTX3

R$ 37,51

+0,00%

CIEL3

R$ 2,12

+4,95%

COGN3

R$ 2,17

+0,46%

CPLE6

R$ 6,40

+0,94%

CSAN3

R$ 21,08

-0,66%

CPFE3

R$ 26,00

+0,19%

CVCB3

R$ 11,58

-1,11%

CYRE3

R$ 14,14

-0,35%

ECOR3

R$ 7,22

+0,27%

ELET3

R$ 31,69

+0,25%

ELET6

R$ 31,25

+0,51%

EMBR3

R$ 21,55

-2,09%

ENBR3

R$ 21,08

+1,34%

ENGI11

R$ 41,00

+0,07%

ENEV3

R$ 12,61

-0,23%

EGIE3

R$ 38,42

+0,07%

EQTL3

R$ 22,29

-1,45%

EZTC3

R$ 18,50

-0,59%

FLRY3

R$ 17,79

-0,78%

GGBR4

R$ 27,66

-2,19%

GOAU4

R$ 11,55

-1,61%

GOLL4

R$ 16,77

-0,94%

NTCO3

R$ 21,23

-2,61%

HAPV3

R$ 10,50

+1,84%

HYPE3

R$ 27,82

-0,64%

IGTA3

R$ 33,24

+0,00%

GNDI3

R$ 61,48

+1,67%

IRBR3

R$ 3,48

-1,69%

ITSA4

R$ 9,54

-0,17%

ITUB4

R$ 23,64

-0,17%

JBSS3

R$ 36,98

-1,09%

JHSF3

R$ 4,81

-0,82%

KLBN11

R$ 24,61

-2,80%

RENT3

R$ 50,48

-1,54%

LCAM3

R$ 22,62

-1,13%

LWSA3

R$ 8,58

+2,26%

LAME4

R$ 5,76

+1,40%

LREN3

R$ 23,49

-2,00%

MGLU3

R$ 6,12

-3,31%

MRFG3

R$ 23,25

-1,10%

BEEF3

R$ 10,07

-1,94%

MRVE3

R$ 11,00

-0,81%

MULT3

R$ 18,21

-1,51%

PCAR3

R$ 19,25

-3,31%

PETR3

R$ 34,45

-0,31%

PETR4

R$ 31,50

+0,15%

VBBR3

19,53

-1,51%

PRIO3

R$ 22,82

-0,34%

QUAL3

R$ 16,37

+2,76%

RADL3

R$ 20,54

-2,19%

RAIL3

R$ 16,35

+0,24%

SBSP3

R$ 35,41

+0,85%

SANB11

R$ 31,69

-0,53%

CSNA3

R$ 25,14

-2,25%

SULA11

R$ 23,15

+0,52%

SUZB3

R$ 62,03

-1,17%

TAEE11

R$ 36,07

+0,02%

VIVT3

R$ 47,51

+1,34%

TIMS3

R$ 12,94

+2,45%

TOTS3

R$ 25,29

+0,35%

UGPA3

R$ 12,86

-2,27%

USIM5

R$ 16,23

-1,33%

VALE3

R$ 84,25

-0,52%

VIIA3

R$ 3,90

-1,76%

WEGE3

R$ 30,35

-1,13%

YDUQ3

R$ 19,07

+0,89%

fernanda-almeida

Atualizado há 9 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 9 de janeiro – A primeira semana útil de 2022 foi marcada pela projeção de empresas que devem pagar mais dividendos no ano. De acordo com a Economatica, a Bradespar pode ocupar o topo da lista. Além disso, o Nubank ganhou novamente os holofotes do mercado com a criação de um núcleo de conteúdo global, com a contratação de um jornalista com trânsito em Brasília como líder. As informações são de fontes próximas ao assunto.

Ainda em clima de Brasília e eleição, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera as pesquisa de intenção de voto, se mantém no radar. O candidato à presidência publicou um artigo em que critica o “Estado mínimo”. Confira abaixo outras notícias mais lidas na semana!

Dividendos em 2022

A Bradespar, companhia de investimento controlada pelo Bradesco, pode ser a maior pagadora de dividendos e juros sobre capital próprio em 2022, de acordo com a Economatica. Os rendimentos de proventos podem ficar acima dos 40%.

Em levantamento obtido pela Mover, a consultoria destaca que a Bradespar deve entregar 44,53% em rendimento de dividendos, ou dividend yield, no ano pela sua ação ordinária, e 42,69% na ação preferencial – mais líquida.

Na expectativa pela manutenção do ciclo positivo de preços das commodities metálicas em 2022, o papel preferencial da Metalúrgica Gerdau aparece logo atrás da Bradespar como uma das principais pagadoras de proventos no ano, com dividend yield projetado de 20,39%.

Nova carteira do Ibovespa

Na última segunda-feira, 3, a Bolsa de Valores brasileira, B3, oficializou a nova carteira do Ibovespa, que valerá até o dia 29 de abril deste ano. Ela conta, agora, com as ações ordinárias da CSN Mineração (CMIN3), Positivo Tec (POSI3) e 3R Petroleum (RRRP3).

Para a entrada das três ações, as units da GetNet (GETT11) e as preferenciais do Banco Inter (BIDI4) saíram do índice.

Nubank desenvolve área global de conteúdo

Outra empresa que está no radar dos investidores neste ano é o Nubank. Depois de estrear na Bolsa de Valores de Nova York, a NYSE, no final do ano passado, o banco está desenvolvendo um núcleo de criação de conteúdo global voltado para seus públicos internos, disseram ao Scoop by Mover duas pessoas com conhecimento do assunto.

O jornalista Leandro Colon, ex-diretor da sucursal do jornal Folha de S.Paulo em Brasília, será líder da área de conteúdo corporativo. De acordo com uma das fontes, “é sintomático que o Nubank, em um ano eleitoral e após fazer um IPO, contrate alguém com tanto trânsito em Brasília”.

Crítica de Lula ao Estado mínimo

No clima de eleições para a Presidência, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera as pesquisa de intenção de voto, está frequentemente sob os holofotes. Dessa vez, Lula chamou a atenção por ter publicado na Folha de S.Paulo um artigo em que critica o “Estado mínimo”, política que busca intervir o mínimo possível especialmente na economia do país.

Além disso, ele também defendeu uma política de Estado para ciência e tecnologia, além de educação, como bases para a recuperação econômica do Brasil. No texto, assinado em conjunto com o engenheiro Sergio Machado Rezende, que foi seu ministro de Ciência e Tecnologia entre 2005 e 2010, Lula usa como exemplos os investimentos promovidos pela China.

Artigo de Guido Mantega

Rejeitando o mesmo Estado mínimo criticado por Lula, o ex-ministro da Fazenda dos governos petistas Guido Mantega defendeu em artigo para a Folha de S.Paulo publicado na última quarta-feira, 5, a aplicação de uma política social-desenvolvimentista para retomar o crescimento do Brasil.

No texto, Mantega falou em elevar os tributos para os “1% mais ricos”, sem “exagerar na dose de juros”, sempre comparando desempenhos das gestões Lula e Dilma com números de Michel Temer e Jair Bolsonaro.

Fazendo parte de uma série de artigos do jornal com representantes econômicos dos pré-candidatos à Presidência, o texto de Mantega possui um alerta inédito: ele “não expressa o ponto de vista da candidatura Lula, que ainda não foi lançada”, e é apenas “o resultado de discussões de um grupo de economistas que assessoram o ex-presidente”

Texto: Fernanda de Almeida
Edição: Letícia Matsuura
Imagem: Vinícius Martins / Mover

image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.