0

Emprego: Caged de março registra saldo positivo; salário recua

mercados

Emprego: Caged de março registra saldo positivo; salário recua

No mês passado, o Caged registrou saldo líquido positivo de 136.189 vagas formais abertas, em linha com as projeções do mercado

Emprego: Caged de março registra saldo positivo; salário recua
eduardo-puccioni

Atualizado há 27 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 28 de abril – O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, Caged, registrou mais admissões do que demissões no Brasil em março, apresentando saldo positivo no mês, em linha com o consenso dos analistas, enquanto o salário médio do brasileiro segue registrando recuo.

No mês passado, o Caged registrou saldo líquido positivo de 136.189 vagas formais abertas, enquanto o consenso do mercado projetava abertura de 130 mil empregos. Com isso, o Caged reporta 615.173 empregos líquidos no acumulado de 2022, até março.

O resultado do Caged de março decorreu de 1.953.071 admissões contra 1.816.882 desligamentos. Segundo o Ministério da Economia, quatro das cinco regiões do Brasil apresentaram saldo positivo.

O salário de admissão em março foi de R$1.872,07, um recuo de 2,03% se comparado com o mês anterior. Por atividade, Serviços apresentou o maior recuo nos salários, com retração de 2,92%.

O setor de Serviços, no entanto, apresentou o maior saldo de contratações no mês passado, com resultado positivo de 111.513, enquanto Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura foi o único setor com saldo negativo, com o fechamento de 15.995 vagas.

Texto: Eduardo Puccioni
Edição: Allan Ravagnani
Imagem: Vinicius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.