0

Febraban revisa para baixo crédito bancário em 2022

mercados

Febraban revisa para baixo crédito bancário em 2022

A Febraban projeta alta de crédito total de 6,7% para 2022, ante estimativa anterior de 7,3%, com expectativa de baixo crescimento econômico

Febraban revisa para baixo crédito bancário em 2022
iolanda

Atualizado há 5 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 3 de janeiro – A Federação Brasileira de Bancos, Febraban, revisou para baixo pela terceira vez consecutiva a estimativa de expansão da carteira de crédito total em 2022, diante do baixo crescimento econômico previsto para o país, diz a entidade – que elevou novamente as projeções de alta para 2021.

A Pesquisa Febraban de Economia Bancária e Expectativas, realizada a cada 45 dias com 18 bancos, projeta agora alta de 6,7% no saldo total das operações de crédito em 2022, ante os 7,3% e os 7,4% previstos nos estudos anteriores.

Segundo o levantamento, o crédito destinado às famílias, especialmente o pessoal, deve cair de 10,5% para 10,2% em 2022. A entidade prevê ainda “ligeira piora na estimativa da taxa de inadimplência da carteira livre, que subiu de 3,7% para 3,8%”.

“As estimativas para 2022 mostram que teremos um ano com maior acomodação do ritmo de crescimento do crédito, refletindo a piora das perspectivas econômicas e as condições financeiras mais adversas, com alta mais acentuada da Selic para conter a inflação”, diz Rubens Sardenberg, diretor de Economia, Regulação Prudencial e Riscos da Febraban, em nota à imprensa.

Sardenberg acrescenta que a expansão esperada está “em linha com a redução, pelo Banco Central, das estimativas de crescimento do Produto Interno Bruto, PIB, em 2022, de 2,1% para 1%, e também decorre da elevada base de comparação: a forte e surpreendente expansão em 2021”.

Crédito em 2021

Já as expectativas para o saldo total das operações de crédito no ano passado foram novamente revisadas para cima. A Febraban prevê crescimento de ao menos 13,9% em 2021, acima dos 12,7% esperados na última pesquisa, realizada em novembro.

“A pesquisa mostra que as estimativas para a carteira total de crédito em 2021 estão abaixo da nova projeção do Banco Central, que passou de crescimento de 12,6% para 14,6%, reforçando a expectativa de alguma acomodação em relação ao ritmo atual de expansão de crédito, de 16% em outubro, mas ainda assim com um resultado bastante expressivo”, afirma.

Segundo o estudo, a revisão positiva para o desempenho do crédito em 2021 ocorreu tanto em recursos livres quanto nos direcionados. A projeção para a carteira livre passou de alta de 14,8% para 16,3%, impulsionada pelo segmento pessoa física, que sobe de 16,9% para 18,8%.

A expectativa de aumento da carteira de pessoas jurídicas, por sua vez, salta de 12,7% para 13,9%. Já a perspectiva para a carteira com recursos direcionados avança de 8,1% para 10%.

“Mesmo em um cenário de continuidade da pandemia da covid-19, o crédito, em 2021, assim como já tinha acontecido em 2020, funcionou como uma espécie de muro de contenção na preservação da atividade econômica”, avalia Sardenberg.

Taxa Selic, inflação, dólar, PIB

O levantamento mostra ainda que a maior parte das instituições pesquisadas não acredita no cumprimento da meta de inflação em 2022 e que o PIB crescerá em torno de 1%. “Para a minoria dos entrevistados, 16,7%, a expectativa é de recessão.”

Para 72,2% dos participantes do estudo, o ajuste de 1,5 ponto percentual da taxa Selic pelo Copom em sua última reunião foi adequado. Eles esperam também que o órgão mantenha o ritmo de elevação de 1,5 ponto percentual nas próximas duas reuniões, finalizando o ciclo de ajuste em 11,75%.

O câmbio deverá depreciar ao longo do primeiro semestre de 2022, chegando ao patamar de US$5,70, prevê o estudo, observando que não houve consenso em relação ao impacto esperado do cenário internacional sobre a economia local na primeira metade deste ano. “Para 50%, o cenário deve ser negativo, enquanto para 44,4% será neutro”.

Texto: Iolanda Nascimento
Edição: Lucia Boldrini
Imagem: Vinícius Martins / Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.