0

Federal Reserve e atentados derrubam bolsas; no radar, Jerome Powell, inflação nos EUA, Aneel: Espresso

mercados

Federal Reserve e atentados derrubam bolsas; no radar, Jerome Powell, inflação nos EUA, Aneel: Espresso

As bolsas caíram com preocupação com possível pista sobre redução de estímulos do Federal Reserve e atentado no Afeganistão. Confira!

Federal Reserve e atentados derrubam bolsas; no radar, Jerome Powell, inflação nos EUA, Aneel: Espresso
tcuser

Atualizado há 9 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 26 de agosto – A preocupação com possíveis indicações sobre reduções de estímulos na apresentação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, nesta sexta-feira, 27, no simpósio de Jackson Hole e o atentado em Cabul que matou 12 militares americanos aumentaram a cautela do mercado.  As bolsas em Nova York caíram e puxaram o dólar.

No Brasil, os mercados acompanharam a piora externa e o real voltou a se desvalorizar. O Ibovespa perdeu os 119 mil pontos e sinalizou saída de estrangeiros. Amanhã, além das falas do presidente do Federal Reserve, os investidores acompanharão o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em evento da Febraban.

Índice considerado nas metas de inflação do Federal Reserve sai na sexta-feira

Na agenda de amanhã, todas as atenções estarão na apresentação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, no simpósio de Jackson Hole, às 11h00 do Brasil. Também amanhã sai o Deflator do Gasto do Consumo Pessoal, o PCE, usado pelo banco central americano em suas metas de inflação, e os dados de gastos e consumo pessoal de julho. A Universidade de Michigan divulga sua pesquisa de Confiança do Consumidor. No Brasil, o Banco Central divulga a Nota de Operações de Crédito de julho e a Aneel define a bandeira tarifária de setembro.

Com aversão ao risco após ataque no Afeganistão e aumento dos casos de coronavírus na véspera do discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, em Jackson Hole, que pode fornecer pistas sobre “tapering”, Dow Jones, S&P500 e Nasdaq 100 encerraram a sessão com quedas de 0,54%, 0,58% e 0,59%, respectivamente. O petróleo, com ajustes e temor sobre impacto da Covid-19 na demanda, também voltou a registrar perdas. O WTI para outubro caiu 1,38% e o Brent para novembro, 1,58%.

Para conferir o Espresso na íntegra e outros conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Letícia Matsuura
Arte: Mover


Leia também

Especial: Positivo vive a melhor fase da sua história, diz presidente

Robert Kaplan vê anúncio do ‘tapering’ do Federal Reserve em setembro

STF considera constitucional autonomia do Banco Central

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.