0

Futuros do Ibovespa, juros recuperam parte das perdas da véspera apesar de crise política, com exterior ameno

mercados

Futuros do Ibovespa, juros recuperam parte das perdas da véspera apesar de crise política, com exterior ameno

Futuros do Ibovespa, juros recuperam parte das perdas da véspera apesar de crise política, com exterior ameno
tcuser

Atualizado há cerca de 3 anos

Ícone de compartilhamento

O futuro do índice Bovespa e os contratos de juros futuros se recuperavam do tombo da véspera na manhã desta quinta-feira, com o investidor ensaiando uma possível releitura da crise política brasileira em meio à melhora do humor no exterior com o cenário para as conversas entre os Estados Unidos e a China.

 

Mas, para alguns traders, a recuperação no futuro do Ibovespa pode ser simplesmente um ajuste, pois, cotado a 91.330 pontos às 09h45, ele está precificando uma abertura de quase 1% ante o fechamento do índice à vista. Para um gestor que falou com a TC News, “os sinais não mostram que o sentimento está a caminho de melhorar.”

 

Mesmo assim, o câmbio passou a ceder 0,60%, a R$3,970, alguns minutos após a abertura, quando chegou a ultrapassar brevemente o patamar de R$4, também impulsionado pelos números do PIB americano em linha com o esperado. O leilão de linha de US$1 bilhão anunciado pelo Banco Central na noite de ontem ofusca as preocupações com a política, disseram traders à TC News. Ontem, a moeda fechou em alta de 2,36%, no maior patamar em mais de dois meses após declarações do presidente Jair Bolsonaro colocarem mais dúvidas sobre a relação dele com o Congresso. O aparente cansaço do ministro Paulo Guedes e seu possível isolamento dentro do time do governo assustou os investidores, que temem por uma saída dele caso o diálogo com o Congresso não aconteça.

 

Com isso, a curva de juros empinou severamente para cima durante o pregão de ontem e, hoje, usa a manhã sem compromissos no front político para reajustar os contratos para baixo. O DI com vencimento para janeiro de 2021, o mais líquido do pregão, cedia 9 pontos-base para 7,320% – sinal de que o mercado vê espaço para retornar aos patamares da semana passada, antes da piora do imbróglio entre o Planalto e o Congresso. Fique de olho em possíveis novas trocas de farpas entre Bolsonaro e Maia.

 

(Foto: Rodrigo Maia/Lula Marques-Agência PT)

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.