0

Ibovespa avança, impulsionado por commodities; dólar cai

mercados

Ibovespa avança, impulsionado por commodities; dólar cai

Ações ligadas a siderurgia, mineração e petróleo sobem, impulsionando o Ibovespa, enquanto o dólar tem forte queda nesta segunda-feira

Ibovespa avança, impulsionado por commodities; dólar cai
bruno-luiz

Atualizado há cerca de 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 21 de março – O Ibovespa avança nesta segunda-feira, impulsionado pelo bom desempenho das ações ligadas a siderurgia, mineração e petróleo, enquanto as bolsas americanas ampliam queda, após o presidente do banco central americano, Jerome Powell, alertar que os juros nos Estados Unidos serão elevados drasticamente se a inflação não parar de subir.

Por volta das 16h20, o Ibovespa subia 0,68%, a 116.092 pontos, enquanto o índice futuro operava em alta de 0,76%, a 116.775 pontos. A curva de juros avançava em até 12 pontos-base.

O dólar registrava forte queda de 1,51%, a R$4,969, atingindo o menor patamar desde julho de 2021, influenciado pelo fluxo vendedor das corretoras locais. No último dia 17, investidores estrangeiros compraram R$1,68 bilhão no mercado à vista e atingiram um saldo total de compras de R$75,23 bilhões no ano. Foi o maior fluxo de compras visto em um ano na história da B3.

No cenário internacional, os índices americano reverteram quatro sessões seguidas de altas após Powell reforçar que o Federal Reserve irá agir de acordo com as condições econômicas nos EUA. As declarações de Powell levantaram dúvidas entre os investidores se a recente recuperação nos ativos de risco e a subsequente queda na volatilidade dos mercados é sustentável.

No mesmo horário, o S&P500 caía 0,43%, o Nasdaq 100, 0,88%, e o Dow Jones, 0,91%. O petróleo Brent disparava 7,85%, com o barril custando US$116,40, impulsionando as ações de petroleiras e empresas de energia.

Ainda no exterior, a expectativa de um cessar-fogo rápido na guerra da Ucrânia, que na última semana fez melhorar o humor dos mercados, foi frustrada novamente após a intensificação de ataques russos na cidade portuária de Mariupol, no sul do país, e na capital Kiev no fim de semana.

Sobe e desce do Ibovespa

Na B3, o índice Financeiro subia 0,57% e liderava as altas do dia, refletindo compras de papéis do setor por parte de corretoras estrangeiras. O índice de BDRs, certificados de ações de empresas estrangeiras negociados na bolsa de São Paulo, caía 1,33%, em linha com a valorização do real ante o dólar.

Entre as ações que fazem parte do Ibovespa, as preferenciais da Petrobras (PETR4) lideravam as altas percentuais, subindo 4,67%, seguidas pelas da Bradespar (BRAP4), enquanto as units do Banco Inter (BIDI11) puxavam as quedas, derretendo 8,52%.

O destaque em pontos no Ibovespa era das ações ordinárias da Vale (VALE3), em alta de 2,73%, seguindo a valorização do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian. Na ponta negativa, as ações ordinárias da B3 (B3SA3) caíam 1,70%.

O mercado aguarda ainda hoje os balanços da JBS, Unidas e Eneva, o que pode aumentar a volatilidade dos ativos ao longo da sessão.

Texto: Bruno Luiz
Edição: Gabriela Guedes e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

7,16

0,44

+1,30%

Relacionadas

BRAP4

BRADESPAR S.A.

26,22

0,13

+0,49%

VALE3

VALE S.A.

76,30

-0,09

-0,11%

BIDI11

BANCO INTER S.A.

12,20

0,98

+6,86%

B3SA3

B3 S.A. - BRASIL, BOLSA, ...

11,76

-0,43

-3,61%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.