0

Ibovespa cai com aversão ao risco por conflito entre Rússia e Ucrânia

mercados

Ibovespa cai com aversão ao risco por conflito entre Rússia e Ucrânia

Commodities aliviaram a queda do Ibovespa, que fechou com recuo de 0,21%, voltando ao patamar de 113 mil pontos, em meio ao mau humor no

Ibovespa cai com aversão ao risco por conflito entre Rússia e Ucrânia
gabriel-brondi

Atualizado há 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 10 de março – O Ibovespa fechou em leve queda nesta quinta-feira, em linha com o movimento das bolsas norte-americanas e refletindo o sentimento global de aversão ao risco com a guerra na Ucrânia completando 15 dias de duração.

O Ibovespa registrou queda de 0,21%, aos 113.663 pontos, próximo à estabilidade. Em Wall Street, todos os índices recuaram: o S&P500 caiu 0,43%; o Dow Jones, 0,34%; e o Nasdaq 100, 1,10%.

No Leste europeu, a segunda semana de guerra na Ucrânia causou volatilidade nos mercados, que tenta prever as reais consequências do conflito para economia global. A falta de um acordo de cessar-fogo, mesmo diante de variadas sanções impostas à Rússia, faz aumentar as apostas de que o conflito está longe de acabar.

Segundo o analista CFA e fundador da Quantzed, Marcelo Oliveira, o mercado local hoje foi impactado logo na abertura pela notícia de elevação de 19% no preço da gasolina, de 25% no diesel e de 16% no gás liquefeito de petróleo pela Petrobras.

Ainda na pauta de combustíveis, o Senado votou e aprovou dois projetos sobre o tema. Um para a criação de um fundo de compensação para amortecer a volatilidade do barril de petróleo e do câmbio no preço dos postos do país, além da proposta que altera a incidência do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, ICMS, sobre os combustíveis.

Sobe e desce do Ibovespa

Entre as ações que fazem parte do Ibovespa, as ordinárias da Embraer (EMBR3) lideraram as perdas com 14,93%, seguidas pelas ordinárias do Grupo Natura (NTCO3), que caíram 9,30% em movimento de correção após a alta de 16,25% registrada no pregão de ontem.

A Vale (VALE3) e a Petrobras (PETR4) contribuíram com o principal índice da bolsa brasileira com 513 e 371 pontos, respectivamente, apesar das quedas registradas nas cotações do petróleo Brent e do minério de ferro no mercado global.

Texto: Gabriel Brondi
Edição: Gabriela Guedes
Imagem: Vinícius Martins

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

0,00

-0,56

-1,63%

Relacionadas

EMBR3

EMBRAER S.A.

13,91

-0,80

-5,78%

NTCO3

NATURA &CO HOLDING S.A.

17,47

-0,37

-2,13%

VALE3

VALE S.A.

77,89

-2,02

-2,53%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.