0

Ibovespa fecha em alta após cinco quedas semanais

mercados

Ibovespa fecha em alta após cinco quedas semanais

O Ibovespa subiu 1,17%, aos 106.924 pontos, com destaque para o setor de commodities e a melhora no sentimento externo do mercado

Ibovespa fecha em alta após cinco quedas semanais
clara-castro

Atualizado há 13 dias

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 13 de maio – O Ibovespa fechou em alta nesta sexta-feira, interrompendo a sequência de cinco semanas negativas, com recuperação de papéis atrelados às commodities e melhora no sentimento de investidores no mercado internacional.

O índice de referência da Bolsa de Valores de São Paulo subiu 1,17%, ao patamar de 106.924 pontos, com destaque para o setor de Materiais Básicos da B3, IMAT, que avançou 2,97%, após recuar na sessão anterior. A ação preferencial da Petrobras (PETR4) contribuiu com o maior número de pontos, subindo 1,30%.

Na madrugada, o minério de ferro subiu 1,04% em Dalian e os futuros do petróleo Brent subiam 3,72%, a US$111,45 o barril, perto das 17h00, com a possibilidade de banimento do petróleo russo pela União Europeia balanceando preocupações em relação à redução na demanda global.

Desde segunda-feira, índice brasileiro acumula alta de 1,70%, após ter registrado saldo negativo nas últimas cinco semanas, em meio ao movimento de investidores de busca por proteção devido à expectativa de maior aperto monetário nos Estados Unidos e risco de recessão econômica.

Hoje, porém, a melhora dos mercados internacionais também contribuiu para a alta do Ibovespa. Os índices Dow Jones e S&P500 subiram 1,47% e 2,39%, respectivamente, enquanto o Nasdaq 100 registrou a maior alta em um ano, de 3,70%.

Segundo o relatório matinal da Commcor, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, foi um grande responsável pelo alívio nos mercados, após reafirmar, em entrevista ontem, a expectativa de uma alta de 50 pontos-base da taxa de juros americana na reunião do Comitê de Mercado Aberto de junho. Hoje, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, também defendeu alta de mesma magnitude nas reuniões de junho e julho do FOMC.

De volta ao Ibovespa, em percentual os destaques ficaram com as ordinárias da YDUQS (YDUQ3) e as preferenciais das aéreas Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4), que avançaram 12,11%, 11,79% e 10,65%, respectivamente.

Na ponta negativa, as ordinárias da B3 (B3SA3) tiveram o maior recuo, de 3,61%, devolvendo parte dos ganhos de ontem, seguidas pelas da Cogna (COGN3), em queda de 2,30%.

Na semana que vem, destaque para a divulgação de dados de atividade e decisão de juros na China, que podem mexer com os mercados e as commodities, caso indiquem os efeitos das restrições de mobilidade na cadeia de produção.

Acaba também na semana que vem a temporada de balanços, com destaque na segunda-feira para os da Eletrobras, Inter, Nubank, Itaúsa, Hapvida e Magalu.

Texto: Clara Guimarães
Edição: Gabriela Guedes
Imagem: Vinicius Martins / Mover

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,24

0,44

+1,37%

Relacionadas

YDUQ3

YDUQS PARTICIPACOES S.A.

17,91

0,18

+1,01%

GOLL4

GOL LINHAS AEREAS INTELIG...

14,89

0,49

+3,29%

AZUL4

AZUL S.A.

21,25

0,86

+4,28%

B3SA3

B3 S.A. - BRASIL, BOLSA, ...

11,73

0,27

+2,26%

COGN3

COGNA EDUCA��O S.A.

2,60

0,12

+4,52%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.