0

Ibovespa futuro aponta para recuperação; Payroll supera consenso: Espresso

mercados

Ibovespa futuro aponta para recuperação; Payroll supera consenso: Espresso

O Ibovespa futuro subia passando por uma correção após o pregão de ontem, quando fechou no menor nível desde novembro do ano passado

Ibovespa futuro aponta para recuperação; Payroll supera consenso: Espresso
tcuser

Atualizado há 7 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 5 de novembro – O mercado de câmbio iniciou a sessão apontando para uma queda do dólar futuro de 0,13%, a R$ 5,624, enquanto o Ibovespa futuro subia 0,53%, aos 104.605 pontos, ambos passando por uma correção após o pregão de ontem. Investidores reagem aos dados positivos de emprego nos Estados Unidos, o chamado Payroll, após o Federal Reserve ter anunciado nesta semana o início da retirada gradual de estímulos da economia.

O cenário político brasileiro segue no radar com as incertezas sobre a votação em segundo turno da PEC dos Precatórios.

Payroll

O relatório de emprego urbano dos Estados Unidos, o Payroll, referente a outubro superou, e muito, o consenso. Foram 531 mil vagas criadas, ante a expectativa de 450 mil. Com isso, a taxa de desemprego também caiu nos Estados Unidos, passando de 4,8% para 4,6%, abaixo do consenso de 4,7%.

PEC dos Precatórios

O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que acredita que a Proposta de Emenda à Constituição será aprovada em segundo turno na Casa na próxima semana, com quórum mais expressivo do que na primeira votação. Em entrevista à CNN Brasil, ele reiterou que a incerteza sobre o tema traz instabilidade para o mercado e negou que haja gastos com emendas parlamentares em PEC.

Lira também disse ontem que o resultado final da proposta será assimilado pelo mercado e que as bancadas não mudarão voto no segundo turno, previsto para terça-feira. Enquanto isso, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que a PEC dos Precatórios será examinada com “senso de urgência”, mas que poderá passar pela CCJ. Leia mais no Panorama Político.

Empresas

O Ministério das Minas e Energia disse à Petrobras que não tem conhecimento de qualquer decisão sobre a inclusão da companhia no Programa de Parcerias de Investimentos, PPI, e que não há avaliações em curso para privatização da petroleira.

Para conferir outras edições do Espresso ao longo do dia e conteúdos exclusivos, assine um dos planos do TC.

Texto: Mover
Edição: Stéfanie Rigamonti
Arte: Mover

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.