0

Ibovespa futuro avança com exterior positivo, de olho na Ucrânia

mercados

Ibovespa futuro avança com exterior positivo, de olho na Ucrânia

Enquanto investidores estão atentos às negociações de paz entre Rússia e Ucrânia, mercados operam no positivo, com influência no Ibovespa

Ibovespa futuro avança com exterior positivo, de olho na Ucrânia
gabriel-brondi

Atualizado há 2 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 29 de março –  O futuro do Ibovespa avança na manhã desta terça-feira, junto dos futuros das bolsas americanas, refletindo a esperança dos investidores no avanço de negociações de paz entre Ucrânia e Rússia.

Por volta das 9h10, o Ibovespa futuro avançava 1,02% a 120.640 pontos, enquanto os contratos de dólar futuro recuavam 0,92%, cotados a R$4,72, e os juros futuros apresentavam queda de até 9 pontos-base em todos os vencimentos, em linha com o câmbio.

O mercado internacional ainda segue repercutindo os desdobramentos do conflito entre Ucrânia e Rússia. Os Investidores monitoram a retomada das negociações de paz entre russos e ucranianos na Turquia.

A expectativa de um acordo de cessar-fogo anima os futuros das bolsas americanas, que apresentam altas acima de 0,50%, em média. Além disso, o índice dólar DXY e os contratos de ouro futuro apresentam recuo, sinalizando uma menor busca por ativos seguros pelos investidores.

O índice amplo de commodities, USCI, também parece reagir ao bom humor das bolsas em Nova York e apresenta recuo de 3,93%. O petróleo Brent perde 4,45% neste momento, a US$107 o barril, após recuar mais de 6% na sessão anterior com o anúncio de novos confinamentos na maior cidade e centro financeiro chinês, Xangai.

Além dos desdobramentos do conflito no Leste Europeu, os investidores seguem acompanhando as falas dos dirigentes do Federal Reserve, o banco central americano, sobre pistas para o futuro da política monetária nos Estados Unidos.

O presidente do Fed em Nova York, John Williams, discursa às 10h, enquanto o presidente do Fed na Filadélfia, Patrick Harper, participa de evento às 11h30.

Petrobras

No cenário interno, os investidores monitoram o comportamento dos papéis da Petrobras na abertura. Ontem, as ações preferenciais (PETR4) da petroleira chegaram a cair mais de 4% após a informação de que o presidente da estatal, Silva e Luna, só deve seguir no cargo até 13 de abril.

Segundo analistas da Ajax Capital, corretora de valores mobiliários, o mercado de ações no cenário interno deve apresentar valorização por conta do ambiente externo positivo e expectativa elevada para os papéis da Petrobras.

Os papeis da petroleira pode ditar o comportamento do Ibovespa ao longo do dia. O pré-mercado em Nova York mostrava queda de 3,47% nas ADRs da Petrobras, enquanto as ADRs da Vale avançavam 0,15%, no mesmo horário.

Texto: Gabriel Brondi
Edição: Allan Ravagnani e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

Nesta matéria

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

34,24

-1,53

-4,76%

Relacionadas

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

37,24

-1,47

-4,17%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.