0

Ibovespa futuro cai e dólar sobe com exterior e agenda local

mercados

Ibovespa futuro cai e dólar sobe com exterior e agenda local

A escalada da tensão na Ucrânia e as expectativas para a decisão monetária nos Estados Unidos nesta semana influenciam o Ibovespa futuro

Ibovespa futuro cai e dólar sobe com exterior e agenda local
bruno-luiz

Atualizado há 4 meses

Ícone de compartilhamento

São Paulo, 24 de janeiro –  O Ibovespa futuro iniciou a segunda-feira em queda, refletindo o cenário exterior mais negativo, de olho na agenda recheada desta semana e na elevada tensão geopolítica no leste europeu.

Por volta das 9h05, o Ibovespa futuro caía 0,70%, aos 108.830 pontos, enquanto o dólar futuro subia 0,38%, negociado a R$5,494. No mercado de juros, as taxas dos contratos futuros apontavam para alta de até 10 pontos-base.

Nos Estados Unidos, os índices futuros operam no campo negativo, com destaque para o Nasdaq 100, em queda de 0,41%, à espera da reunião do Comitê de Mercado Aberto nessa quarta-feira, que deve calibrar expectativas para o início da alta da taxa básica de juros nos EUA.

Fora isso, operadores monitoram um aumento de tensões entre Rússia e Ucrânia, que impulsionou o movimento de queda nas bolsas europeias nesta segunda-feira.

“Os sinais de que algo mais grave estaria por acontecer se avolumaram pela movimentação de tropas na fronteira, além da conversa entre EUA e Rússia, ocorrida na sexta-feira passada, que trouxe um sinal definitivo com a retirada de pessoal essencial das embaixadas”, disse a Infinity Asset em seu relatório matinal.

Investidores também acompanham os resultados trimestrais de big techs nesta semana, como Tesla, Apple e Microsoft, o que pode aumentar a volatilidade dada a grande influência dessas companhias nos índices americanos.

Mercado local

No Brasil, o dia começou com o IPC-S semanal, que teve uma alta de 0,44%, estável em relação à leitura anterior de 0,43%. O relatório Focus, que traz projeções de economistas consultados pelo Banco Central, aumentou a expectativa para o IPCA em 2022 de 5,09% na semana passada para 5,15%.

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro sancionou o Orçamento de 2022 vetando R$3,1 bilhões despesas discricionárias e emendas de comissão, além de reservar R$1,7 bilhão para reajuste de servidores não especificados, o que retira um ponto de tensão do mercado. Investidores devem ficar de olho em como vai ser a progressão da PEC dos combustíveis.

Para a abertura do mercado à vista, investidores devem ficar de olho nos papéis da Petrobras, cujos recibos negociados no pré-mercado em Nova York operavam em queda de 2,29%, enquanto os recibos da Vale registravam baixa de 3,78%.

Texto: Bruno Luiz
Edição: Allan Ravagnani e Stéfanie Rigamonti
Imagem: Mover

Nesta matéria

PETR3

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

36,82

0,24

+0,65%

Relacionadas

PETR4

PETROLEO BRASILEIRO S.A. ...

0,00

0,00

+0,00%

VALE3

VALE S.A.

77,89

-55,18

-70,83%

Powered by

Análise de Investimentos

relatorios
image

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.

Receba todas as novidades do TC

Deixe o seu contato com a gente e saiba mais sobre nossas novidades, eventos e facilidades.